Civilização Dropa, no Tibet, apresenta características físicas diferentes dos humanos

Tempo de leitura: 2 min.

O artigo abaixo, escrito por Carol Beck, foi publicado no site da Revista UFO:

Esqueleto de um dos alienígenas Dropa encontrado nas cavernas de Byan Kara Ula. A foto foi obtida por Karin Robin Evans durante uma expedição em 1947.

As Montanhas de Bayan Kara Ula são uma das áreas mais isoladas da Terra. A cidade mais próxima é Lhasa, no Tibet, a uma distância de 640 km ao sul, por um terreno inacessível. Atualmente, está habitada por tribos de pessoas muito distintas dos povos que moram nas redondezas. Denominados Dropas (ou Dzopa) eles não se encaixam em nenhuma categoria racial estabelecida pelos antropólogos. Em primeiro lugar, eles são de pequena estatura. A altura média de um adulto é de 1,25 m. São amarelos, suas cabeças são desproporcionalmente grandes, quase calvos e seus olhos são grandes e azulados. Seus traços são praticamente caucasianos e seus corpos são sumamente delgados e delicados. O peso médio de um adulto é de aproximadamente 50 kg.

O achado – Em 1938, Chi Pu Tei, professor de arqueologia da Universidade de Beijin, conduzia alguns de seus estudantes em uma expedição a uma série de grutas que se entrelaçam nas montanhas de Bayan Kara Ula, entre as fronteiras de China e Tibet. Conforme entravam, deram-se conta de mais cavernas. Era um sistema completo de túneis artificiais. As paredes eram quadradas e cristalizadas, como se o corte na montanha tivesse sido realizado com uma fonte de calor extremo. Dentro das grutas acharam sepulturas com estranhos esqueletos. Essas ossadas eram pequenas e delgadas e com crânios muito desenvolvidos.

A princípio se pensou que as grutas havia sido um lar de uma espécie desconhecida de primata. Porém, essa idéia se descartou ao encontra os esqueletos enterrados. O professor Chi Pu Tei indagou, “quem conhece algum primata que enterra outro?”. Sobre as paredes havia pictogramas copiados do céu: o Sol, a Lua, as estrelas e a Terra com linhas de pontos que os conectavam. Entretanto, faltava ainda o descobrimento mais fantástico de todos. Semi-enterrado, devido à sujeira da gruta, havia um disco de pedra, obviamente feito por uma mão de uma criatura inteligente. O disco media 22,7 centímetros de diâmetro e dois centímetros de grossura, também tinha um buraco no centro perfeitamente circular de dois centímetros de diâmetro. Dali surgia um sulco fino em espiral. Havia caracteres escritos exteriormente. Este disco é datado entre 10.000 e 12.000 anos de antiguidade – muito mais antigo que as datações das grandes pirâmides do Egito. Contudo, não foi o único, no total haviam sido encontrados 716 pratos. E cada um com caracteres diferentes.

Os discos – Os discos haviam sido etiquetados junto com os restos dos achados da expedição e guardados na Universidade de Beijin, desde o dia de seu descobrimento. No decorrer de 24 anos, outras pessoas haviam tentado decifrar as estranhas inscrições nos círculos, porém sem êxito algum. Foi o professor Tyson um dos que, em 1962, se interessou pela editoria dos discos e se propôs a decifrar seu significado. Ele e seus colegas descobriram que os sulcos espirais não eram simples desenhos, mas também, uma escritura incrivelmente antiga, gravada de algum modo desconhecido e de um tamanho quase microscópico. Se isto for certo, seria a escritura mais antiga do mundo, já que, como exposto anteriormente, os discos tem uma antiguidade de 8.000 a 12.000. Para começar, o professor, com ajuda de uma lupa, foi transcrevendo, minuciosamente, os caracteres do disco para um papel. Durante este processo, perguntas assaltaram o professor tais como: “Como pode um povo primitivo fazer uns discos tão exatos?”; “Como elaboraram uma escritura quase microscópica?” e “Quem eram e para quê fim produziram essas centenas de discos?”…

Para ler o restante do artigo, favor acessar o site de origem: Revista UFO

n3m3

Fonte: ufo.com.br

Colaboração: Tiago Schardosim, Italo Santos

Alienígenacivilização dropaextraterrestreOVNI HojeTibet
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (89)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • nilton monteiro lopes

    BOM DIA,NAO TINHA CONHECIMENTO desse povo DROPA,bastante interessante,um abraço a todos fui….i………………….

  • emsj

    Continuando… 

    “Uma vez que os caracteres dos discos foram copiados, o professor Tsum Um Nui e seus colegas começaram a árdua tarefa de tentar decifrar seu conteúdo. Finalmente, intercambiando desenho com palavras e frases chegou a decifrar parte do código ou escritura. Feito isto, se dedicou a ordenar os discos da forma mais coerente que pôde, e assim, fazer uma transcrição parcial. A história contada nos discos era simplesmente assombrosa.
    A história – O Professor passou para o papel a transcrição, assim como suas conclusões e o apresentou na universidade para sua publicação posterior, mas foi censurado. Em 1965, inesperadamente, um artigo escrito pelo filólogo russo Vyacheslav Saizev, apareceu na revista alemã Das Vegetarische Universum, e na revista anglo russa, Sputnik, contando a história dos discos e um extrato sobre o que havia sido decifrado pelo professor Tsum Um Nui. Os círculos contam a história de uma nave espacial procedente de um planeta longínquo que teve de realizar um pouso forçado nas montanhas de Baian Kara Ula. Os tripulantes da nave (Dropas) buscaram refúgio nas grutas das rochas e apesar de suas intenções pacíficas, os Dropas não foram compreendidos pelos membros da tribo Ham, os quais ocupavam as cavernas vizinhas, eles temiam que fossem inimigos que queriam apoderar-se de seu território, perseguiram e mataram alguns Dropas. Quando finalmente a tribo compreendeu a sua linguagem, por sinais, admitiram-nos em seu território ao saber que os recém chegados tinham intenções pacíficas. Os discos também contam como os Dropas não conseguiram reparar os danos na nave e ficaram impossibilitados de voltar ao seu planeta de origem, tendo de viver na Terra.”

    Tudo bem. Os ossos dos supostos ET’s ficaram aí até hoje, mas os destroços da nave desapareceram. Deveria ser uma nave feita de material biodegradável. Alguém poderia fazer exames nesses ossos, talvez o isolamento da população tenha provocado as alterações genéticas.

  • JAGLI

    Tibet, reino mágico onde floresceram as ancestrais artes marciais, ou artes de Marte, da defesa contra o mal, o mal interior, o grande mal da ilusão. Atletas da mente, ginastas do pensamento, o auto-controle é a sua meta essencial. Todos os budismos, os Zen, os Taoismos e as belíssimas filosofias de autoconhecimento do oriente tiveram no Tibet o seu berço, pelo que não é surpresa constatar a intervenção alienígena por lá, no mesmo grau que na civilização maia ou egípcia, dado o elevado acervo de conhecimento. As maiores doutrinas mentalistas vêm daquelas montanhas. O Raja Yoga ou controle da mente é a mais poderosa lição da Sabedoria de Brahma no país das montanhas douradas… 
    Quando o homem conhecer a si mesmo, conhecerá todo o Universo.
    Quando o homem controlar a si mesmo, terá nas mãos a mais poderosa tecnologia: o poder total, completo e invencível de sua mente sintonizada com a Mente Infinita! Algo inimaginável para nós, tão dependentes das máquinas para tudo. E nesse dia, saberemos que os milagres existem, desde quando a mente esteja no comando dos desejos e no controle da matéria, e não o contrário. Saberá como emitir dela todo tipo de onda e energia capaz de realizar qualquer coisa. E o gênio da lâmpada revelará o seu nome: auto-controle.

  • Hel_Dai

    Bom dia Pessoal!

    OFF Topic:

    Alguém aqui do RS sabe detalhar o que de fato ocorreu nesta madrugada?
    http://zh.clicrbs.com.br/rs/noticias/noticia/2014/08/moradores-relatam-barulho-de-explosao-em-esteio-4569759.html

    Sou de Porto Alegre, mas não escutei nada, pois os relatos são de cidades vizinhas.

    ” Se lembra quando a gente chegou um dia acreditar que tudo era para sempre, sem saber que o para sempre, sempre acaba!!! ”

    E assim como esta várias outras questões que estão ocorrendo “camufladamente” em nosso Planeta, ficam sem respostas, sem conclusões e acabam caindo no esquecimento…

  • JAGLI

    http://www.professionalfengshui.com/wp-content/uploads/2011/09/i-ching.gif

    No centro perfeito, o TAO, a unidade original, o vazio absoluto provedor.
    No eixo, o motor contínuo, Yang-Yin ou as duas correntes do pensamento, polarizadas e equilibradas, razão e intuição, ciência e fé, concreto e abstrato. Concentração e imaginação, pensar e não-pensar, o binário.
    A mente em equilíbrio entra em sintonia com os oito elementos, mas um deles, o céu, se destaca: é a origem, a dimensão zero. Os demais sete elementos, os sete estados materiais, os sete níveis de energia, sete planos, setenário estrutural. E a mente em sintonia com todo esse movimento, tudo isso possível quando ela exercer um rígido autocontrole e abertura cósmica por meio das mais duras disciplinas de contemplação, concentração e meditação.
    Mas para a cultura ocidental, a coisa mais impossível que existe é silenciar a mente.
    Ondas alfa, teta, delta? Nem pensar. Estamos já estourando no Beta, e a tecnologia cibernética tem muito a ver com isso. Ela é um acelerador mental. Hiperatividade incessante com danos inimagináveis a longo prazo. Não temos que repousar o corpo todas as noites? Deveríamos fazer o mesmo com a mente, fazendo da meditação um hábito regular. Essas e outras jóias preciosas que a sabedoria oriental nos deixou, sintetizadas no I Ching, mas essa é só uma parte do seu significado múltiplo. Por fim, os 64 hexagramas compõem o mundo físico sensível às impressões da mente binária em busca de equilíbrio em relação ao centro do TAO, o incognoscível e indefinivel vazio-Deus.

