Oceanos extraterrestres podem abrigar a vida

Tempo de leitura: 4 min.
Representação artística da superfície de Europa, uma das luas de Júpiter (ao fundo).

A NASA programou toda a sua esquadrilha de sondas espaciais e frotas de jipes sonda que foram enviados até Marte para encontrarem a água.  Onde há água, pode haver vida, a qual precisa de um solvente como a água para montar suas complexas macromoléculas necessárias para sistemas vivos.

Marte está coberto de evidências geológicas de que uma vez foi um planeta úmido.  Contudo hoje já não é.  Uma das descobertas mais empolgantes até hoje, feita pelos geólogos que trabalham com o jipe sonda Curiosity, foi a de um antigo leito de um riacho, onde a água uma vez fluía há bilhões de anos.

A ironia é que se você viajar algumas centenas de milhões de quilômetros além da órbita de Marte você cruza a linha gelada do sistema solar; a fronteira além, onde há água suficiente preservada desde a época do nascimento dos planetas.

Pelo menos seis luas possuem oceanos em suas subsuperfícies, que poderiam potencialmente abrigar confortavelmente a vida: Europa, Ganimedes, Calisto, Tritão, Encélado e Titã.  Cada um delas pode ter tanta, ou até mais água do que os oceanos da Terra.  Na verdade, comparativamente, a Terra é um mundo seco.

A idéia de uma zona estelar habitável, onde a água possa permanecer estável na superfície de um planeta, foi cientificamente explicada e difundida por Michael Harte, no final da década de 70.  Já que tal zona é equivalente à uma pequena fatia da área do sistema solar, Hart usou seu amplamente citado documento de pesquisa para dar apoio à Hipótese da Terra Rara, a qual defende que a vida complexa seria difícil de replicar no cosmos.

Hoje, o conceito de uma zona habitável é ultrapassado, diz Ken Hand do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA. “O cenário dos ‘cachos de ouro’ é desatualizado.  Há novas formas de mediar a habitalidade, por intermédio de interações de maré“.

Este novo paradigma é ainda mais apoiado pela percepção emergente de que há uma tremenda diversidade de vida na Terra em condições extremas.  Na verdade, os assim chamados ‘extremófilos’ foram provavelmente os primeiros habitantes da Terra — e serão os últimos sobreviventes daqui 1 bilhão de anos.

O ato de encontrar amostras de vida em oceanos extraterrestres é uma tarefa gigantesca.  Ela requer a perfuração de quilômetros de uma grossa crosta de gelo.  Mas na verdade isso seria menos complicado que enviar uma plataforma industrial de perfuração e uma equipe de astronautas até Marte, a fim de penetrar a superfície até encontrar aquíferos subterrâneos.

Ainda mais importante, encontrar vida em um oceano da Europa (lua de Júpiter), inequivocamente provaria que um ‘Genesis II’ ocorreu em nosso sistema solar.  E isto significaria que a vida é um inevitável efeito colateral de um universo em evolução.

Embaixo da crosta de gelo de Europa e outras luas do sistema solar, há um oceano líquido.

A evolução convergente prediz que o universo toma como padrão o mesmo modelo molecular para a vida, irrelevantemente das condições iniciais e das limitações biológicas.  Sem dúvida, os criacionistas abraçariam tais notícias como evidência de um projeto inteligente.

E por que a descoberta de micróbios em Marte não nos levaria até a mesma solução?  O problema é que se descobríssemos que os marcianos usam DNA e RNA, seria tentador pensar que eles sejam realmente nossos primos.  O sistema solar antigo pode ter visto a transfertilização planetária, por intermédio de micróbios ‘pegando carona’ em meteoritos entre a Terra e Marte.  Ou, menos provavelmente, Marte pode ter sido contaminado por uma espaçonave da Terra que foi mal esterilizada.

Mas este não seria o caso com outros oceano na parte externa de nosso sistema solar, os quais têm sido encapsulados por bilhões de anos.

