Japão: Cogita-se a construção de uma anel de painéis solares ao redor da Lua para suprir energia para a Terra

Tempo de leitura: 2 min.

O terremoto e subsequente tsunami que atingiram o Japão em março de 2011, prejudicaram o país de várias formas, dentre elas pessoal, social e econômica, bem como da infraestrutura energética, com as pressões pública e internacional, causando o desligamento de quase todos os seus reatores nucleares.  Devido a este fato, os cientistas japoneses têm estado procurando por meios de criar eletricidade suficiente para ser fornecida para esse país, que é uma das forças econômicas mais importantes do planeta.

Uma empresa privada revelou um novo, e certamente diferente, método para tal.  A Shimizu Corporation, uma construtora daquele país, revelou uma proposta para a construção de uma série de painéis solares ao redor do equador lunar, a fim de coletar a energia solar e enviá-la de volta para a Terra.  O projeto intitulado LUNA RING, poderá começar a ser construído já em 2035.

Uma mudança do uso econômico de recursos limitados para o uso ilimitado de energia limpa é o maior sonho de toda a humanidade“, publicou Shimizu no seu site.  “O LUNA RING, nosso conceito de gerador de energia solar na Lua, traduz este sonho em realidade, através de idéias engenhosas, associadas aos avanços da tecnologia espacial.

Através do uso de robôs para assentar o concreto feito do solo lunar ao redor de todo o equador – 400 km de largura por 11.000 km de comprimento – a energia gerada através dos painéis solares então seria transferida por cabos de força até antenas de transmissão energética em micro ondas, as quais enviariam a eletricidade para as estações receptoras localizadas na costa do Oceano Pacífico.

Embora os custos e obstáculos ainda não terem sido comentados, isso mostra a que ponto o Japão está considerando ir para ganhar independência energética.

Veja abaixo o vídeo em japonês, com legenda em inglês, sobre a proposta da empresa japonesa:

[youtube TUL_rDeKIeU]

Fonte do vídeo: Electriclove

Se este projeto se concretizar, o que parece no momento muito difícil de ocorrer, poderemos passar a ser uma Civilização do Tipo I.

n3m3

Fonte: cleantechnica.com

Colaboração: Murillo Paiva

eletricidadeenergiaJapãoOVNI Hojepainél solar
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (34)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • DARKBIRD

    Acho difícil isso se concretizar.

    E mesmo se concretizasse,esse anel de painéis solares podem muito bem serem usados como armas.

    A energia forncedia poderia muito bem abastecer o mundo ou grande parte dele.

    Mas vocês acham que as empresas e corporações inescrupulosas de combustíveis fósseis e derivados vai gostar disso?

    É,é a realidade……………………………………

    • Sezaru

      Gostando ou não gostando, elas não vão conseguir impedir este grande projeto, qualquer tentativa de sabotar destas empresas e corporações serão levadas á justiça, pois também estão sujeitas as leis.

      Se este projeto for de grande importância pro Japão e para o mundo, terá todo o apoio do governo e não haverá empresas e corporações para impedir.

      Sei que é difícil compreender isto que eu digo, pois sei que todos brasileiros estão traumatizados com tanta corrupção.

      As empresas e corporações nada mais tem que fazer, além de aceitar a existência de um forte concorrente. A vida evolui e continuará evoluindo.

      • vulgo07

        …sim, chapeuzinho vermelho…chame os três porquinhos, que papai urso vai acordar a bela adormecida e partir para o mundo mágico de oz…

        • fran

          E, Fukushima resistirá de pé, até 2035?
          Parece que pelo andar da carruagem, infelizmente, não.
          E, se Fukushima ruir?

          A desativação de Fukushima pode levar 40 anos.