  • emsj

    A nave do povo Dropa “dropou” na Terra. (Não resisti ao trocadilho)

  • Doidim2011

    nilton monteiro lopes 
    Numa época de informações fáceis é tão pobre a informação sobre esse povo Dropa. Há uma carência de imagens;

  • JAGLI

    Sim, esqueci de dizer. esta magnífica tábua cosmológica do espaço-tempo está toda escrita em código binário:
    TAO: 2^0 = 1 (Unidade original, centro)
    Yang-Yin: 2^1 = 2 (Binário, simetria, dualidade cósmica, ação e reação, movimento)
    Quatro elementos: 2^2 = 4 (Os fundamentos da matéria no espaço)
    Oito estados (trigramas): 2^3 = 8 (fundamentos temporais, ciclo)
    A matemática combinada à música formam o padrão de linguagem essencial das realidades espirituais metafísicas e filosóficas da sabedoria antiga.
    Bom dia a todos

  • KjulimataConde

    estamos na era da comunicação onde o oculto de uma maneira ou de outra sera revelado, por  enquanto as verdades estão envoltas em misterios, mais a cada dia que passa mais e mais relatos de casos que envolveram varias pessoas vem sendo revelado, se fosse uma so pessoa poderiam dizer isto e delirio de uma mente doente, mais sendo varias pessoas fica dificil, para quem acha que o mundo não vai dar uma reviravolta de informações em breve so digo uma coisa, se preparem pois irão se surpreender com o que ainda vai surgir, ficção não sera mais ficção sera real (este nosso mundo esta ficando cada vez mais interessante)…..felicidades….

  • walter loo

    …Creio que na imensidão do universo exista lógico variedades de povos em planetas distintos, veja a quantidade e tamanhos diversos de estrelas, até milhares de vezes maiores que o nosso sol, por aí creio que haja planetas enormes e civilizações compatíveis com o tamanho dos mesmos com  seres monstruosos gigantes, como também acredito na existência de seres bem pequenos neste eclético universo!!!

    Abraços fraternos!!!!

  • JAGLI

    Quanto aos discos contendo informes, isso realmente caracteriza um padrão dos antigos, o de codificar mensagens em mandalas ou formas simétricas circulares, discóides. Temos inúmeros exemplos, e isso argumenta a favor da legitimidade dos crops circles que, afinal, codificam mensagens em círculos, discos com trilhas de cereal rebaixado.
    De qualquer forma, nossa tecnologia moderna assumiu um pouco desse estilo, seja nos ultrapassados discos de vinil ou nos modernos cds e dvds. 
    E até onde isso nos leva? Células são padrões circulares, seus núcleos também, contendo informações.
    As órbitas eletrônicas são circulares (indefinidas) e contém informação do átomo. As órbitas cósmicas são circulares *elípticas, e carregam informações (códigos de onda) do ciclo que as comporta.
    O movimento é a resultante do equilíbrio dinâmico dos corpos que, em rotação, assumem formas circulares (esféricas, geóides, etc).
    O círculo é a imagem do ciclo, e das informações que ele comporta do sistema que carrega e sustenta.
    O círculo é a imagem do TODO, e a circunferência, da informação que lhe cabe.
    Como é grande e notável a sabedoria antiga e atual que veio das estrelas…
    E como o Tibet lembra o poder da mente e a sabedoria do pensamento, dois koans:

    1. É A PARTÍCULA QUE ONDULA O ESPAÇO OU O ESPAÇO QUE ONDULA A PARTÍCULA?
    2. SE O PENSAMENTO É UMA ONDA, QUAL É A SUA PARTÍCULA?

    OM!

  • aterraemmarte

    Será que a origem de toda essa informação não terá vindo dos livros de Erich von Däniken?
    De qualquer das formas não deixa de ser uma história fascinante e que nos deixa a pensar. 
    Já tinha escrito sobre isso em meu blog. Se quiser dar uma vista de olhos, aqui fica o link: http://aterraemmarte.com/o-povo-dropa-alienigenas-no-tibete/

  • Marco Chies

    Hel_Dai Na madrugada de quinta feira, aproximadamente 01:30 Horas, houve um forte estrondo que sacudiu rapidamente minha casa, na cidade de Canoas/RS. O deslocamento de ar fez as janelas tremerem. Pensei que fosse um trovão e minha esposa foi ao pátio verificar as condições do tempo. A noite estava linda e estrelada. Este estrondo foi ouvido nas cidades de Esteio, Canoas e Sapucaia do Sul, região metropolitana de Porto Alegre. Na cidade de Esteio inúmeras casas tiveram suas vidraças quebradas. Os bombeiros da região receberam inúmeras chamadas e, segundo pude acompanhar através das notícias veiculadas pela retransmissora da TV Globo, ninguém até o momento conseguiu atribuir uma causa ao estrondo. Os bombeiros percorreram, ainda durante a madrugada, locais onde estão instalados bancos e caixas eletrônicos, mas não ocorreram assaltos ou explosões criminosas. Os bombeiros foram até a Refinaria Alberto Pasquallini, localizada em Canoas e lá foram informados que nada de anormal havia acontecido mas instalações.

  • Aion

    Doidim2011 nilton monteiro lopes 
    Obrigado, essa matéria foi muito esclarecedora, recomendo para todos! a maioria de nós esta começando  a pesquisar sobre estes assuntos e as vezes nos deparamos com mentiras antigas e é fácil se enganar.

  • MelissaTobias

    Será que a suposta civilização Dropa tem alguma conexão com os semi-deuses Rishis que viviam no Himalaia? Alguém sabe?

  • Hel_Dai

    rogodoy agradeço as explicações, mas afirmar que só pode ser um meteorito para um assunto que esta sendo tão pouco pesquisado é limitar-se ao comodismo. Há várias outras hipóteses, como a sua e de outras pessoas que, devemos levar em conta e aprimorarmos nossos conhecimentos sobre este e outros fatos sem explicações. Assim como não podemos descartar que na cidade de Canoas/RS existe uma base área onde realizam treinamentos de caças.
    Abraços,

  • Hel_Dai

    rogodoy Tu até me fizeste rir agora com este comentário, mas levando em conta que isso não me atinge de forma alguma, apenas vou refrescar sua mente dando um CTRL+V e um CTRL + C do seu próprio comentário anterior… “mas pelas suas informações SÓ pode ser um meteorito ou um cometa, muito grande por sinal”….
    Apenas não me conformo com qualquer resposta, mas sempre respeito opiniões adversas as minhas, porém AFIRMAÇÕES nem eu nem ninguém somos obrigados a aceita-las de fato meu caro.
    Há uma diferença entre dar OPINIÕES com o intuito reflexivo a dar lições de moral. É nesse ponto que muitos falham.

  • Doidim2011

    rogodoy Frase para refletir
    “Não acredite em algo simplesmente porque ouviu. Não acredite em algo
    simplesmente porque todos falam a respeito. Não acredite em algo
    simplesmente porque esta escrito em seus livros religiosos. Não acredite
    em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade. Não
    acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração.
    Mas depois de muita análise e observação, se você vê que algo concorda
    com a razão, e que conduz ao bem e beneficio de todos, aceite-o e
    viva-o.”
    Buda

  • Doidim2011

    rogodoy 
    ” Devemos investigar e aceitar os resultados. Se não resistirem a estes testes, até as palavras de Buda devem ser rejeitadas.”
    (Dalai Lama)

  • Hel_Dai

    rogodoy Só uma pergunta, tu sofre de Transtorno Bipolar?

  • JAGLI

    Doidim2011 rogodoy
    Em outras palavras, essa frase define CONSCIÊNCIA em sua concepção mais plena, que transcende a mera informação das coisas.
    Grande Buda, o Sol do Oriente!

  • Hel_Dai

    rogodoy Me desculpe, mas não sou psicanalista, gostaria muito de poder ajuda-lo e ficar a tarde inteira lendo seus INCRÍVEIS comentários, SQN !!!

    #ficaadica:

    Escute Enya quem sabe não ajuda.

    https://www.youtube.com/watch?v=Y1L8uRApYeQ

    Abraços

  • Alex Cosmos

    JAGLI Sim concordo que a mensagem é direta ! mas como a humanidade vai levar a serio o recado se não acredita que veio das estrelas !
    Algum fato importante tem que acontecer e bem palpável para a maioria dos povos da Terra aceitarem a realidade dos fatos.
    Espero que esse dia chegue bem rápido….
    Abraços amigo……

  • JAGLI

    Alex Cosmos JAGLI
    Alex, essa é a pergunta que me faço todos os dias: as pessoas (no geral) nem acreditam nos crops circles, quanto mais no que dizem!

    O fato vai acontecer, o fato já acontece em cascata, mas o problema é que o ceticismo militante já está armado até os dentes com argumentos de repúdio, assim confundindo a muitos. E é precisamente aqui que eu considero um pormenor:
    Qual é o nível de manifestação a que estão dispostos os nossos Irmãos Maiores para nos trazerem a esta esfera de percepção sem que isso colida com aquela  velha lição: a da necessidade de encontrarmos a resposta dentro de nós sem o depoimento dos cinco sentidos?
    Afinal, temos a nossa mente cheia de potenciais capazes de sintonizar a realidade das coisas, mas se ficarmos esperando por fatos confirmatórios, isso não nos levaria ao comodismo sobre esse despertar interno?
    Bem, pra mim, e na minha concepção pessoal, esse dia já chegou.
    Estamos nele.
    Abraços!

  • JAGLI

    E inspirado pelas mensagens de Buda trazidas aqui oportunamente pelo amigo Doidim, escrevo uma passagem do evangelho de Buda que considero particularmente maravilhosa, e que deveria constar de todos os cadernos de anotações:

    O DEVA E O BUDA

    O Buda estava um dia no jardim de Anathapindika, na cidade de Jetavana, quando lhe apareceu um Deva* em figura de brâmane e vestido de hábitos brancos como a neve, e entre ambos se estabeleceu o seguinte diálogo:
    O Deva: – Qual é a espada mais cortante? Qual é o maior veneno? Qual é o fogo mais ardente? Qual é a noite mais escura?
    O Buda: – A palavra raivosa é a espada mais cortante; a inveja é o mais mortal veneno; a luxúria é o fogo mais ardente, e a ignorância é a noite mais escura.
    O Deva: – Quem obtém a maior recompensa? Quem sofre a maior perda? Qual é a armadura mais impenetrável? Qual é a melhor arma?
    O Buda: – Quem dá sem desejo de receber é quem mais ganha. Quem recebe de outro sem devolver nada é o que mais perde. A paciência é a armadura mais impenetrável. A sabedoria é a maior arma.
    O Deva: – Qual é o ladrão mais perigoso? Qual o tesouro mais precioso? Quem recusa o melhor que lhe é oferecido neste mundo?
    O Buda: – Um mau pensamento é o ladrão mais perigoso. A virtude é o tesouro mais precioso. Recusa o melhor que se lhe oferece quem aspira à imortalidade.
    O Deva: – O que atrai? O que repugna? Qual é a dor mais terrível? Qual é a maior felicidade?
    O Buda: – O bem atrai. O mal repugna. A maior dor é a má conduta. A libertação é a maior felicidade.
    O Deva: – O que ocasiona a ruína no mundo? O que destrói a amizade? Qual é a febre mais aguda? Qual é o melhor médico?
    O Buda: – A ignorância arruína o mundo. A inveja e o egoísmo destroem a amizade. O ódio é a febre mais aguda. O Buda é o melhor médico.
    O Deva: – Tenho uma dúvida e peço que me respondas: O que é que o fogo não queima, nem a ferrugem consome, nem o vento abate e é capaz de reconstruir o mundo inteiro?
    O Buda: – O benefício das boas ações.
    Satisfeito o Deva com as respostas do Buda, com as mãos juntas se inclinou respeitosamente ante Ele e desapareceu.
    (Extraído do livro “Buda – Aquele que Despertou” – Editora Martin Claret).
    – Nota:
    * Deva – do sânscrito – divindade, anjo, ser celestial.

