Físico da NASA revela projeto de ‘velocidade de dobra’ – viagem acima da velocidade da luz

Tempo de leitura: 2 min.

Graças a um físico da NASA, a noção de ‘velocidade de dobra’ poderá sair da ficção científica e adentrar o mundo real.

Harold White tem trabalhado desde 2010 para desenvolver um motor de velocidade de dobra, o qual permitirá à uma espaçonave viajar em velocidades mais rápidas do que a da luz, que é de aproximadamente 300.000 quilômetros por segundo.

White, que lidera a Equipe de Propulsão Avançada da NASA, falou sobre sua nave estelar conceito numa conferência há alguns meses.  Mas o interesse em seu projeto alcançou um novo nível na semana passada, quando ele revelou imagens de como uma nave poderia ser.

Criadas pelo artista Mark Rademaker, que se baseou nos projetos de White, as imagens mostram uma espaçonave tecnologicamente detalhada, a qual encaixaria perfeitamente num filme da série ‘Jornada nas Estrelas’ (Star Trek).  Rademaker diz que levou mais de 1.600 horas para criar as ilustrações.

Por agora, a velocidade de dobre é somente possível em filmes e programas de TV.  White batizou a espaçonave conceito de ISX Enterprise, em homenagem a famosa nave comandada pelo Capitão James T. Kirk da série de TV e filmes ‘Jornada nas Estrelas’.

Na Conferência Espacial SpaceView 2013, que ocorreu em novembro passado na cidade de Fênix, estado do Arizona – EUA, White falou a respeito de seu projeto, dos conceitos por detrás dele e do progresso que tem sido feito no desenvolvimento da velocidade de dobra por sobre as décadas.  Ele discutiu a ideia de uma ‘dobra espacial’, que é uma brecha na teoria da relatividade geral, que permitiria a viagem por vastas distância de forma muito rápida, reduzindo assim o tempo de viagem, de milhares de anos para somente dias.

Em sua palestra, White descreveu as dobras espaciais, assim como galáxias longínquas podem dobrar a luz ao seus arredores.  Elas funcionam no princípio de se dobrar o espaço, tanto na frente, como atrás da espaçonave.  Isto essencialmente iria permitir que o espaço vazio atrás da nave se expandisse, tanto empurrando quanto puxando-a ao mesmo tempo.  O conceito é similar ao de uma escada rolante ou de uma esteira rolante.

Não há limite de velocidade na expansão e contração do espaço“, disse White na conferência. “Na verdade você pode encontrar uma forma de contornar o que eu gosto de chamar de 11º mandamento: Não excederás a velocidade da luz.

Foi a ideia das dobras espaciais que inspirou o físico Miguel Alcubierre em 1994 a teorizar pela primeira vez um modelo matemático de motor de dobra, que seria capaz de dobrar o espaço e o tempo.  Enquanto estudava as equações de Alcubierre, White decidiu projetar sua própria versão remodelada do Motor de Alcubierre.  Seu projeto recentemente desvendado possui muito menos espaço vazio do que o primeiro modelo conceito, aumentando assim a sua eficiência.

O motor de dobra que a equipe de White tem trabalhado iria literalmente transcender o espaço, encurtando a distância entre dois pontos e permitindo que uma nave quebre a velocidade da luz. Esta seria uma espaçonave sem limite de velocidade.

Devido ao fato da viagem ao espaço ser extremamente limitada por causa dos meios de propulsão existentes, tal tecnologia poderia abrir as possibilidades da exploração espacial.  Ela poderia permitir o estudo das regiões mais longínquas do espaço, as quais hoje os cientistas consideram inimagináveis.

Embora a tecnologia para criar a espaçonave, ou o motor de dobra, ainda não exista, as renderizações artísticas que Rademaker criou poderiam potencialmente ser um modelo do que está por vir – a primeira espaçonave a quebrar a barreira da velocidade da luz e ir além do nosso sistema solar.

White diz que este projeto foi desenhado a partir dos esboços da Enterprise da ‘Jornada nas Estrelas’, feitos por Matthew Jeffries em 1965, e que partes daquela espaçonave estavam matematicamente corretas.  Ele trabalhou com Rademaker e o desenhista gráfico Mike Okuda para atualizar a matemática e produzir o que ele acredita ser uma espaçonave viável.

De acordo com a NASA, não há nenhuma prova de que um motor de dobra possa existir, mas a agência está fazendo experimentos mesmo assim.  Embora o conceito não viole as leis da física, isso não garante que ele irá funcionar.

Estamos começando a falar sobre onde o próximo capítulo da exploração humana do espaço será“, disse White na SpaceVision.

n3m3

Fonte: cnn.com

Colaboração: Pepe Rey, Orochi, Josemir Fortunato, Allan Mont’mor

astronomiaEnterpriseexploração espacialJornada nas EstrelasNASAOVNI HojeStar Treckvelocidade de dobra
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (37)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • vishmash

    falar é facil quero ver botar em pratica

  • Márcio Jds Ventura

    rsrs…mais 15 anos dobraram em 10 a mesma velocidade,isso se existir meio ambiente,rsrs…Parabéns!