Encélado, uma das luas de Saturno, é um dos lugares mais promissores para ir atrás de micróbios, embora ele fique a 1,6 bilhões de quilômetros daqui.  O oceano de Encélado é muito evidente, diz Hand.  Jatos parecidos com géiseres que ejetam daquela lua através de rachaduras contêm água e material orgânico.  A lua é aquecida pelas forças gravitacionais de Júpiter e isto tem remexido o oceano por bilhões de anos.

Na metade da distância de Encélado, Europa, lua de Júpiter, parece ser um destino melhor para a caça astrobiológica.  Europa possui duas ou três vezes mais água do que a Terra.  Enquanto os oceanos da Terra possuem uma profundidade média de alguns quilômetros, os oceanos de Europa são pelo menos dez vezes mais profundos.

O projeto Jupiter Icy Moons Explorer (JUICE), daAgência Espacial Européia (ESA), fará um tour dos três mundos molhados, Europa, Ganimedes e Calisto, iniciando em 2030.  Olhando além de 2030, o plano é de descer em Europa e empregar uma sonda ‘criobótica’ de aquecimento nuclear para derreter o seu caminho através de uma porção fina da crosta de gelo.  Finalmente, amostras do oceano desta lua seriam enviadas para a Terra para um estudo em um laboratório de biocontaminação de classe 5.

A esterilização não seria um problema, pois a sonda seria irradiada no cinturão de radiação efervescente de Júpiter.  O peróxido de hidrogênio daquela lua esterilizaria ainda mais a sonda à medida que ela cavaria através do gelo.

Porém, a sonda e perfuradora para Europa apresenta vários desafios de engenharia e, sem dúvida, seria muito cara.  Uma missão mais barata proposta, chamada de Live Investigation for Enceladus (LIFE), seria uma descendente da missão Stardust, que capturou grãos de poeira do cometa Wild-2 durante uma revoada próxima a este corpo celeste.  A espaçonave Stardust da NASA, de US$ 200 milhões, capturou os grãos em um disco de aerogel.  O LIFE seria usado em um método similar para agregar amostras dos jatos de géiseres de Encélado (mostrados abaixo), e então retornaria à Terra.

Nosso sistema solar é tão rico e variado em mundos com oceanos, que encontrar o ‘Gênesis II’ é provavelmente mais uma questão de ‘quando’ e não de ‘se’.

Tradução: n3m3

—–

Aproveitando o tema, veja abaixo o trailer para o filme de ficção científica, Europa, que chegará as cinemas em 2013:

Fonte do vídeo: FilmFestivalVideos

n3m3

Fonte: news.discovery.com

 

EncéladoEuropaGanimedesJúpiterMarteSaturnoTitãTritãovida extraterrestre
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (57)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • EP

    Eu não acredito muito nisso não. É uma teoria interessante, mas água em quantidade maior do que na Terra, e ainda em baixo do solo dessas luas? Pra mim cheira a teoria de cientista louco.

    • Luiz Rasiel

      Não é embaixo do solo amigo, é embaixo da camada de gelo, a camada mais externa fica muito longe da superfície da lua e acabam congelando, e essa superfície que é cheia de vulcões e mantem a água mais próxima do solo, em estado líquido.

  • eder

    muito bom … a vida no universo deve ser abundante , irracional é achar que somos uma rara anomalia , pior ainda é achar que somos o centro do universo … excelente reportagem , curti mesmo 😀

    • End

      Não quero entrar em discussão não, mas achar que a vida foi criada através de explosões planetárias e gerada apenas com hélio e carbono também não é muito inteligente… 🙂

      • _MiChAeL_

        Alguém aí tbm não gostou da versão mobile do site? Eu sempre entro pelo celular e gostava mais quando abria no formato html.

        • n3m3

          Michael, vá até o final da página em seu celular e clique na última linha que diz ‘Switch to our desktop site’ e você mudará para a versão normal.