  • PREDADOR

    GeraldoMagelaLobo JAGLI Hel_Dai Desde o primeiro dia daquele desaparecimento e mais fortemente convencido ao longo daquela “novela” postei aqui que poderia ter sido uma abdução. fiquei mais convencido disso depois que oficialmente, como foi noticiado no G1, uol, bol e sites mundiais, que havia sido detectado um objeto voador desconhecido naquela região, porém depois desse anuncio oficial nada mais foi falado. Silencio total, até esse “detalhe” cair no esquecimento, certamente intencional resultado de uma politica de acobertamento que resultou na criação de uma expectativa de logo ser solucionado o caso, com noticias todos os dias de “ja avistamos destroços”, fazendo parecer que tudo foi apenas acidente, e que a resposta estava logo ali na proxima esquina. Depois de muita enrolação, conseguiram  o intento de deixar o caso cair no esquecimento, até porque novas tragedias mundiais e os conflitos ao longo destes meses, sob o holofote da mídia voraz por novidades, contribuiu para por fim ao caso restando às familias e aos que são capazes de refletir sobre os interesses poderosos que manipulam noticias e impõem as verdades continuar exigindo uma resposta. O site que voce indicou, Geraldo, tem duas importantes questoes que sintetizam esse mistério: 
    1) A única menção oficial ao um objeto não identificado foi feita por um general da Força Aérea Real Malaia, segundo matéria publicada no site do UOL quando ele afirmou que “Radares militares detectaram um objeto voador não identificado no norte do Estreito de Malaca às 2h15m (hora local) do sábado, portanto cerca de uma hora após o Boeing 777-200 com 227 passageiros e 12 ocupantes ter sumido das telas do controle de tráfego aéreo.”
    2) Qual a razão de não haver nenhuma menção pelos governos e pela imprensa de forma contundente das imagens impactantes mostradas no radar do controle aéreo nos instantes do desaparecimento do Boeing?

    Para mim a hipotese ovni se encaixa nesse caso, tanto quando no caso do aviador australiano Valentich, que nunca mais foi encontrado, so que neste caso ele estava em contato com a torre e o dialogo até o radio ficar mudo deixou claro que estava sendo acompanhado por um objeto voador, tão proximo do avião que Valentich afirmou enfaticamente que não era um avião e que estava logo acima da sua aeronave, momento em que se ouviu um forte som de metal e o radio ficou mudo.

  • Zafar666

    Acho engraçado que a comunidade científica fica calada. Podiam divulgar como sendo a maior descoberta da humanidade, mas infelizmente, não se enquadra na teoria da evolução natural nem no criacionismo de Deus. Ficando abandonado. “Se for verdade mesmo.”

  • Allien372

    A Terra está entrando em colapso. Sinais da Natureza extraterrena e intraterrena…  Vai seccionar logo logo! É como os estalos na estrutura antes de desabar um edifício… Só que mil vezes maior…
    Planeta Terra= Queijo Suiço=Buracos na Sibéria=Testes nucleares em Desertos e Oceanos=Guerras + Investimentos Bélicos,etc…Por aí vai meus queridos

  • Marujo

    Hel_Dai 
    Pois é. Até agora, nada …
    Cheguei a pensar na possibilidade de algum caça ter rompido a barreira do som (Canoas tem uma base da FAB). Mas os milicos negaram essa possibilidade. O Instituto ?, de São Paulo, declara que nenhum fenômeno sísmico foi registrado no período.
    Vai sabê, né? Preocupante.

  • Zafar666

    Doidim2011 nilton monteiro lopes Desinformação.

  • M3NIS

    Video que mesmo sendo em Inglês, é muito importante ser visto ,trata do fenômeno da mutilação animal é difícil de explicar em termos convencionais, e tem sido associada por décadas com OVNIs, porque luzes estranhas às vezes são observadas na proximidade de locais onde os cadáveres de animais são encontrados.  Mas os seres humanos têm sofrido ataques similares?  Este filme tenta responder a esta questão muito controversa.  Rumores sobre a mutilação humana têm circulado na comunidade UFO por anos com algumas pessoas que afirmam ter tido contato com um grupo militar que é usado para recolher os cadáveres de vítimas de mutilação humana.  No filme, tem testemunho de um soldado ( Homem de  preto) que foi contratado para encontrar e manter em segredo .Seu trabalho é procurar e, em seguida, proteger os locais onde a mutilação humana.
     https://www.youtube.com/watch?v=45hL8e-QuXQ

  • Doidim2011

    Até o transigenicon e o animal clonado devem estar adaptados ao meio ou perecerão. Os mais adaptados sobreviverão.

  • Mega_X

    Daniken já tinha falado disso em seu livro “de volta as estrelas” de 1970 e até hoje não existe uma pesquisa profunda do assunto.

  • Doidim2011

    rogodoy Doidim2011 
    Rs rs rs
    Simples:
    Quando se tenta fazer uma clonagem são feitos vários clones, alguns não são viáveis. O nome disso é seleção.
    Quando se tenta fazer um transgênico muitos não são viáveis e perecem, o nome disso é seleção.
    Mesmo  nos transgênicos e nas clonagens a seleção continua existindo.
    Onde andam os seus primos neanderthais? E os seus primos australopitecos?
    O nome disso é seleção.
    Onde anda os dinossauros? O nome disso é seleção

    Por que Caim matou Abel, para os religiosos? Porque era o mais forte, ou o mais ladino, isso é seleção.
    Por que os judeus são o povo escolhido, segundo os religiosos? Isso é seleção
    A seleção existe na sobrevivencia do mais adaptado, ou do mais forte, ou do mais ladino. Até quando você vai comprar tangerina no mercado você seleciona.
    Eu tenho uma alteração renal rara, na minha familia ninguém mais tem. Não herdei essa caracteristica de alguém anterior a mim.essa mutação surgiu comigo. Pode ser que prossiga com meus descendentes, pode ser que não. Vamos ver o resultado dessa seleção
    Sempre existe o primeiro em tudo, essa é a sua resposta para a penúltima pergunta que você fez.
    Existe o primeiro que deu uma bicicleta em um jogo de futebol, como teve o primeiro que apresentou gene para a fala, não é tão dificil de entender.

  • RafaelSavateRJ

    Chega a ser cômico o ceticismo dessa área!
    Milhares de Doutores que se acham o máximo querendo justificar tudo.
    Mas tudo o que escapa da compreensão comum,é fato!
    Esses doutores que deveriam ter as “mentes abertas” para observarem e traduzirem os acontecimentos,são na verdade os vetores de todo o conhecimento.
    É justo que algo muito interessante aconteceu por ali,mas eu nunca declararia que foi objeto das forcas alienígenas ou humanas.
    Faria uma pesquisa com todos os bons profissionais,das mais variadas áreas da ciência mundial.
    Para então depois declarar algo.
    Os humanos contemporâneos se julgam tão bons que TALVEZ nao reconheçam que em algum lugar do passado,poderíamos termos sido evoluídos?
    Bom fim de semana para todos!

  • JAGLI

    G33k JAGLI
    Modelos de Incerteza, pois não? A Incerteza ainda domina os modelos atômicos, e os formatos de beringela ainda não me convenceram! Sabe, eu tenho uma dificuldade incrível em aceitar a seco certas teorias acadêmicas, ainda mais esta, pautada em padrões de observação muito limitados, como os que dispõem os laboratórios para mapear essa maravilha chamada átomo! Depois dessa Incerteza, a Física emperrou, e hoje usamos a teoria quântica para ilustrar um dogma persistente: o dogma de que nada é como parece e tudo pode ser qualquer coisa, mas ninguém sabe explicar como. Depois que inventaram o quanta, todo mundo tem uma teoria quântica para tudo, cheia de incertezas complexas.
    Não sigo por essa via. Sigo pela via do espírito consciente e integrado ao Universo que, por efeito, se lhe revela claro e audível, como ondas do mar estourando em praias de cristal.
    Quanto à identidade do átomo, voce está certa, sua carga está concentrada no núcleo, porém eu disse que a eletrosfera contém informação do átomo, e contém mesmo.  Não a identidade do átomo na totalidade. Mas contém informação, codificada em onda estacionária que cada elétron oscilante comporta.
    Porém não quero me estender na teoria dos harmônicos que compõem a matriz harmônica, essa que eu vislumbrei quando refutei a Incerteza.
    Já imaginou se pudéssemos observar o átomo num plano hiperdimensional de referência?
    Quem sabe não constataríamos círculos perfeitos em suas matrizes de geometria musical pura, cordas oscilando nas tessituras do espaço? Todas as nossas doutrinas teriam que ser corrigidas se transportássemos o referencial de nossas observações para o Hiperespaço. Seria o translado da ciência para a transciência.
    Na verdade, todo o meu estilo ao longo das postagens neste blog refletiram isso.
    Creio que eu me encaixo nas palavras que o amigo DOIDIM forneceu sobre BUDA:

    “Não acredite em algo simplesmente porque ouviu. Não acredite em algo simplesmente porque todos falam a respeito. Não acredite em algo simplesmente porque esta escrito em seus livros religiosos. Não acredite em algo só porque seus professores e mestres dizem que é verdade. Não acredite em tradições só porque foram passadas de geração em geração. Mas depois de muita análise e observação, se você vê que algo concorda com a razão, e que conduz ao bem e beneficio de todos, aceite-o e viva-o.”

