Linhas de Nazca: Tempestade de vento revela novos geoglifos no deserto peruano

Tempo de leitura: 3 min.

Os mistérios das Linhas de Nazca, que foram gravadas no deserto peruano, se intensificaram após fortes ventos, seguidos de uma tempestade de areia, terem revelado desenhos (geoglifos) anteriormente desconhecidos.

Um piloto descobriu um geoglifo do que parece ser uma cobra de 60 metros, bem como um tipo de camelídeo – tal como uma lhama – sobre um pássaro não identificado.

As novas linhas fazem parte dos geoglifos já conhecidos de um cachorro, um beija-flor, um condor e um macaco, os quais pensavasse terem sido desenhados por povos antigos de Nazca, entre o primeiro e o sexto século.

Os pesquisadores acreditam que este geoglifo represente uma camelídeo (à esquerda), sobre um pássaro não identificado (à direita). Acredita-se que aproximadamente 700 geoglifos tenham sido desenhados por povos antigos de Nazca.

Os arqueólogos estão agora trabalhando para confirmar a autenticidade das linhas.

Os geoglifos, mais conhecidos como Linhas de Nazca, foram descobertos em 1939, quando um piloto sobrevoou a região de Nazca, nos planaltos da costa peruana.  A área se estende por mais de 80 quilômetros, entre as cidades de Nazca e Palpa, a 400 quilômetros ao sul de Lima.  Em 1994, os geoglifos foram designados pela UNESCO como Patrimônio da Humanidade.

Outro geoglifo anteriormente desconhecido parece revelar uma cobra de 60 metros. A descoberta foi feita pelo piloto Eduardo Herrán Gómez de la Torre, quando ele sobrevoava as colinas de Pampas de Jumana.

O mistério sobre o porquê da criação das Linhas de Nazca tem sido debatido por décadas.

Uma teoria é a de que os geoglifos são conectados de alguma foram à água.  Por exemplo, um geoglifo triangular no pé da montanha Cerro Blanco corre ao longo de veios d’água dentro das montanhas, enquanto o geoglifo do condor está conectado à lenda local, a qual diz que quando o condor voa por sobre a montanha, ‘grandes chuvas se seguem’.

Similarmente, o geoglifo do beija-flor somente aparece no verão, após chuvas intensas.

Acredita-se que todos os desenhos tenham sido feitos através da utilização de uma única linha, que nunca se cruza, e os nativos acreditavam que seriam uma forma de pedir aos deuses que enviassem chuva.

As Linhas de Nazca são desenhadas por sobre uma camada de cor mais clara de solo, a qual contrasta com o pedregulho mais escuro do planalto.  Em geral, esses geoglifos caem em duas categorias: o primeiro grupo, que são aproximadamente 70, representam objetos naturais, tais como animais (pássaros e insetos).

Geoglifo de Nazca representando um macaco. Muitas das imagens apareceram em vasos e produtos têxteis da região. Outros desenhos representam flores, plantas e árvores.

Um segundo grupo de geoglifos representa formas básicas, tais como espirais, triângulos e retângulos.

Levantamentos arqueológicos encontraram estacas de madeira no solo ao final de algumas das linhas, o que dá suporte à teoria de que povos antigos usaram ferramentas e equipamentos de geo levantamento simples para a construção da linhas.  A maioria das linhas são ‘valetas’ rasas de entre 10 e 15 centímetros.

O maior geoglifo de Nazca tem 285 metros (pelicano).

Ao contrário da crença de que as figuras só podem ser vistas do céu, elas na verdade podem ser vistas a partir das colinas que rodeiam o local.

Paul Kosok, da Universidade de Long Island, é creditado com sendo a primeira pessoa a estudar seriamente as Linhas de Nazca.  Ele descobriu que as linhas convergem no solstício de inverno no hemisfério sul.

Junto com Maria Reich, uma matemática e arqueóloga alemã, Kosok propôs que as figuras seriam marcadores do horizonte, para mostrarem onde o Sol e outros corpos celestes nasciam.

Especialistas acreditam que o povo de Nazca costumava dançar ao longo das linhas quando pediam por chuva.

Em dezembro de 20112, o Professor Clive Ruggles, da Universidade de Leicester, disse que uma das formas – uma figura espiral – provavelmente teria sido um labirinto, criado como um ‘caminho espiritual’.