  • fabricio1233

    filme europa – tenho certeza que sera assim,deixo para voces o resumo completo do filme!

    começo – pelo jeito vai ser o melhor filme que eu assisto até hoje
    meio – humanos combate algum tipo de alien e a novela das 8 parece ser mais excitante
    fim – os humanos vencem e eu falo “nunca mais assisto filme de ficção

    depois da minha experiencia com prometheus e battleship, os americanos estão muito proximos de alcançar o sucesso de nossas novelas brasileiras!

    • mauro

      Verdade verdadeira. kkkkkkkkkkkk

    • Bruno Campos

      Verdade amigo. Me decepcionei muito com Prometheus. Poderia ter sido muito melhor, ainda mais sendo um filme de um grande diretor Ridley Scott.

      • PALADINO

        Acho que o grande erro do Ridley Scott, foi na definição dos personagens. Ao contrário de Blade Runner e Alien, que se tornaram clássicos.
        Quanto a história, essa foi só um aperitivo. Acredito que a continuação deva ser melhor e deve responder as perguntas que ficaram em aberto. Por exemplo, porque fomos criados e o criador quis acabar com a criatura.

        • Luiz Rasiel

          E porque aquele parrudo se suicidou no começo do filme, até agoa não entendi?!?!

  • Zafar

    O negócio é mudar pra Europa mesmo.

    • Marcelino S. de Melo

      Existem relatos de vários contatos com uma nave inclusive com aterrisagem e um contato de 3° grau , pesquisados pelo General do exército Alfredo Moaycir de Mendonça Uchôa um dos maiores ufólogos do Brasil no famoso caso Alexânia com várias testemunhas e fotos. Se a memoria não me falha os seres da nave afirmaram que vinha de uma colônia conheidas por nós por Ganimedes, da qual achavamos que era apenas um satélite de Júpiter. Muito interessante por que é um caso documentado. Mas o UFO, que neste caso com a aterrisagem deixou de ser UFO e passa a ser NAVE mesmo, uma vez que deixou de ser não identificado para muito identificado. Os seres se apresentaraM, como sendo de uma colônia existente em Ganimedes. O ser que se comunicou na aterrisagem era capaz de sorrir e parece-me que eles acham muito curioso para não dizer ridículo, o fato de acharmos que os demais planetas e luas do nosso Sistema Solar são estéreis. Vale a pena pesquisar este caso.
      http://www.fenomenum.com.br/ufo/casos/1960/alexania.htm decontatos

      • Magno

        Marcelino, temos duas opções: Ou acreditamos nos relatos (ou pelo menos parte deles) deixados no livro de Dino Krápedon, ou descartamos também essa matéria do Fenomenum.com, visto que o livro foi escritos a pouco mais de dez anos antes e já citava exatamente isso, inclusive dizendo que os supostos ETs teriam dito que eles procediam de Io e Ganimedes. Como também cita a preocupação deles com o nosso desenvolvimento nuclear.
        Bom, não vou escrever o livro completo aqui, quem se interessar, procure em pdf pelo scribd.com.

        • Marcelino S. de Melo

          Estou lendo o livro Magno, E INTERESSANTE, vou me concentrar na obra e esquecer o autor: Quanto a Uchôa.
          Agora o General Uchôa não fez um relato individual sem provas, ele documentadas com uma equipe enorme de observadores testemunha ocular do fatos, bem diferente de Dino, de que modo ele documentou seus encontros com o comandante??? O livro tem umas afirmações científicas que estranhas que a meu ver carecem de validação, como por exemplo não existe luz no vácuo, os discos se movem por diferença de pressão atmosférica gerando-se vácuo num determinada direção a partir de raios catódicos?? Existe diferença de pressão no espaço??? Algum cientista ou físico já analisou a obra???? Ela subverte os conhecimentos científicos atuais não??? Afirma que Einstein errou em suas observações????