    Eu sempre tive problemas com essas teorias incertas e quanticamente corretas dos acadêmicos convencionais. Harvard nunca me intimidou. Estou mais para as cordas harmônicas de Pitágoras do que para as beringelas de Schrodinger ou os fantasmas de Heisenberg. Estou mais para as ondas circulares perfeitas e ressonantes nas cavidades internas do espaço fechado do que para os palpites das observações totalmente marcadas por limitações. Não é porque não vemos círculos que eles não estejam lá, na verdade a natureza é repleta de aparências que enganam as observações mais atentas.
    Quer um exemplo? Os planetas, que tem órbitas circulares-elípticas, confundem as observações quando se ocultam atrás do Sol ou quando realizam aparente movimento de retrogradação. Pelo efeito das aparências sobre o observador, o círculo se transforma em rosetas e apresenta pontos onde o planeta desaparece, porque se oculta atrás do Sol.
    Mas a órbita continua sendo circular e regular. Tudo jogo das aparências pelo efeito dos referenciais de observação. Quem sabe os elétrons realmente não girem em impecáveis círculos mas, por determinados efeitos implícitos à observação limitada, eles saltem como aqueles orbitais diante dos medidores?
    É preciso questionar, senão o pensamento fica estagnado e a ciência não avança.
    Sabe, acho que o Espírito de Einstein baixou em mim.
    Nunca engoli a Incerteza quântica. Eu vislumbro universos paralelos conectados em uma puríssima ressonância musical projetando geometrias harmônicas da forma e tudo, e isso inclui o meu super e divino átomo circular.
    Como pode todo um edifício doutrinário ser construído sobre bases de Incerteza?
    Mas obrigado pela dica. Contudo, teorias são assim mesmo. Um dia, uma nova e melhor teoria substitui a antiga e precária. Afinal, ela é incerta a começar pelo nome. E sendo incerta, não me interessa.
    Me interessa a Transciência, observação do conjunto e não das partes isoladas. A análise do átomo considerando todo o universo que o rodeia, e em vez de simplesmente pensar que o universo é um conjunto de átomos, prefiro pensar que cada átomo se faz ponderável em relação ao universo que o rodeia. Parece a mesma coisa mas não é. Esta é a diferença entre ciência e a transciència, já que o todo é superior á soma das partes.
    O homem ainda tem uma longa jornada diante de si, porque essa transciência só lhe será acessível quando se fizer todo consciente, realmente integrado ao Universo a partir do seu centro, o coração, o espírito. Até esse dia, continuará assim mesmo, dominado por incertezas e captando o universo em pedaços não concatenados. 
    Mas virá a Teoria Harmônica, quando então regressaremos para ouvir melhor o que os antigos tinham a dizer e o que sabiam de fato ao declararem que, no Princípio, era o Verbo, o Som, e a Palavra, e a Eterna Música das Esferas será ouvida pelos céticos, que finalmente darão razão aos devaneios dos antigos.
    E naquele dia, finalmente descobriremos o quanto temos ainda que aprender com eles.
    E que bela música! Quem a ouve, nunca mais aceita a surdez moderna, como eu!
    Fica aí a dica!

  • JAGLI

    G33k
    Ps: Dentro da Teoria Harmônica que eu contemplo, e que tem pouco a ver com a moderna teoria das supercordas, porque nesta eu prevejo relações matemáticas, musicais e hipergeométricas não existentes naquela, o CÍRCULO (ESFERA) É A ASSINATURA DE DEUS, cujo significado é:
    PERFEIÇÃO!
    E eu nunca me satisfaço com menos que isso!
    https://www.youtube.com/watch?v=r_K-rNjsBQU

  • Paulo Henrique Paulino

    GeraldoMagelaLobo JAGLI Hel_Dai, um amigo meu, que é espírita, contou algumas coisas sobre o desaparecimento do avião há um bom tempo atrás, que tem muito em comum com o texto do link. Inclusive eu encaminhei o link pra ele ler também!
    Olha, fico triste pelos familiares das pessoas que desapareceram, mas ao mesmo tempo feliz, pois também acho que eles estão melhores do que a gente, em um local justo, onde não sofremos com as atrocidades que nos são desferidas!
    Valeu pelo link Geraldo!

  • JAGLI

    1. Ambos, de acordo com o princípio da Ação e Reação, ambas as condições são verdadeiras e válidas para os dois referenciais, tanto o da partícula em relação ao espaço, e tanto o do espaço elástico e flexível em relação a particula.
    2. O fóton, porque o pensamento é luz literal, ou onda eletromagnética em diversas faixas de frequência. E isso me dá base para demonstrar a cegueira humana, já que nossos sensores óticos funcionam numa faixa muito estreita de onda, a luz visível.
    Iniciados e seres espirituais mutantes (transformados pelo Verbo, Som, Palavra Divina) assumem um novo aparelho mental-nervoso que os habilita a ver e captar o Universo em outras frequências, portanto, vislumbrando novas paisagens e ouvindo raros sons quando se tornam receptivos às ondas além dos limites da acuidade comum.
    Isso quer dizer que eles podem ver os universos ocultos em comprimentos gama ou de ondas de rádio, ou ouvir ultrassons e infrassons, e diante desse fato, é claro que verão e ouvirão em dimensões superiores e inferiores, e conhecerão realidades ocultas que, para os cegos e surdos, são míticas ou fantasiosas.
    O erro comum é julgarmos que tudo o que existe é tudo o que vemos no reduzido espectro da luz visível e tudo o que ouvimos na faixa dos sons ordinários.
    Isso demonstra o quão cegos ainda somos, e que na nossa cegueira, estamos construindo um mundo de sombras e uma doutrina de ilusões.

  • Aion

    G33k Doidim2011
    Acredito que no futuro
    talvez próximo iremos constatar sem dúvidas as invalidades da Teoria de
    Darwin. Não sei se alguém aqui já leu toda a Teoria, geralmente esse
    conhecimento é passado na escola de forma pouco detalhada. O estudo de
    Darwin provavelmente tem seu valor porem com alguns avanços da ciência
    muita coisa será melhor esclarecida.
    As adaptações ao meio, se refletirmos sobre o assuntoum pouco não são necessariamente passadas para uma nova geração mesmo quando já estão consolidadas na geração atual, esta é aprovável explicação para a alteração renal do Doidim2011. 

    Uma mãe totalmente sadia dá a luz a uma criança com alguma deficiência sem investigar não sabemos dizer a causa,
    se foi um gene que é recessivo nos progenitores por exemplo. No entanto
    aquela deficiência pode não ser garantia que os filhos do portador da
    deficiência com outro indivíduo da espécie não portador, vão apresentar essa alteração.
    Este  assunto é interessante e merece analise encontrei estes dois livros:
    link 01 – https://www.andrew.cmu.edu/user/jksadegh/A%20Good%20Atheist%20Secularist%20Skeptical%20Book%20Collection/Charles%20Darwin%20-%20The%20Origin%20of%20Species%20-%206th%20Edition.pdf
    link 02 – http://manybooks.net/titles/darwinchetext98otoos11.html Pode
    ajudar além dos livros acima, buscarmos informações sobre a genética
    atual, se alguém tiver boas fontes por favor compartilhe.

  • JAGLI

    Centro, TAO, origem, vibração pura, Espírito, SER, consciência.
    Yang-Yin, dualidade cósmica, ação e reação, simetria da forma, cátion-ânion, elétron-próton, fluxo e refluxo, impulso e inércia, código binário 0-1, matéria-energia, passado e futuro. Ondas gêmeas, sincronizadas com o centro original. Matéria-Antimatéria. Os extremos.
    Yang-Yin, mente completa, polarizada e calibrada nos dois hemisférios. Balanço, equilíbrio, Zen, Yoga, Eu SOU. 
    Yang-Yin, pensar, não-pensar, respiração: inspirar-expirar. Caminhar: pé direito, pé esquerdo. Dormir e acordar. Encher e esvaziar. O fluxo dual do movimento cuja resultante é o círculo, o ciclo, o tempo. O tempo é uma onda dupla. A eternidade é o centro da onda dupla.
    Entre o Pensar e o Não-Pensar brilha a Iluminação Interior. O Nirvana de Buda, o Eu SOU de Cristo.
    Oito trigramas, os fundamentos da Cosmologia ou Universo em Equilíbrio. Tempo. A Roda, o Movimento cíclico. Tempo, onda-espiral. O Laço que liga tudo a tudo. Arcano 8, a Grande Lei. Vida Infinita, Vida múltipla, a Balança. Não existe vida isolada, a Vida é um fenômeno pluralizado. A Vida em Cadeia Cósmica: Mente Infinita.
    Tempo, vida que se transforma, vida que serve de laboratório ao Espírito. Matéria que é escada da consciência. Evolução. Beleza, ensaios rumo a Perfeição.
    O universo tende ao círculo, a assinatura da perfeição divina.
    A experiência tende à consciência, assinatura da perfeição humana.
    OM, O-centro, MmMm, oscilação da periferia.
    OM, sistema. O centro, M periferia.
    Centro-eternidade, M-tempo. Centro-vibração, M, matéria-energia
    Centro-Presença, Periferia-Passagem.
    Fragmentos de uma Física esquecida, ou Física da ALMA, plenamente conhecida e executada pelos sábios da Antiguidade.
    Por Espírito tenha-se Consciência.
    Por Presença tenha-se Vibração.
    Por Vibração se faz a onda, o círculo, o tempo no espaço e o espaço no tempo.
    E o círculo comporta todo o resto, roupagem da Presença: matéria-energia, forças, formas, campos,: a imagem da Grande Roda em incessante movimento: Samsara: a Prisão da Alma, mas que a Física da Alma tem por intenção terminar.
    A Física da Alma aplicada ao centro-coração TAO e ao cérebro Yang-Yin do pensamento e do não-pensamento.
    A Física da Alma tem por laboratório o corpo, por aparelhos os sentidos, por campo de observação a própria existência e por alvo experimental a Consciência.
    A Física da Alma deseja exercer uma ciência prática, e dentro dela, reintegrar o observador ao objeto: nesta Física, nós somos a parte principal dos fenômenos a serem compreendidos em relação ao Infinito que nos cerca, e o gancho dessa conectividade começa pelo lado de dentro.
    Porque, se a Física da Alma não sintetizar dentro de nós a  jóia mística da felicidade, então ela falhou em sua missão. A Jóia de Lótus é o Diamante da Verdade que brilha refulgente no campo mental do Iluminado. É o Dharma.
    A Física da Alma é a ciência para o homem, e não o homem para a ciência.
    A Fisica da Alma declara que todas as coisas se fazem separadas na acepção material, porém são UNAs no campo da consciência ou da vida interior chamada ALMA. A maior das ilusões é viver projetado somente do lado de fora.
    A Física da Alma descarta tecnologias porque compreende que o corpo e a mente dispõem de todas as tecnologias necessárias e suficientes à auto-realização perfeita e plena, e todo o resto é supérfluo. Temos o bastante dentro de nós. Temos um universo dentro de nós, e a Física da Alma nos ensina os caminhos dessa descoberta. Conquistar o universo interior significa se fazer UNO com todas as coisas do lado de fora. O laço com o infinito começa com o despertar do coração, nosso centro individual de consciência e vida.
    A Física da Alma é a releitura de todas as religiões antigas e de todas as doutrinas de sabedoria ancestral, todas procedentes das estrelas…
    A Física da Alma nos veio, disse o que tinha que dizer, e agora retorna para a sua Casa…