  • SilmarRS

    Desenhar é facil quero ver criar formulas fisicas e aplica-las no mundo real, com implicações mecanicas e tecnologicas .Isto sim seria considerado tecnologia extraterrestre, só que nós seriamos os extraterrestres se conseguissemos chegar a lugares longiquos com ela.

  • Alexandre Gomide

    E=mc2,não conseguiram com um protom no colisor de hádrons, a velocidade de dobra é impossivel para materia, sou mais o buraco minhoca.

  • Velho Ray

    Se duendes não existem, por que então se preocupar com o assunto não é? NASA, NASA, NASA.

  • Etevaldo

    Essa tecnologia ainda não está disponível para nós, habitantes deste ‘planeta/prisão/hospício’. Não temos consciência suficiente para lidar com isso.  Acho que foi oRari Zaar quem falou isso.

  • fernandogoias81

    Muito frisson nesse tal de motor de dobra! Não se empolguem com essa história. É só esperar: daqui a pouco surge algum estudo dizendo que “os efeitos causados pela viagem matariam qualquer um que o tentasse”… Falando nisso, a pouco tempo saiu um estudo afirmando que as temperaturas atingidas no interior da bolha espacial seriam comparáveis ao núcleo de um estrela. Parece que tal contratempo foi resolvido, vez que ninguém mais menciona isto e agora é só confete. A ciência é assim mesmo: propaganda e balde de água fria…

  • henriique

    para o público ainda vai acontecer e tal mais isso ja existe aki nesse planeta por forças militares secretas ….Área 51 e tall

  • Spock \//_

    Não consigo “me livrar” desse parágrafo. Rs”White diz que este projeto foi desenhado a partir dos esboços da Enterprise
    da ‘Jornada nas Estrelas’, feitos por Matthew Jeffries em 1965, e que
    partes daquela espaçonave estavam matematicamente corretas.  Ele
    trabalhou com Rademaker e o desenhista gráfico Mike Okuda para atualizar
    a matemática e produzir o que ele acredita ser uma espaçonave viável.”Saudações \//_

  • The Borg

    É aquele esquema né: a tecnologia já existe há tempos e agora vão liberando aos poucos para poder usar livremente, como se estivessem fazendo só agora.

  • Samsara

    Onde há fumaça há fogo…
    De qualquer forma, mesmo a tecnologia não sendo viável nas próximas décadas/gerações, é fascinante pensarmos que, com tão pouco tempo de desenvolvimento tecnológico, a nossa raça já esteja vislumbrando esta tecnologia de propulsão.
    Este é o tipo de notícia que me faz ter certeza de que estamos sendo visitados. Não faríamos a mesma coisa se já dominássemos esta tecnologia?

  • eduvale

    Parece que a NASA é a primeira a jogar cal no projeto.ESTRANHO

  • nilton monteiro lopes

    BOM DIA,BEM POR que os cientista não usam o mesmo principio do concord que funcionava automaticamente em velocidade de dobra a tempos e não se falava nisso nem na jornada estrelas o filme,um abraço a todos fui….i………………………..

  • Leo Braga

    Os sonhos formam a base da realidade.

  • 666Dark

    A preocupação da NASA agora é se não haverá perigo de se embrulhar nas dobras!  Nóis merece…

  • walter loo

    ….Tudo é logicamente e cientificamente possível desde que seja disponível tempo e muito
    dinheiro, além do mais há pedras no caminho a ser transpostas como a radiação, buracos
    negros, asteroides, e avançadíssima tecnologia como suporte para tal!!! É bem complexo
    o caminho que leva a realização de um projeto desta magnitude!!!

    Abraços fraternos!!!

  • Alex Cosmos

    No dia 12 de abril de 1961 concretizou-se um dos grandes sonhos do Homem, a primeira viagem espacial. O cosmonautaYuri Alexeyevich Gagarin ficou para a posteridade como o primeiro homem a entrar no espaço, completando a órbitaterrestre em 1h48m, dentro da nave espacial russa Vostok 1.Para esta viagem espacial, Yuri Gagarin foi obrigadorealizar uma completa preparação psicológica e tecnológica, para que, no final do voo, o astronauta se lembrasse de pormenores importantes para o avanço da corrida ao espaço e decisivos para futuras viagens espaciais, isto tudo depois de ter passado por situações de grande tensão e dureza.

    Agora imagine uma viagem na dobra espacial ! será que o ser humano tem capacidade mental para suportar uma viagem assim ?
    Será que por mais preparado que for o Cosmonauta vai suportar ver imagens que o cérebro humano jamais imaginou ? 

    Essa é a pergunta a meus amigos do Blog !!!!