          • Magno

            Marcelino, você não entendeu o que eu quis dizer.
            No meu entendimento, se o livro é pelo menos dez anos anterior ao relato do general Uchôa e diz a mesma coisa que ele, só podemos chegar a duas conclusões. Ou o relato (ou parte dele) do livro é verídico, ou alguém se baseou nele, pois ambos dizem a mesma coisa em relação a procedência e preocupação dos ETs. Entendeu?
            Concordo com o que você diz sobre algumas incoerências em relação as citações científicas, mas tem algumas que são bastante coerente, como por exemplo:
            Ele diz que o sol não aquece a terra com o seu “calor”, mas aquece com a sua luz reagindo química e fisicamente com a nossa atmosfera.
            Com certeza isso soaria muito estranho em 1957, mas hoje já é bastante aceito.
            Algumas perguntas que você faz, deixa indício que não está entendo ele direito. vou tentar respondê-las na sequência.
            – Como disse antes: Apesar dele “explicar” como criar vácuo a partir de raios catódicos, fica complicado pôr isso em prática.
            – Ele não fala em diferença de pressão no espaço. Fala que se movimentam utilizando a atmosfera com impulsor e como não existe resistência no vácuo, a sua velocidade de saída é a mesma de chega, assim também, como utilizam os campos magnéticos, tanto para mudança de direção, frenagem e impulso.
            – Segundo ele, a Academia de Ciências Russa, utilizava esse livro para que os acadêmicos tirassem proveito em suas pesquisas.
            – Sim! contradiz com alguns conhecimentos atuais.
            – Correto! Mas algumas teorias de Einstein, estão sendo colocadas em cheque por alguns físicos hoje.
            Vou parar por aqui, pois apesar de ter muito mais a esclarecer, este comentário está ficando longo.
            Abs.

            • Marcelino S. de Melo

              Entendi no caso Alexânia se a minha memória não estiver falha, se não estiver confundindo os casos, aconteceu algo inédito dento da Ufologia brasileira, dentre as pessoas presentes que observaram o ovni havia uma médium espírita que exercitava a psicografia, no meio da observação do ovni quando o objeto baixou e se aproximou da sede da Fazenda, ela começou a sentir fortes impulsos no braço para escrever. Uchôa que era também um grande pesquisador do fenômenos espíritas antes de se interessar por Ufologia, como é o meu caso pessoal, quando foi informado pela moça do efeito em seu braço, com agilidade menta, pediu bastante papel e lápis para a moça pois percebeu que o impulso era causado provavelmente pelo objeto luminoso que avistavam, e não deu outra. Mal a moça pegou o papel e começou a escrever uma mensagem de saudações. A partir daí, iniciou-se um diálogo fabuloso, com o ovni, por meio da Psicografia em tempo real, inclusive Uchôa pediu que o objeto piscasse algumas vezes para ter certeza de que eram eles que ditavam as respostas por meio da moça, e o objetou obedeceu piscando na sequência, isso com várias pessoas acompanhando o evento. Foi nesse diálogo improvisado com o Ufo no céu e as pessoas no terreiro da fazenda observando que as informações foram passadas por eles algo inédito.

              • Magno

                Essa questão de escrever uma mensagem alienígena psicografada, lembra também a história do Sr Wilson da cidade de Limeira.

                • Marcelino S. de Melo

                  Uchôa encheu aquela fazendo de sensitivos após o contato mas o fenômenos de aparições de ovnis erma reais forma vistos por muita gente e fotografados vi apenas algumas fotografias, em preto e branco, não sei se Uchôa conheceu Dino Kraspedon mas os casos são independentes, pode ser que seja o mesm grupo de seres de Dino vala lembrar que 1967-1968 foram anos muito complicados, talvez Dino estivesse impossibilitado de renovar seus contatos e ‘eles” buscaram outros.