    OM

  • JAGLI

    GeraldoMagelaLobo G33k JAGLI
    Corretíssimo, Geraldo. A Analogia Universal é comprovada pela teoria fractal. Todos os sistemas do universo, do micro ao macro, respondem a um modelo-padrão que os configura segundo um centro ou matriz original, e um padrão de feixes de ondas duplas que expandem perifericamente esses potenciais pra as camadas externas, assumindo múltiplas dimensões de manifestação. E depois que a semente se torna árvore, podemos seguramente chamar sua raiz de núcleo da planta, e seu tronco, galhos e folhas, as camadas periféricas. O mesmo vale para  coração em relação ao corpo humano integral. Dali brota a vibração ou pulso espiritual, que se desdobra em ondas de informação nervosa, estas que concebem as formas orgânicas finais que nos constituem.
    Pelo modelo fractal dentro da Analogia Universal dos antigos, o mesmo ocorre para as estrelas, planetas, átomos, células tudo tudo e tudo!
    E a visão unificada da pluralidade diferenciada e totalmente encadeada?
    Deus. A ciência ainda tem muito a aprender com os antigos mestres da mente e Senhores do Universo. Há para tudo isso farta ilustração de símbolos e conceitos dentro das doutrinas sagradas, do oriente ao ocidente, de norte a sul. Dimensões se expandem através dos fractais, que se relacionam criando sistemas análogos. O átomo é realmente um sistema solar miniaturizado, embora só possamos ver, daqui do plano tridimensional, berinjelas e abobrinhas orbitais. Mas na referência absoluta da quarta dimensão, tudo muda e tudo se revela! Se revela como realmente é! E dentro dessa concepção, uma semente é um universo em potencial, que estoura na terra, num big bang vital, para se converter num maravilhoso universo chamado árvore! Como o big bang que , no útero de nossa mãe, trouxe-nos à existência dentro desse universo particular que é nosso corpo e nossa mente, perfeitos e inimitáveis por qualquer tecnologia que seja.
    Isso é Deus, isso é Inteligência coletiva operando na evolução material em prol da consciência e visando o despertar, a emancipação da alma de sua .material prisão sem muros.
    Isso é VIDA desejando só uma coisa: CONSCIÊNCIA! E tudo o Universo é um livro aberto, repleto de sabedoria para os olhos que puderem ler.
    Abraços!

  • JAGLI

    G33k 
    Um acréscimo: vislumbrando ainda mais para dentro essa disposição harmônica-ondulatória da eletrosfera, é bem provável que as ocultações dos elétrons em sua órbita irregular nada mais sejam do que zonas onde as ondas entram em interferência destrutiva, ficando assim invisíveis aos medidores de radiação. Uma teoria harmônica para o átomo inteiro, do núcleo à eletrosfera, resolveria muitos dilemas e solucionaria outras tantas incertezas. Teríamos áreas de reforço de ondas, e áreas de anulamento, e o resultado final seriam aqueles orbitais, mas por trás, círculos perfeitos oscilando, serpenteando ao redor dos núcleos.
    No final das contas, um jogo relativo de luz e sombra.
    Como os antigos contemplaram em Ouroboros e no I Ching.
    Esta é a bibliografia de fonte que eu posso apresentar neste momento.

  • LuizAfonso

    os Orientais tem importantes estudos e conhecimentos sobre meditação, transcendentalidade, chakras corporais espiritualidade.

    Será que este conhecimento não foi passado pelos visitantes do espaço conforme relatam várias culturas orientais?

  • JAGLI

    LuizAfonso
    Não há dúvidas sobre isso, amigo. São conhecimentos que nos servem como ferramentas que, aplicadas, ajudam a desenvolver em nossa mente o campo de percepção que alcança o status do campo deles. E isso é um bom motivo para essa entrega, afinal, eles não nos deram o peixe, mas a vara, e apenas nos ensinaram como pescar.
    Um conhecimento avançadíssimo e notável, diga-se de passagem, a espera da apreciação da ciência moderna.

  • JAGLI

    GeraldoMagelaLobo G33k
    Alguns modelos recentes de geometria harmônica aplicadas, por exemplo, na matriz estrutural do átomo de Carbono, a nossa Flor da Vida:
    http://www.cropcircleconnector.com/2014/Dornberg/Dornberg2014a.html

    http://www.cropcircleconnector.com/2014/trodd/trodd2014a.html
    http://www.cropcircleconnector.com/2014/greenstreet2/greenstreet2014b.html
    Na verdade, muito tenho aprendido sobre Cosmologia Harmônica com os seres do Espaço Sideral. E tenho por certo que a fábrica dos crops circles emprega técnicas avançadas de cimática sobre os feixes de cereais.

  • JAGLI

    G33k
    Troque-se isto:
    “Segundo o http://pt.wikipedia.org/wiki/Modelo_Padr%C3%A3o, os quarks ocorrem em seis tipos na natureza: “top”, “bottom”, “charm”, “strange”, “up” e “down”. Os dois últimos formam os prótons e nêutrons, enquanto os quatro primeiros são formados em hádrons instáveis em http://pt.wikipedia.org/wiki/Acelerador_de_part%C3%ADculas.”
    Por arranjos harmônicos entre cordas vibracionais no núcleo atômico, que respondem às mesmas leis fundamentais da Harmonia Musical, desenvolvendo padrões geométricos, e começamos a abrir o Teatro onde soa a Música das Esferas.
    Despindo toda a matéria, ouvimos música pura!

  • Clavius

    Pesquisemos também sobre o ” PADRE CRESPI ”  Muito interessante os “tesouros” entregues a ele pelos indígenas. Muito bacana, vale a pena…

  • Aion

    JAGLI Hel_Dai 
    No interior do estado de São Paulo, faz alguns poucos anos escutei um estrondo muito forte semelhante ao relatado nos comentários. Foi muito forte como uma explosão distante estava em uma cidade muito pequena na região de São José Do Rio Preto. Conheço bem a região e esta foi a única vez que testemunhei esse evento. Foi assustador, estava dentro de casa e mesmo assim tive a impressão do ar ter tremido!
    Já na capital do mesmo estado, algum tempo depois uma prima relatou um estrondo muito forte, as paredes de sua casa tremeram! Ouvindo o acontecido  parecia ser um pequeno tremor de terra ou terremoto de baixa intensidade. Mas não lembro de ter ocorrido anteriormente, ela mora na região sul de São Paulo. Até hoje não sabia que o mesmo tinha ocorrido em outras regiões do estado.

  • nilton monteiro lopes

    JAGLI G33k  @nilton,monteiro ,lopes,ola amigo,a melhor das teorias e você abomina,o  principio da incerteza nos leva a fazer coisas do nada e contruir tudo que imaginamos em espirito  e transciencia,ate   o desing  as vezes sai  errado  longe de confrontar o mestre,mais assim penso  e fico contente por vc  estar por aqui,um abraço,fui………… ..

  • JAGLI

    nilton monteiro lopes JAGLI G33k
    A Física não parou na Incerteza, se aceitarmos uma teoria como definitiva, ela não avançará. Ainda mais com um nome desses, nunca me agradou, como a Einstein.
    Não existem incertezas no universo objetivo do espírito, elas só persistem no nosso plano limitado dos 5 sentidos.
    Abraços, amigo. Fui!

  • JAGLI

    G33k
    Eu falo que não devemos crer na religião? Onde isso? Uma coisa é o religare espiritual, outra é a crença fanática. Acho que voce está confundindo as coisas. Rechaço a primeira mas venero a segunda. Porque a segunda é a matriz de todo o conhecimento, repleto de ciência legítima.
    A Incerteza não está exatamente errada, somente incompleta, como a Gravidade de Newton se comparada à Relatividade Moderna. A matemática funciona para a Gravidade newtoniana até hoje. 
    Num ponto de vista relativo, os orbitais também funcionam, para a nossa análise tridimensional, como a matemática também funciona para o modelo geocêntrico do movimento. Porém, a paisagem não está completa.
    Não é porque a matemática funcionou que o modelo se completou, entende?
    Falta completar o modelo. E o som, ah o som… sim, pelas leis da Física deste plano, certamente, estou ciente destas leis. Mas no vácuo que não é vácuo, mas é éter real, há um som superior se propagando todo o tempo, sob o poético nome de Música das Esferas. Se eles não a escutam, me culpas? Mas transporte todas aquelas leis acústicas para o Hiperespaço e elas mudam totalmente. Isso é o que vai abalar todos os alicerces da ciência moderna e nos aproximar da ciência divina. Estou ciente de que esse translado será sumamente difícil para as métricas de um mundo tão materialista.
    Eu tenho uma percepção diferente da Fisica, e o que voce chama de Intransigência, eu chamo de Convicção, e não é voce quem vai desmotivá-la em mim. Como voce tem a sua e nunca tive a intenção de desmotivá-la em ti. Prova que nunca lhe respondi comentários.
    Então, respeitemos as convicções de ambos.
    E antes que eu me esqueça, intransigente é a ciência ateísta, debochando e ridicularizando sistematicamente de tudo o que tenha sabor de espiritual e sacralidade, e fazendo questão de induzir as mentes mais simples no mesmo erro. Ninguém a supera.
    Nobel para ela.
    Uma ciência destas eu nem escuto.
    OM………………………………………………………..fui!