De acordo com a UNESCO, “elas são um dos enigmas mais impenetráveis da arqueologia, devido a sua quantidade, natureza e tamanho, bem como sua continuidade.  A concentração e justaposição das linhas, bem como sua continuidade cultural, demontram que esta atividade era uma atividade importante e duradoura

n3m3

Fonte: www.dailymail.co.uk

geoglifosmistérioNazcaOVNI HojePeru
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (25)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • Espírito Branco

    Uma tempestade de areia fazendo um papel bem revelador, agora foi puramente natural ou teve a mão de alguém  ‘ET :^P”?????
    De tanta coisa acontecendo e agora mais uma surpreendente revelação, os desenhos de Nazca não devem representar somente aquilo que nós vemos como “simples animais”, deve ter algum significado bem profundo por trás dessas linhas, se a tempestade revelou essas eu acredito que possa ter mais linhas escondidas em Nasca.
    Espero que o ser humano não espere por outra tempestade, e que tome iniciativa para tentar descobrir outras linhas.
    T+

  • Doidim2011

    Os geoglifos encontrados no Acre, até agora, são muito simples, comparados as Linhas de Nazca.
    Se as Linhas da Nazca são descobertas com tempestade de areia os do Acre são descobertos desmastrando a floresta…

  • SilmarRS

    Gostei mais do ano 20112,me senti por um minuto no futuro, e acreditei que a raça humana nao tinha se extinguido ainda(mas ainda tinha o misterio das linhas sem solução)…

  • mauro medeiros

    muito estranho e louco ao mesmo tempo, quem fez tudo isso eu acho que muita genta sabe.

  • LuaPequena

    Paula_Loredana Olá Paula!
    O ser humano tem o hábito de imitar seus ídolos,no caso seus “DEUSES”!
    Queriam se parecer,o máximo possível,fisicamente com eles!
    Quanto a certos FARAÓS,aí cara amiga,acho que o buraco é mais embaixo!
    Pra mim,estes não se pareciam mas,ERAM OS PRÓPRIOS!
    Quando foram de volta para as “ESTRELAS” deixaram seus descendentes por lá!
    Beijão!

  • VAMPIRO XXI

    LuaPequena Paula_Loredana É este o caminho minha pequena lua…

  • VAMPIRO XXI

    Espírito Branco O impressionante Espírito são as quantidades de escrituras, objetos, desenhos, e outras coisitas mas, parece até que este planeta não é nosso, embora sejamos “maioria”…

  • LuaPequena

    VAMPIRO XXI Espírito Branco Boa noite VampiroXXI !
    Caro amigo,em primeiro lugar prazer em te conhecer e em segundo,não precisa me fazer uma visitinha a noite não ,pois não costumo deixar as janelas abertas.
    Brincadeira!
    Quanto ao planeta ser nosso ou não,creio que NÓS é que não somos DAQUI!
    Abraços!

  • Espírito Branco

    VAMPIRO XXI Espírito Branco Boa noite!
    Acho que a única coisa que é verdadeiramente nossa e acredito que muitos vão dizer que sou louco ou mais um maluco sem sentido por ai é a nossa vontade de escolher entre o certo e o errado, isso é justamente seu e ninguém pode tirar isso de você ninguém mesmo.
    O Livre Arbítrio é a única coisa que nós temos de verdade!
    Nem esse corpo nos pertence, pq logo logo a vida faz o seu papel e a morte colhe ele para voltar ao ciclo natural e infinito. 
    Do pó ao pó das cinzas as cinzas!
    Um abraço querido!

  • Espírito Branco

    LuaPequena VAMPIRO XXI Espírito Branco Querida lua!
    Concordo com vc, esse planeta não pertence ao ser humano, ainda mas vendo toda a atrocidade que ele faz com a nossa mãe Gaia, prefiro que nunca seja nosso, pois não merecemos tal honra.
    Beijão! ^_^

  • Paula_Loredana

    LuaPequena Paula_Loredana Olá Lua amiga!! Sim, os egípcios das primeiras dinastias com certeza eram!!… Mas com relação aos crânios alongados do Peru, acredito que há uma conexão “extra”, pois dizem, que houveram “ligações” entre os povos das respectivas regiões…Acho que não era uma simples imitação aos Deuses, mas, talvez fossem parentes… 😉 
    Beijão!!

  • lucville

    Povos primitivos com tempo livre que faziam “primitices”.
    Diria que são os percursores dos grafiteiros.