  • julio00boy

    já existe experimentos quânticos para este tipo de tecnologia, agora é questão de tempo para virar realidade na pratica.

  • OROCHI

    Algo a mais tem nesse projeto aquele segredinho só dos criadores 😉

  • Nathankiss

    Alex Cosmos  Boa tarde, por enquanto é só teoria, mas a ficção já está nos preparando pra essas imagens, o seriado cosmos, jornadas nas estrelas, pena que talvez nós não contemplaremos essas viagens!

  • LuaPequena

    Boa noite O.H.!
    E olha o conta gotas !
    Isso é pra começar a acostumar o povo à ideia de que,de repente,quem sabe ,possa ser possível a tal “DOBRA”!
    Até que um  belo dia ……………………..Alakasan! 
    Surge a tecnologia necessária para se conseguir ultrapassar a velocidade da luz!
    Simples assim!
    Porque,provavelmente,esta tecnologia já existe a muito e deve estar trancafiada a sete chaves!
    Mas um dia……………………AH,um dia!
    Ela surgirá!
    Abraços!

  • LuaPequena

    The Borg Boa noite The Borg!
    Amigo(a) disse isso em meu comentário!
    Desculpe,não havia lido o seu!
    Concordo com você em gênero,número e grau!
    Abraços!

  • LuaPequena

    Spock \//_ Boa noite Sr.Spock!
    “Há mais coisas entre o céu e a Terra”do que pode supor a nossa vã filosofia!”
    MISTÉRIOS!!!!!!!!!!!!!!
    Grande abraço!

  • UFO OVNI ETS

    LOOK

  • LuaPequena

    GeraldoMagelaLobo LuaPequena Boa noite Geraldo!
    Você quer dizer que talvez já tenham desdobrado a “DOBRA!”?
    Mas como?
    Abração!

  • Alex Cosmos

    LuaPequena OI Lua ! Espero que eu possa estar vivo para ver alguma destas teorias se tornarem realidade e você pensa assim também ? abraços….

  • lucville

    Teorizaram um modo de quebrar a teoria da relatividade de Einstein, mas como parar algo que está acima da velocidade da luz? Poderão quebrar o obstaculo chamado inercia?

  • vandretrevisan

    lucville Não quebra a teoria da relatividade, ele “contorna” ela. Vc irá parar o objeto de mesma forma, distorcendo o espaço ao redor da nave.

  • vandretrevisan

    vishmash Daqui a uns 100 anos, se tivermos muita sorte. Mas… este processo é natural… primeiro vc vai teorizando, estudando, … depois de muito tempo a ideia ressurge, e vai sendo possível colocar em prática (se for!)… enfim… realmente, colocar em prática vai demorar.

  • lucville

    Isso, você usou o termo correto, contorna.

  • LuaPequena

    Alex Cosmos LuaPequena Boa noite Alex!
    Eu também!
    Eu também!
    Tomara que dê tempo pra que nós possamos VER todas essas ‘TEORIAS”postas em prática!
    Abração!

  • GhostFile

    Ainda não temos a tecnologia da velocidade da luz, e ainda assim, me aparece esta teoria de “quebra da velocidade da luz”?

  • Garam

    LuaPequena Penso da mesmo forma, vou além até, isso deve estar em pleno funcionamento. Fato é que pilotos como John Lear afirmam que desde 1961 o homem fazia vigjens a lua em 1h e 30 min e que marte era só uma questão de algumas horinhas a mais.. De quando é mesmo a série de jornada nas estrelas?? anos 70 né, quem criou tinha uma imaginação incrível pra aquela época… e um punhado generoso de conhecimento científico.. Parece que a vida imita a arte e não o contrário.

    Saudações!

  • Hannah_Cat

    A única velocidade que sei haver em nossa tecnologia é: para se ir (ou chegar) com velocidade o preço é “X”.  Mas se quiser uma viagem mais rápida, então o preço dobra.  Daí finalmente chegamos à “velocidade de dobra” Dããã!  Rsrsrs

  • FernandoFernandes2

    Pode ocorrer  uma Velocidade  da  luz  somente neste dobrinha mencionada  quem  não tenho  a mínima  Ideia .
    Quanto a velocidade da luz como a mesma propaga é conversa  pra boi dormi ,,,

  • LeonardoBoff

    GhostFile Não tem como chegar na velocidade da luz quanto mais quebra-la, isto por que isso exige movimentação, no entanto a Velocidade de Dobra não se aplica a nave, o Motor altera a dimensão do espaço, e tecnicamente a “nave” continua parada!

  • LeonardoBoff

    FernandoFernandes2 Meu parceiro, não ha nenhum deslocamento hipotético na viagem de dobra, o termo pode ser errado, nós não vamos superar a velocidade da luz, vai se diminuir o espaço para que a nave chegue la mais rápido! A velocidade de dobra não se aplica propriamente a nave, e sim ao espaço, no final a nave permanece parada!