  • JAGLI

    G33k
    Última dica: sabemos que a Gravidade é a pedra no sapato da Física Quântica. Mas há um gancho com a Cosmologia Harmônica , presente nas ondas gravitacionais, que pode unificar os dois campos. Ora, como pode o vácuo espacial (apesar de não existir vácuo) transmitir vibrações a distâncias enormes, sendo que tais vibrações não são de ordem eletromagnética? Vibrações? Sons se propagando por estranhos mecanismos que ressoam entre núcleos afastados? Se isso ocorre no nível cósmico, porque não ocorreria nas dimensões intra-atômicas, de modo mui discreto, rompendo um véu falso chamado vácuo? Ora, não estão descobrindo aí tecnologia de empuxo funcionando em micro-ondas? Para ver como o espaço é desconhecido mas não é vácuo no sentido de inerte. Isso é só o começo.
    A gravidade é a prova viva de que a Física Quântica ainda é incompleta e mesmo incorreta em alguns pontos.
    O que vibra, é de origem sonora. Como ondas se comunicam entre sistemas cósmicos afastados, eis a fresta da porta a se abrir. Se o tecido do espaço-tempo se deforma no curso de tais ondas, então elas podem ser aquele tipo de “Som” a que me referi, e que pode também deformar muito discretamente os espaços intra-atômicos. O duro é detectar tudo isso, da mesma forma como foi difícil detectar os efeitos da Relatividade na época de Einstein. A Teoria está só no começo:
    http://www2.uol.com.br/sciam/noticias/tecnologia_utilizada_para_detectar_ondas_gravitacionais_surpreenderia_einstein.html
    Geek, falando sério, estas são apenas convicções de um homem que pretende um dia ver ciência e religião casados novamente.
    Particularmente, te acho uma garota muito inteligente. Mesmo. Não é rasgação de seda. Só que minha direção é outra. Muito aprendi da ciência convencional, mas não terminei nela, e nem devemos. Há muito mais além das muralhas do Sol. 
    E como tudo termina em música (som), te dedico esta canção, eu não esqueci que é a sua preferida da Enya. Então, com esse som no coração, um abraço desse amigo que admira sua inteligência nada ateísta (porque li seus comentários):
    https://www.youtube.com/watch?v=iMyo8I8AKmY

  • LuaPequena

    Boa noite O.H.!
    O povo Dropa é a prova viva que os extraterrestres existem e que sempre estiveram aqui!
    Li que, ao chegarem na Terra,sua espaçonave apresentou problemas sérios e ficou totalmente incapacitada de voar.
    Como não havia aqui o material necessário para o conserto da mesma,este povo se viu obrigado a permanecer pra sempre em nosso planeta.
    No início,os nativos da região,tinham medo deles,pois sua aparência era bem diferente da dos seres humanos conhecidos e temiam que fossem maus.
    Com o passar do tempo perceberam que se tratava de uma raça pacífica e passaram a conviver com eles.
    Dizem as más línguas que,a existência desse povo,de a muito,que é conhecida e TOTALMENTE ESCONDIDA pelo governo chinês.
    Não é qualquer um que transpõe essas montanhas!
    Para isso tem que ter autorização!
    Seria tão simples saber as verdadeiras origens desse povo.
    Bastaria um simples exame de DNA e pronto mas,eles são mantidos praticamente isolados do mundo pelas autoridades chinesas que,querem preservar ,pra si,este segredo.
    O governo chinês,para dissipar qualquer dúvida a respeito da existência de extras,mandou arborizar todas as pirâmides construídas na China.
    O disfarce foi tão bem feito que parecem mesmo com morros e colinas!
    As verdades estão aí pra quem quiser ENXERGÁ-LAS!
    Abraços a todos!

  • LuaPequena

    emsj Olá emsj!
    Caro amigo,acho que seu trocadilho foi perfeito,pois pelo que dizem o povo Dropa DROPOU,literalmente,a sua nave!
    Os pobres coitados deixaram-na cair terra abaixo!
    Abraços!

  • LuaPequena

    Hel_Dai Boa noite Hel!
    Será que nossos amigos lá debaixo estão se preparando par EMERGIR?
    Beijos.

  • Marujo

    LuaPequena emsj 
    Mas que azarão, né?
    – Senhores passageiros, teremos de fazer uma parada técnica no Jurassic Park.

  • freedrinkspt

    LuaPequena É verdade, há um ano vi um episódio da série ‘Alienígenas’ em que falavam que o governo chinês ordenou cobrir todas as pirâmides que existiam na China, fazendo parecer montanhas normais. Enfim, governos como esse gostam de fazer as coisas à “descarada”, sabendo que têm poder para manter a população longe dessas áreas.

  • freedrinkspt

    RafaelSavateRJ Desculpe, mas não deixei de notar que o seu comentário é contraditório. “eu nunca declararia que foi objeto das forcas alienígenas ou humanas.” e depois vc diz: “Os humanos contemporâneos se julgam tão bons que TALVEZ nao reconheçam que em algum lugar do passado,poderíamos termos sido evoluídos?”  Então de que forças você está a falar? E não tem nada de ceticismo nessa área, até porque as características descritas dos seres pela civilização Dopa são idênticos a seres que atualmente são bastante conhecidos como seres extraterrestres. E cepticismo é uma palavra incorrecta para se usar. Você está num website que supera o cepticismo. E supera imenso, como também muitos dos comentários que se lêem por aqui. O que você podia dizer era que as pessoas podiam pensar na possibilidade de ter sido uma civilização humana evoluída, mas isso não significa que sejam cépticas. Use com cuidado as suas palavras. E para quem fala “Milhares de Doutores que se acham o máximo querendo justificar tudo”, realmente, aqui está um bom exemplo disso!
    E o que é que garante a você que uma ‘pesquisa com todos os bons profissionais,das mais variadas áreas da ciência mundial’ ia dar essa conclusão? De que poderíamos ter sido evoluídos? Realmente, que autoridade é que você está a interpretar aqui? Enfim, coisas escritas à toa!

  • freedrinkspt

    rogodoy MelissaTobias Isso não retira a possibilidade de a civilização Dropa ter tido contacto com semi-deuses Rishis, se neste caso eram seres extraterrestres.

  • JAGLI

    G33k JAGLI
    Por que não poderíamos um dia descobrir que o círculo sempre esteve certo? É claro que não penso em um modelo simplista, como o de Rutheford, e sim numa visão muito mais elaborada, porém, tendo no círculo a base de seu processamento energético e oscilatório em espaço fechado.
    Isso sim seria uma quebra de paradigma espetacular,e o retorno à raiz não implica necessariamente em retrocesso. Pode ser que a Física quântica tenha tomado um caminho equivocado e seja necessário refazê-lo. Pode ser que tenha que retroceder a João, a Pitágoras e aos antigos, e se ficar provado que eles tiveram revelações do alto espírito e receberam conhecimentos das estrelas, neste caso retroceder ao passado não vai significar decair doutrinariamente, mas exatamente o contrário. Porque pode ser, e isso eu tenho por certo, que a sabedoria ancestral ainda é muito maior que a nossa, desde que saibamos decodificá-la para os nossos próprios modelos atuais. Afinal, não veio essa sabedoria lá do Alto, e de civilizações avançadas?
    Em nada me surpreenderia constatar um modelo clássico e circular no átomo funcionando como uma mini Lira de harmônicos gerando todas as suas propriedades, como acontece com os planetas e sistemas maiores. Isso sim se encaixaria dentro de uma paisagem unificada e mais próxima do que os antigos concebiam e que estou reflexionando nele agora: o modelo das Hiperesferas.
    https://www.google.com.br/search?q=hiperesferas&source=lnms&tbm=isch&sa=X&ei=fI3lU7yfFtHLsATVnYH4Aw&ved=0CAcQ_AUoAg&biw=1024&bih=432
    Bem, é a minha opinião.
    Obrigado pelo nosso diálogo. Assim aprendemos sempre.

  • Doidim2011

    Por que alguns clones são viáveis e outros não? O nome disso é seleção.
    A clonagem não nega a teoria muito pelo contrário.
    Agora, concordaria com você ao criticar Darwin se dissesse que ele falou o óbvio ululante

  • Doidim2011

    rogodoy Doidim2011 
    O fato de eu construir um navio de aço para transportar cocos da polinésia para as Américas não destroi a teoria de ue os cocos possam boiar e atravessar o oceano da polinésia para as Américas.
    O fato de eu fazer uma clonagem, ou transgencios não destroi a teoria de que os mais adaptados terem mais chances de sobreviver.
    Você perguntou o poruê dos chipanzes não tterem desaparecido com a chegada dos humanos. Pelo mesmo motivo de que você não anda em árvores. Porue vivem em nichos diferentes.
    A clonagem já existe na natureza, antes da chegada dos humanos, só que nós passamos a fazer clonagem de vertebrados, coisa ainda não conhecida na natureza.
    http://clonagem12a3.blogspot.com.br/p/clonagem-natural.html
    Transgenicos também são comuns na natureza, tanto que você compartilha gens com batatas.

  • JAGLI

    O ESPÍRITO É O MODELO-PADRÃO DO UNIVERSO!
    Só o que está no CENTRO pode assumir o valor de referencial absoluto. O TAO é o centro do universo, e não um centro geométrico, conforme representado pelas mandalas expostas, e sim, um ESTADO DE CONSCIÊNCIA, exatamente o estado de consciência espiritual mais elevado, aquele que incorpora a objetividade mais próxima possível da Realidade que se pode captar e filtrar pelos sentidos da observação. 
    No TAO já não há separação entre objeto e observador: ambos são Um no TODO.
    TAO é sinônimo de REALIDADE. Esta é a palavra que melhor o define.
    Quanto mais a nossa mente se aproximar daquele estado de consciência, mais deslocará os seus pontos de referência para o centro, e gradualmente, toda subjetividade irá revelando uma nova paisagem atrás de si, mais e mais objetiva.
    Esse paradigma é perfeitamente válido para a investigação científica.
    No TAO, ser fazer consciente de algo é se tornar parte dele. Daí a avaliação fica completa.
    Para esse referencial central, o espaço é o primeiro cenário de manifestação, e tanto a gravidade como as forças de ordem eletromagnética podem ser encaradas como mutações do Som primitivo ou Palavra do Espírito no tecido espacial, aquele pulso ou vibração primordial presente em todas as cosmogonias. Nestas cosmogonias, “Ouvir Estrelas” tem literal conotação. Vibrações inaudíveis e indetectáveis oscilando no tecido do espaço-tempo. Todos esses sintomas do espaço flexível e ondulante nos obrigam a rever a sua identidade, tirando-a definitivamente do lugar comum de vácuo inerte. Não é porque estes “hiper-sons” não podem ser medidos que eles não estão lá. Pois estão.
    A Teoria da Relatividade prediz que massas aceleradas podem causar radiação gravitacional, que se propaga à velocidade da luz: este foi o gancho que um grande cientista chamado Albert Einstein deixou para chegarmos à Teoria da Grande Unificação: átomos replicados nos sistemas planetários e estelares, e vice-versa. 
    Einstein, um homem religioso e profundamente espiritual. E depois dele, o ateísmo gradualmente infiltrado na ciência a tornou estagnada e sem criatividade.
    Massa que se desloca e perturba o espaço: oitava oculta do som se propagando no espaço, a oitava oculta da matéria e substância, interpretado erroneamente como matéria escura.
    Onda eletromagnética, ou partícula que se desloca e perturba o espaço: a música da luz? A compreensão do espaço perante essas dinâmicas de força, energia, movimento e propagação é que servirá de denominador comum e ponto de partida à sonhada Teoria da Grande Unificação, que só poderá existir se os sistemas atômicos funcionarem analogamente aos sistemas macrocósmicos. A pista é justamente aquilo que nunca se considera, tão imponderável que é, como o próprio espírito: o Espaço, mas que assume uma condição totalmente diferente no referencial hipergeométrico: Éter, e suas propriedades elásticas representam a transição da terceira para a quarta dimensão.
    Nele, sistemas são hiper-esferas, nas quais a coordenada “tempo” é a própria função quadridimensional à forma vinculada. Se o espaço parece “rígido” no nosso plano tridimensional, o Hiperespaço é a dimensão da relatividade da matéria e do tempo em total expressão. Einstein foi o primeiro a nos revelar as “janelas” para um tal padrão revolucionário de coisas. O Hiperespaço é a apoteose da Relatividade.
    Sete dimensões. Três coordenadas materiais, três coordenadas psíquicas, e o hiperespaço no centro de referência (3-1-3), plano ideal de toda análise consciente e objetiva dos dois universo integrados por essa ponte, o de cima e o de baixo: a Zona Média do Universo, centro da gangorra oscilante.