  • Espírito Branco

    GeraldoMagelaLobo Espírito Branco VAMPIRO XXI Boa tarde!
    Com certeza Geraldo e obrigado por completar as minhas simples palavras querido amigo.
    Um forte abraço!

  • LuaPequena

    rogodoy 
    Boa noite rogodoy!
    Africa do sul me remete a lembrança da exploração das grandes minas de ouro!
    Cidades descobertas com mais de 100.000 anos!
    E essas linhas pra lá de estranhas.
    Diria que mais complexas que as próprias Linhas de Nazca.
    Temos muitos mistérios a serem descobertos ou revelados!
    É claro que estas linhas estão relacionadas com as peruanas!
    Pra mim,foram os mesmos que as fizeram ou o “PATRÃO” era o mesmo e portanto as ordens iguais!
    Abração!

  • UFO OVNI ETS

    LOOK

  • GandeshSaull

    mauro medeiros O problema é que o porque foram feitos é um tanto ridículo para nossa compreensão, de verdade mesmo nem vale a pena saber disso pois realmente chega a ser cômico.

  • VAMPIRO XXI

    Espírito Branco VAMPIRO XXI Concordo em partes, o nosso livre arbítrio é nosso até sermos submetidos por uma força maior, explico:
    Estava eu contando um pouquinho da minha História para nossa amiga Lua Pequena e disse a ela que precisava virar livro e estou escrevendo aos poucos, tenho algumas marcas no corpo que ninguém explica, tudo começou quando eu tinha 5 anos de idade, quando sofri um acidente de carro e sofri um corte na língua, e somente a pele do lado esquerdo a segurava, perdi praticamente a capacidade da fala, e na mesma noite fui curado por uma luz quente e silenciosa, pra quem duvidar eu tenho o sinal na língua até hoje, falta um pedacinho na ponta (lado esquerdo) mas falo muito bem, ganhei até premio de melhor leitura na escola 2 vezes, de lá pra cá……

  • VAMPIRO XXI

    LuaPequena VAMPIRO XXI Espírito Branco estou te devendo mais um pouco da minha História, depois que fui curado do acidente de carro…A primeira vez que vi um ovni, tinha 8 anos e lembro-me como se fosse ontem, pra falar a verdade, tive um sonho certa vez, me lembro de quase todos eles e são muitos, que eu estava em uma banheira azul e eu via minhas mãos e meus pés mas não tinha controle deles, quando senti um ardor em meu nariz, e vi rostos distorcidos acima de mim, quando senti um quente abraço, contei este sonho pra minha mãe quando tinha 15 anos, minha mãe perguntou ninguém te contou nada, enfim ela revelou que me deixou sozinho na banheira certa vez e eu escorreguei do apoio de bumbum, e cai deitado, me afogando, minha tia viu depois de um certo tempo e me socorreu me abraçando, diz até que saiu uma bolinha de sabão o meu nariz, e eu me lembro…..Ah, minha idade na época 8 meses……Eu sei que ainda falta falar do meu pai……bjsss

  • LuaPequena

    VAMPIRO XXI Espírito Branco Boa tarde VampiroXXI!
    História INTRIGANTE E ARREPIANTE!
    Abração!

  • NlNGUEM

    LuaPequena rogodoy Boa noite Luinha! isto ai é balão meteorológico ou então é ilusão de ótica! hehehehe

    Fui.

  • NlNGUEM

    Espírito Branco LuaPequena VAMPIRO XXI Muito bem! Falou e disse!

    Fui

  • NlNGUEM

    LuaPequena VAMPIRO XXI Espírito Branco Visitinha de vampiro? Tu é iluminada não existe escuridão na tua vida, vampiros, só por aqui mesmo!

    Fui

  • NlNGUEM

    VAMPIRO XXI Espírito Branco E ai meu amigo vampa!!! Diz uma coisa tu é amigo do Bento Carneiro, vampiro Brasileiro? hehehe

    Fui

  • LuaPequena

    NlNGUEM LuaPequena rogodoy Boa  noite Ninguém!
    Com certeza é mais que um balão meteorológico ou que uma ilusão de ótica!
    Diria que é uma GRANDE BATATA QUENTE nas mãos destes pseudo (vendidos) arqueólogos.
    Já imaginou se dissessem a verdade?
    Teriam que reescrever toda a história da humanidade,isto é,a história deste planeta e de como as coisas surgiram nele!
    Abração!