          Um relatório da Comissão de Energia Atômica do Japão, o combustível nuclear usado que está nas piscinas dos reatores 1, 2, 3 e 4 começará a ser retirado em 2 anos e será armazenado temporariamente nas próprias instalações da central.
          O combustível fundido no interior dos reatores 1, 2 e 3 será retirado em um prazo próximo a 25 anos, e então começarão os trabalhos para desmantelar as unidades, o que deve levar outros 15 anos.

          http://opiniao-e-noticia.jusbrasil.com.br/politica/8216329/desativacao-de-fukushima-pode-levar-ate-40-anos

          Até lá…….é rezar para não haver outro terremoto acima de 7.

        • Sezaru

          O mundo não é perfeito, mas não é por isso que devemos nos revoltar, pois existe muita coisa boa disponível para a maior parte da população mundial. Eu não sou rico e sou feliz.

          Quer ser perfeccionista e desprezar as coisas boas que existem e estão sendo feitas? Tudo bem, viva o pesadelo que desejar.

          Já acreditei tanto em teorias da conspiração, e percebi o quão mal fundamentadas elas são, as mais populares com Illuminati, reptilianos ou satanás, mas felizmente percebi que tudo não passava de delírios.

          Os ditos Illuminati não existem, o que existe são maçons bem legais, que aliás sou muito grato pelos serviços que eles tem feito ao mundo.

          Quer reclamar por um mundo melhor, comece reclamando da Coreia do Norte, pois o povo lá vive uma vida complicadíssima por causa de ditadores.

          É uma injustiça o que teóricos da conspiração tem feito, adoram criticar os EUA exageradamente, e esquece de quem realmente merece críticas, o foco deveria ser países como Coreia do Norte.

          Reclamar do governo, é ser condenado á morte em países como a Coreia do Norte, então, quando for reclamar da vida que tem, reclamar de governos, lembre-se sempre da Coreia do Norte.

    • Cesar Freitas

      DARKBIRD essas empressas de combustiveis fosseis tem uma saida, apoiar essa iniciativa japonesa com $$ e assim manteriam seus Status.

  • TiagoTK

    Nikolas Tesla deve estar dando cambalhota e voadora no caixão uma hora dessas(ou só risada mesmo).

    • ctemplarios

      Tesla foi o cara!

  • mago53

    Só perguntas! O q se acha dono da lua concordou? O carcereiro vai deixar alguém sair do pr…dio, p instalar a parafernália? Não é mais viável estudar um jeito de captar energia livre aqui ?

  • Alex Cosmos

    Não acredito nesse projeto ! É muita tecnologia e muito dinheiro além do grande tempo para ser concluido. Acho que eles podem até tentar mas a conclusão desse plano louco mais maravilhoso, não vai sair do papel .

    A lua voltou a ficar na moda não é !

  • mario martin

    Que ótima idéia!! perfeito….energia solar enviada de volta sendo refletida pela Lua. Aí sim deu orgulho de ser humano hein. Chega de petróleo! e que venham os Ets do lado escuro pra conversar. Aí eu quero ver.

  • mm

    Ideia digna de filmes de ficção, tinha que ser coisa de oriental mesmo porem o custo disso deve estar na casa dos milhares de milhões!!!

    Como comentado pelo usuário “mago53” será que o dono da lua irá permitir isso? Talvez tenhamos recursos e possibilidades aqui mesmo sem gastar e desenvolver um plano monstruoso para coletar energia com painéis solares instalados na lua (iria lembrar a estrela da morte versão 2.0) pega essa “Steven Spielberg” kkkkk.

    Bom eu confesso que a ideia me surpreendeu porem acho que pra dar certo terá de ser feito por mais de um pais devido o custo que deve ser altíssimo fora a mão de obra e complexidade de gerenciamento do projeto.

    Quem sabe……………..

    • ctemplarios

      Pensei em uma ação global… Seria excelente, mas duvido que saia do papel.

  • adeir

    eu acho essa ideia muito possível, o única coisa que pode evitar esse projeto somos nós mesmo seres humanos, aposto que vai ter muito peixe grande tentando sabotar esse projeto maravilhoso.