    *Espírito e Incerteza são dois termos que não podem ser usados numa mesma expressão ideológica sob o risco de uma redundância gritante. Espírito e consciência, por outro lado, criarão conceitos concordantes em toda parte. Se há um modelo-padrão para o Universo, ele é o Espírito, o tijolo fundamental da criação, e todo átomo, partícula, bóson, corda, onda, núcleo e sistema por ele foram expulsos, e por seu pulso contínuo nasceram, cresceram, e morrem, e renascem. 
    TAO, Eu Sou o que Sou, o Princípio e o Fim: o centro da infinita circunferência que abarca todos os fenômenos. Mas por negar o espírito é que a ciência moderna está seguindo por falsas trilhas, fazendo da complicação a sua leitura de Universo ao lhe escapar a objetividade simples e perfeita da visão iluminada que o espírito concerne a toda mente a ele receptiva e aberta. Por negar o Espírito, sua construção segue por arquiteturas irregulares de torres tortas, mas sem perceber, se valendo de inúmeros conceitos da sabedoria antiga para expressar idéias, como simetria, spin, relatividade, quanta, e tantas outras nomeadas excelentemente pela sabedoria do oriente e mapeadas no maravilhoso cosmograma chamado I CHING.
    No final da Jornada, o mundo moderno descobrirá que aquele cosmograma é a identidade real do Universo, e o modelo de todos os sistemas encadeados que compõem sua face final.
    Simples porque é perfeito. Perfeito porque é simples. Sem complexas incertezas diante dos limites sensoriais do observador enredado em impressões subjetivas, porque a identidade ZEN é um estado mental que penetra nessa realidade muito além do rede Maya de enganosas aparências da esfera tridimensional. E o que para nós parecerá um quântico labirinto, para a afiada mente ZEN se revelará num modelo perfeitamente claro, compreensível e tremendamente simples em sua essência, satisfatório porquanto criado por si mesmo, muito antes de todas as especulações da nossa mente limitada e sob o precedente da ignorância.
    Espírito individual, fractal do Espírito Infinito em suas diversas roupagens materiais e energéticas. E a sua primeira matriz de expressão está no SOM ou Palavra consciente: Fiat Lux!
    O ESPÍRITO É O MODELO-PADRÃO DO UNIVERSO. 
    Apenas o centro pulsante e o círculo/esfera ondulante que a tudo abarca, cria, sustenta e transforma com seu campo de influência. Apenas o que é. Dele tudo saiu e para ele tudo retorna. O Nada emana o Todo, o Todo emana o UM. Depois de todos os seus ciclos, O Um volta para o Todo e o Todo volta para o Nada. Eu Sou o que Sou.
    Esta é a minha reflexão final sobre este assunto.
    E como uma imagem vale mais do que mil palavras…
    http://cache2.artprintimages.com/lrg/61/6177/3SF1100Z.jpg

    https://www.youtube.com/watch?v=tH2sddyFzH4
    08-08-2014
    JAGLI

  • Hel_Dai

    LuaPequena Hel_Dai Quem sabe minha cara, nos dias de hoje, com as evidencias de hoje, os acontecimentos e os fatos de hoje…como muitos dizem: SÓ SEI QUE NADA SEI!!

    Beijos

  • MiguellBarbosa

    G33k JAGLI p.s adorei a musica geek nao conhecia…

  • JAGLI

    PS:
    Eu achei uma página muito completa sobre esse assunto,, e a descrição dos níveis de energia os elétrons em torno do núcleo na mesma série harmônica da música é o fundamento de tudo o que eu disse antes.
    http://la-mecanica-cuantica.blogspot.com.br/2009/08/ondas-de-materia.html
    E dele, destaco o seguinte:
    “Da mesma forma em que podemos descrever um campo de onda dentro de uma caixa retangular em três dimensões, podemos perceber que o modelo adotado anteriormente para um elétron confinado a mover-se (ou melhor, obrigado a ser localizado) em uma órbita circular ao redor do núcleo atômico é muito otimista. Nesse caso, o que temos é uma partícula sub-atômica está realmente preso em um potencial de simetria esférica , e embora possamos explicar os diferentes níveis de energia observados nas linhas espectrais do hidrogênio com este modelo básico (série Lyman, série de Balmer, Paschen série, etc), precisamos usar modelo tri-dimensional para obter as informações necessárias para explicar as linhas espectrais que aparecem quando nos submetemos ao átomo a um campo magnético quebrando assim o degeneração dos níveis de energia em que estas linhas inevitavelmente fazem a sua presença, quando aplicado um campo magnético é ocultado. ”
    Estou realmente convencido que o formato captado dos orbitais são fruto de superposição eletromagnética das camadas, resultando num caleidoscópio de imagens por causa do nosso referencial de observação.
    Mas da mesma forma que Einstein se perguntou: COMO SE ME APRESENTARIA O UNIVERSO SE EU PUDESSE VIAJAR NUM RAIO DE LUZ?
    Deixo a pergunta:
    COMO EU VERIA O ÁTOMO SE PUDESSE CONTEMPLÁ-LO DO CENTRO?
    Talvez círculos, cordas perfeitas com sons musicais.
    E a própria ciência me dá base para pensar assim.
    A matemática também descreve com precisão modelos incompletos.
    Essa é a prerrogativa para um Universo unificado, um modelo realmente padronizável em todos os sistemas, micro e macrocósmicos, tendo por base os mesmos fundamentos harmônicos-ondulatórios conversíveis em música.
    Música das Esferas, de Pitágoras e dos antigos, vibrando em natureza eletromagnética e gravitacional, porque o denominador comum para ambas é o misterioso espaço!

  • JAGLI

    COMO SE ME APRESENTARIA O UNIVERSO SE EU PUDESSE CONTEMPLÁ-LO DO NÚCLEO DO ÁTOMO, NAQUELE CENTRO ZERO DE ESTABILIDADE E EQUILÍBRIO DE TODAS AS CARGAS E PARTÍCULAS NELE CONTIDAS?
    Eis o limite da Física Quântica e de suas teorias probabilísticas, e é aqui que entra em cena a ciência do Espírito, porque chegamos aos limites de observação dos cinco sentidos e dos mapeadores que interferem com os panoramas microcósmicos, sendo inválidos para observações que pretendam exatidão ao desenhar tais realidades ocultas.
    Agora entra em cena o poder do espírito que, deslocado para aquele centro mencionado, pode trazer a resposta na mente, e depois vestí-la com expressão matemática compatível.
    Ao invés de especular sobre o que não pode ver sobre a realidade das coisas em estado de consciência sensorial, o verdadeiro cientista-espiritualista do futuro deverá buscar aquele estado de consciência espiritual para alcançar o referido centro.
    Porque o centro do Universo é o núcleo do núcleo do átomo, e esse centro nos leva outra vez ao TAO do Universo, e ao modelo-padrão de todas as coisas, o ESPÍRITO. Os cientistas do futuro, bem como os artistas e demais mentes, se quiserem acompanhar a revolução dos tempos, deverão desenvolver a consciência de observação espiritual. E isso nenhuma tecnologia poderá fazer por eles.
    O NÚCLEO DO NÚCLEO DO ÁTOMO É A CASA DO ESPÍRITO, O CENTRO DE REFERÊNCIA ABSOLUTA DE TODO O UNIVERSO.
    Esta é a Última Lei para a Grande Unificação.

  • JAGLI

    O CENTRO DE REFERÊNCIA ABSOLUTA DE TODO O UNIVERSO ESTÁ EM MIM, AQUI, AGORA.
    Nenhum outro sistema, aparelho, método, tecnologia, matemática, teoria ou modelo poderia alcançá-lo antes e melhor do que a minha consciência.
    Quem poderia querer mais?

  • JAGLI

    ” Muito poucos fatos físicos em conta a forma como o tempo flui, e este é um dos problemas fundamentais do universo, onde certamente há uma distinção entre o passado eo futuro. As relações de incerteza indicam que é possível saber a posição eo momento simultaneamente e, portanto, não é possível prever o futuro e, nas palavras de Heisenberg “não é possível saber, em princípio, presente em todos os seus detalhes.” Mas é possível de acordo com as leis da mecânica quântica para saber qual era a posição ou momento de uma partícula em um momento do passado . O futuro é essencialmente imprevisível e incerto, enquanto última totalmente definido. Assim, passamos de um passado definido um futuro incerto que está fora do alcance das capacidades de previsão da física clássica. A nível sub-atômico, o universo mecanicista de Newton foi praticamente pulverizado, e que só pode ser resgatada ser resgatado, alterando o andaime matemático que estava usando.”
    (Extraído do texto)
    Então, Heisenberg deveria se consultar com João de Patmos, que previu o futuro não só de uma partícula, mas de todo um planeta, e isso a dois mil anos atirados à frente, como base na consciência do espírito no referencial de centro, tendo o argumento da Lei dos Ciclos e da curvatura do tempo, igualmente à do espaço, argumentos de uma Física que pode sim continuar clássica dentro do átomo não necessariamente com a mudança dos modelos matemáticos empregados, e si, do referencial de observação, migrando da periferia para o centro ou, em outras palavras, dos cinco sentidos para o espírito (TAO); E para este referencial absoluto, a ciência poderá se surpreender com a simplicidade do modelo encontrado bem como com a matemática empregada para ilustrar os seus conceitos. Aí sim, a Física Quântica será pulverizada para sempre, com todas as suas incertezas subjetivas. Mas esse distanciamento do intelecto moderno do espírito e em igual proporção, esse reforço da consciência raciocinativa dos cinco sentidos é que aumenta a cada dia o seu edifício de Incerteza. O ateísmo é o veneno que lentamente mata o sentido objetivo de Realidade da mente moderna à frente de todas as ciências.
    No passado havia mais sabedoria.
    No presente só existe mais complicação, e tudo piorando.
    Como predisse Daniel: A ciência irá se multiplicar, mas a Sabedoria divina permanecerá lacrada até o fim. Sua dádiva é, e sempre será seletiva.