  • maurolevandoski

    O problema mesmo, se ninguém percebeu, é que eles querem o monopólio energético, é inviável cada lar ter sua fabriqueta energética utilizando alguns ímãs, bobinas, um rotor, um alternador, um conversor e um acumulador que pode ser uma simples bateria de 12v com capacidade de 150 ampéres, equipamento este, que teria uma durabilidade de pelo menos 100 anos de produção de eletricidade (tirando a bateria) para uma família de 5 pessoas. Ah, esquecí, o preço do equipamento seria em torno de 1000,00 reais. Mas é claro, ninguém vai se habilitar a um invento desse, pois seria suicidado logo, logo.

  • fran

    É lógico que iria virar um cartel energético.

    Que ninguém pense que eles pensariam no “populacho” do planeta.

    Projeto para os donos da Lua e mais alguns “VIG” (very important group).

    • ceci100peri

      Oi fran, você foi mais rápida que eu. Estava pensando justamente isso, palavra por palavra….
      abç

      • fran

        🙂

  • Dinossaurius

    Precisamos urgentemente abandonar a produção de energia produzida por usinas termo-nucleares, urgentemente.

  • Josemir

    Isso é totalmente ridículo quando pode ser feito na Terra.
    .
    Ano apos ano, os métodos e técnicas de paineis solares são renovados na eficiencia de produção de energia eletrica.
    .
    Em TODOS os continentes existem DESERTOS nos quais são possiveis construir quilometros e quilometros de paineis.

    Sem contar em plataformas marítimas que podem produzir energia de 3 modos ao mesmo tempo: … Através dos ventos, do Sol e das correntes marítmas.
    .
    Tudo isso pode implementado a partir de agora.

    Masssssssss então ???? pra que projetos que começarão a serem construidos em 2035 .. e com absoluta certeza tera um custo elevadissimo de logistica ( transporte) ??
    .
    Crise energética é meu burro fazendo caça submarina!!!

    Politicos e suas politicagens!!

  • Josemir

    Em tempo…. Com o aprimoramento e abarateamento dos telescopios “caseiros”
    .
    Esse negocio de ir “construir” na Lua ta mais pra eles terem uma resposta:

    ” construçao alienigena? nao nao, é soh um armazem …”

  • Blade_X

    Vindo da Terrinha do Godzilla, Jaspion e Changeman, o que mais poderíamos esperar ? E alias, alguém aqui, parou para pensar nos custos disso ? Creio que não, por que se ponderassem, logo chegariam à mesma conclusão que muitos outros devem ter chego –> Pura viagem do Pessoalzinho la da Terra do Sol Nascente.

  • 666Dark

    Bem, lá vamos nós!
    Acho esse projeto meio antiquado e com resultados duvidosos. porque a perda de energia na transmissão seria grande e outros problemas como o envelhecimento dos paineis e sua troca. Se eles querem fazer energia barata e muito mais prática, recomendaria colocar esses paineis solares no polo norte e no sul. Assim teriam sol o ano inteiro e a ligação seria por cabos. Para evitar as tempestades e o escurecimento da área, poderiam colocar paineis em lugares diferentes e a manutenção prática.
    Sei lá, é apenas uma idéia.

  • arcanosam

    mas sermos uma civlização tipo I nao é dominarmos primeiramente nosso planeta antes de dominarmos os astros ao nosso redor?…

    ou seja, geramos energia utilizando a própria natureza como força motriz? utilizar nossa “nave” em sua plena potencia e não só sugá-la desordenadamente como hoje?

    falo isso, mas nao li a rigor as descrições dos tipos de civilização…

    desconsiderem se falei alguma bobagem non sense

    falow

  • Júlio César

    Seria uma excelente ideia, mas antes é preciso ter a permissão de seus proprietários.
    que ainda lá estão.