  • JAGLI

    “Além disso, o mundo sub-atômico já não governava a lei de causa e efeito por causa da natureza probabilística da matéria e física clássica perde completamente seu poder preditivo. A única coisa que você pode falar sobre é provável. Esta dura realidade era difícil levar para os físicos no início do século XX (o próprio Einstein nunca aceitou). ”
    DEUS CONTINUA NÃO JOGANDO DADOS COM O MUNDO!
    Não podemos construir ciência em cima de limitações. Devemos descartar todas as imprecisas paisagens tateadas em nossa cegueira e buscar com urgência pela Luz. Todos os modelos da sabedoria oriental são precisos para revelar o cosmograma do Universo a partir do centro do centro do átomo, o espírito. Sábios em estados transcendentais de consciência alcançaram esse centro de referência e nos trouxeram os seus modelos (I Ching, Yang-Yin, TAO). Só nos resta agora compreendê-los, vestí-los com uma matemática adequada e solidificar todas as teorias que compõem a Doutrina da Grande Unificação.
    Mas tudo isto não é para aqui e nem para agora, e nem por estes que se dizem cientistas. É para aqueles que assistem ao espetáculo cósmico do centro de referência da sua consciente e profunda contemplação espiritual de comunhão com o TODO.
    E aqui voltei ao começo da minha prédica sobre Transciência, a Ciência do Futuro.
    Final do meu discurso.

  • JAGLI

    rogodoy JAGLI
    Olá Rogodoy, o que voce viu foi real, voce viu a representação do Espírito ou Verbo nuclear do Universo na figura de Krishna, o equivalente de Cristo aos hindus. Azul, a cor do amor incondicional e a devoção perfeita dos divinos. Buda e Babaji, mestres espirituais do Universo, mensageiros de Krishna, de Brahma, enfim, bodhisattwas no sentido mais completo do termo, estes que conseguiram estabelecer trono de consciência no centro de referência absoluta do Universo, o núcleo do núcleo de todas as coisas. Além do etéreo, a presença destes seres é às portas do Absoluto, dimensão Zero que separa o nosso Universo de todas as origens, na foz chamada DEUS.
    Krishna envolto na música cósmica, o pulso eterno do divino coração, artífice de toda Cosmologia Harmônica do imenso Cosmos desde o seu centro perfeito de devoção pura, o coração, o chacra real. E eu devo dizer que suas visões são absolutamente verdadeiras, tratando-se de arquétipos universais.. Olha, sempre que posso, eu acompanho seus textos, devo dizer que voce tem grande conhecimento e uma percepção espiritual muito aguda também. Gosto muito da forma como voce aborda os ensinamentos de Cristo, com clareza direta e franca, e uma grande compreensão simples e verdadeira, como das crianças. Continue assim, meu bom amigo, equilibrando a tua mente entre as duas colunas do templo, razão e fé, e suas estradas se alargarão cada vez mais.
    Raro é o dom de saber conciliar ciência a fé, a grande maioria tende para os extremos. Os verdadeiros homens de gênio e espírito sabem temperar sua alma como uma divina espada, no fogo da fé e nas águas da ciência, resultando os seus pensamentos em armas indestrutíveis e altamente penetrantes.
    E continue buscando por aquela Presença no núcleo do núcleo do Universo, que é o nosso coração, trono de Deus. E as visões nunca te faltarão! Quando o homem souber fazer do seu coração a montanha a ser escalada, todas as paisagens se revelação, porque ali está Deus nele. Estes serão os mensageiros do amanhã, homens de ciência espiritual e de fé racional.
    Aquele que souber atirar as devocionais flechas de OM na direção do coração, este terá um encontro pessoal com Krishna nas profundezas da sua oceânica e desconhecida alma universal: porque o coração é a porta para o outro lado!
    E a ressonância perfeita de OM em estado de profunda meditação de contemplação da divindade interior é a chave! A única chave para a porta que fica no núcleo do núcleo do átomo, fresta aberta para Deus!
    A imagem acima é lindíssima, merece um quadro! Ela me inspira bastante.
    E para terminar, uma bela canção devocional
    Abraços iluminados, meu bom amigo!
    OOOOOOOOOOOOOMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM……………………………………………………………………………
    https://www.youtube.com/watch?v=kLLAUPS2C1A

  • JAGLI

    rogodoy

    Muitas vezes, o caminho para as respostas está no dom de formular as perguntas certas.
    E quando eu perguntei: COMO SE ME APRESENTARIA O UNIVERSO SE EU PUDESSE MIRÁ-LO DO CENTRO DO ÁTOMO?
    Eis que a Verdade (de Krishna-Cristo) se me revelou!
    Que Ela possa ser revelada a ti e a todos os que a buscam com coração sincero e puro, porque ali assenta-se Deus em seu trono perfeito, emanando a Palavra Eterna do Fiat Lux: OOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMMM>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>>

    E esta pode ser uma resposta do Universo.
    Leia Zacarias 4 e medite na imagem. Lembrando que a Estrela de Seis Pontas, dita Macrocósmica, representa o Universo.
    Zacarias 4 fornece o esqueleto do Espírito.
    http://www.cropcircleconnector.com/2014/Gussage/Gussage2014a.html

  • JAGLI

    Acabo de receber o Cosmograma do Universo.
    * Manhã seguinte, 14-08-2014, quando o site oficial reportou uma nova formação, em 13-08-2014.
    http://www.cropcircleconnector.com/2014/Gussage/Gussage2014a.html
    Padrão áureo FI (13/8) e relação com o ciclo sinódico do planeta Vênus. Um, dois, três pulsos internos. Três, os três níveis da Criação, mundo físico, supradimensões, infradimensões. Três, a matriz criadora. Acordes, harmonia da Lira Infinita. Muito para se falar.
    Imagem que expressa a Metafísica do átomo, centro do Universo, trono divino. No centro, a pulsação, a vibração original, a Palavra, o Som. Coração que pulsa no núcleo dos sistemas. Nas órbitas, ondas, oscilações. Sete raios, os sete tons da Criação, padrão universal. Centro-vibração, periferia-ondas. Está perfeito. Centro, letra O, pulsação. Periferia, letra M, propagação. OM. Muito para se falar.
    Prótons e neutrons pulsam na cadência do núcleo, calor., ligados por forças de microgravidade. Elétrons oscilam na periferia orbital, eletromagnetismo. As três forças solucionadas. Muito para se falar.
    Zacarias 4 e a radiografia do Espírito. Menorá, sete braços, duas oliveiras nutrindo as lâmpadas. Caduceu de Hermes.
    Estrela de Seis pontas, Macrocosmo, resultante final, Universo, Cosmologia Harmônica, Tao, Yang-Yin, I Ching, vibração, pulso, ondas, matéria, energia, espaço, tempo, ciclos: o Universo.
    Krishna, Cristo, Brahma, Pai-Mãe, Filho, Espírito, Vida, Consciência, Coração. OM.
    Está dito. Calar. Calar e Calar.

  • JAGLI

    Debater é uma coisa, Rebater é outra. Existem pessoas que realmente desejam debater com a troca de informações e a ampliação de conhecimentos. Outras se interessam apenas em rebater, tentando derrubar a tua doutrina com golpes intelectuais sem o menor interesse em partilhar idéias e aprender novos conceitos. Com estes rebatedores não pode haver debate. Nenhuma teoria é absoluta, ela realmente pede agregamento, mas o importante é que ela caminhe na direção da Realidade e desse modo, atraia com seu campo outras idéias concordantes, e assim o edifício teórico se constrói vagarosamente, como tem sido com a Física verdadeira e a ciência legítima há séculos. Mas os rebatedores não podem entender isso, porque vêem apenas o seu lado. Diante da construção, procuram por “buracos” na doutrina erguida onde possam fazer todo o edifício desmoronar. Porém, a base é sólida, é edificada sobre pedra, e não sobre areia, e não são estes golpes dos rebatedores intelectuais que a farão cair. Esse tipo de rebatedor não tem idéias próprias, e segue dizendo amém ao sistema cultural no qual se criaram e se formaram. Debater é partilhar idéias e crescer em conhecimento. Rebater é sabotar a edificação alheia. O rebatedor é sempre um incompetente, porque nada construiu e seu prazer é destruir o que outros estão a construir. É como o crítico destrutivo, que se dedica a criticar justamente o tipo de trabalho para o qual não se capacitou. Nada cria, mas se empenha em destruir o que os outros criam. Não discuto com rebatedores, mas partilho e evoluo com debatedores. 
    O interesse prévio do debatedor é expandir seus conhecimentos, mas o interesse prévio do rebatedor é somente um: derrubar a tua ideologia com argumentos tirados da sua própria. 
    Ao que tiver maior razão, a vitória será concedida. Mas nessa batalha onde armas são idéias, quem é o Juiz da Disputa? Quem poderá determinar o senso mais próximo da Realidade, senão que o próprio tempo, como tem sido sempre? Toda batalha pela verdade só revela seus vencedores na posteridade. O próprio Universo sempre diz amém para o que é verdadeiro, e seu desprezo é o bastante para relegar ao esquecimento o que foi proferido e feito em ações vãs e sem retorno. Rebatedores nunca ouviram a Voz interior que ecoa das Altas Esferas, e não podem pensar por si mesmos sem o guia da tradição que defendem. Por isso, nunca serão inovadores, e o gênio jamais brindará suas mentes direcionadas pela tendência de grupo, uma vez que o gênio é todo individual, mesmo contra um mundo inteiro rechaçando suas novidades de pensamento.
    Troque-se uma simples letra, D por R, e isso fará toda a diferença! Rebater é, na verdade, Combater, porque o rebatedor claramente mostra que está combatendo a idéia que rebate, porque não lhe concorda! Porém, sutilmente se camufla de debatedor, e com toda astúcia, veste a pele de intelectualidade superior com sua argumentação. Se apega aos seus modelos e resiste à toda mudança. O que move os debatedores é um claro desejo de conhecimento e busca pela verdade que não teme descartar concepções equivocadas ou limitadas, ainda que fortemente arraigadas no apego intelectual, contudo, debatedores são movidos por um notório narcisismo intelectual que deseja exibir infalibilidade à vista de todos, e em sua retórica não conseguem expor criatividade, apenas continuidade do que já existe. Mas minha base é ancestral, o que é como dizer, eterna, já que as verdades que fundamentam a minha construção não são deste tempo e nem desta dimensão, trazidas a este mundo por inteligências realmente muito superiores a nossa. Meu trabalho é resgatar e reunir esses fragmentos necessários a edificação do futuro, inexpugnável diante dos rebatedores e suas pedras catapultadas em palavras de desafio e zomba. Porque em sendo Verdade o nome do Edifício, como pode a mais leve sombra de especulação lhe causar dano que seja? Edifício esse que resistirá para congregar muitos espíritos em seus espaços sagrados repletos de Realidade.
    E o nome deste Edifício será VERBO DE DEUS, a congregar todos os espíritos debaixo de sua Verdade.

    15-08-2014