  • Hannah

    Há um ditado que diz mais ou menos: “certas coisas parecem impossíveis de serem feitas até que alguém as faça.”

    Não duvido da capacidade dos japoneses mas a idéia, perante a “energia livre” já conhecida por tantos, quanto mais para os engenheiros que entendem tão bem disto e seria/são capazes de providenciá-la, que acabo achando este projeto muito complexo, difícil de ser realizado. Parece-me mais uma utopia do que ser realmente levado adiante, justo devido à sua complexidade e custo! o.O

  • NUKUDHUM

    Plágio…O Ultraman ha muito tempo já retira sua energia do sol…
    No meu não…

  • PAULINHO

    Um bloco de concreto com 400 km de largura por 11.000 km de comprimento, digamos que tenha uma espessura média de 1 metro, ou seja 4.400.000m³ de concreto, isto equivale a aproximadamente 367.000 caçambas truque com capacidade para 12m³, haja cimento!!! E que tipo de energia irá mover a betoneira para misturar a massa? Olha,para quem conhece um mínimo de construção civil uma obra destas aqui na terra é fichinha, mas em um lugar sem gravidade acho que é impossível!!! O que vocês acham meus amigos?
    Alguns anos atrás saiu na capa da revista Superienteressante, que os Japoneses tinham um projeto de um prédio com 5km de altura que seria construído dentro do mar, na época falei a mesma coisa, que seria impossível, isto faz mais de 25 anos, fui taxado de retrógrado por meus amigos e agora vem os Japoneses novamente com essa obra mirabolante, isto nem daqui a 200 anos não teremos tecnologia terraquia para um absurdo destes!

    • ctemplarios

      É mas eles fizeram uma ilha de lixo e dai fizeram um aeroporto…

      Esse projeto de certo não sairá do papel, pois quem seria o dono da lua?
      Apenas se fosse para uso Global… Mas como disseram, criariam apenas com o intuito de enriquecer certos grupos… Muitas querelas para tal coisa sair do papel…

  • SENAM

    Se vcs não aceitarem “eles podem fritar vcs com microondas” tudo para manter o “corporativismo” e não liberar a energia livre, $$$$$$$$$$$$ AAFFFFF!!

  • Akiri

    Olá pessoal!

    Faz muito tempo que acompanho o blog (pra lá do layout antigo ainda), mas somente hj resolvi me cadastrar para compartilhar de minhas opiniões aqui.

    Sobre a notícia em si, devo concordar com Sezaru. A realidade japonesa é totalmente diferente da nossa. Estamos acostumados com o governo fazendo tudo de errado, mas lá é diferente.

    Pelo pouco que li do assunto, o Japão “já” estarem investindo em energias alternativas, porém a limitação geográfica é limitante em muitos aspectos.

    Quanto a questão tecnológica, acho perfeitamente possível -ainda que cara- a execução do projeto. As dificuldades hoje em dia se restringem mais nas áreas financeiras e políticas. Lembremo-nos que a Mars One está aí, SpaceX, China e ìndia se aventurando no espaço e todas com data anteriores a da possível execução desse projeto. Certamente, caso a missão da Mars One se mostre efetiva, mais a evolução tecnológica decorrente desses 20 anos (daqui até 2035) torna mais plausível ainda o projeto.

    O desfecho final das aventuras nipônicas no espaço, na realidade, depende de muitas e muitas variáveis, mas não é inválida.

    Um forte abraço a todos 🙂

  • markory

    Sezaru, vc tem razão.
    com certeza haverá muitas resistências como outros já sabem, mas a exemplo de Rockfeler la no início do século XIX (exibido no documentário “gigantes da indústria”), que não queria que a eletricidade vingasse, já que ele monopolizava a iluminação dos lares e industrias americanas com querosene (que era o principal produto do petroleo – o resto praticamente jogavam fora), e era dono de 97% do petróleo americano, e nem assim,–> conseguiu evitar a expansão do uso da eletricidade.