                  • Magno

                    Marcelino, na ciência utilizamos o famoso duplo-cego para poder validar uma informação, por isso disse que, ou pelo menos parte dos relatos de Dino estão correto, ou descartamos também os de Uchôa, pois aparentemente não há nenhuma ligação de um caso com o outro. Como no caso de Dino não se tem nenhuma prova do seu contato, mas foi escrito a mais de dez anos antes, o que validaria essa experiência, seria exatamente a comprovação do caso Uchôa.
                    Nessa linha, também temos os relatos do Sr. Wilson sobre psicografia com ETs, isso já deixa a possibilidade do caso dele (Wilson) ter alguma veracidade, visto que é da mesma década, mas de local diferente do de Uchôa.
                    Abs.

                    • Marcelino S. de Melo

                      No começo do livro Contatos Com os Discos Voadores Dino kraspedon faz uma referência que me faz crer sem dúvidas que Dino Kraspedon conhecia e/ou era amigo pessoal do Gal. Uchôa, veja:
                      “Não obstante o nosso deliberado mutismo, fomos, certa vez,convidados a tomar parte numa reunião, na residência de um general do nosso exército, onde um moço iria relatar uma estranha viagem que teria feito a um planeta distante, proporcionada pelos tripulantes de um disco voador.Querendo ser solidários ao rapaz e querendo deixá-lo mais à vontade,relatamos alguma coisa do que conosco havia acontecido, e eis que quando demos acordo já todos estavam interessados em conhecer o resto. Contamos parte dos fatos e guardamos reserva sobre outra, que julgamos não ser construtivo revelar”
                      Dino Kraspedon.
                      Seria o tal general o Gal. Uchôa??? Acho que sim, portanto Uchôa conhecia a obra de Dino.Isso quer dizer que Uchôa plagiou Dino??? Nãoooooooo Era um homem sério e os fenômenos de contato foram observados de fato na fazenda. Isso favorece a veracidade de Dino, pois tenho uma tese: Uma vez que os seres de Ganimedes quisessem renovar o contato com outros seres humanos além de Dino, a pessoa mais preparada que havia, naquele momento era o Gal. Uchôa, até porque conhecia a obra de Dino.
                      Os dois casos com diferença de mais dez anos se conectam .
                      Parece-me que você tinha razão, a obra de Dino é justificada pelos fatos.
                      Mas tá difícil de entendê-la os conceitos apresentados desafiam nossos paradigmas.
                      Feliz Ano Novo Magno.

                    • Magno

                      Excelente raciocínio Marcelino, deixei passar isso despercebido.
                      Na questão da reunião na casa de um Gal. do exercito, Osvaldo Pedrosa cita na sua entrevista que, quando ele estava detido pelos militares, a situação só começou a melhorar para o seu lado, quando ele disse que tinha um irmão que era general do exército. Provavelmente esse irmão e o Gal. Uchôa sejam a mesma pessoa.
                      Abs. Um feliz ano novo pra você também.
                      Ps. Vamos mudar esse debate pra outra página, o espaço aqui já está ficando muito reduzido.

  • joseafonsoazevedo

    Poxa que texto comprido! Poderia ter resumido isso aí! Afinal de contas todos nós já sabemos desse lero lero.

    • n3m3

      Pois é caro leitor.

      Imagine então que chato foi para mim, ter que traduzir todo este longo texto, corrigí-lo, formatá-lo, tentar responder pelo menos alguns dos muitos e-mails que recebo, ir à caça de artigos novos, cuidar dos problemas técnicos do blog e ainda dar atenção à minha família, pois trabalho fora e só retorno nos finais de semana e feriados.

      Realmente muito chato fazer tudo isso.

      Mas veja o lado bom do artigo: tem um filminho no final do texto que é bem curtinho e não requer leitura alguma.

      Um ótimo ano para você e toda a sua família, com muita paz, luz e energia para que possas vencer os obstáculos da vida… desde os mais pequenos.

      • Marcelino S. de Melo

        É cada opinião que aparece no blog. KKKKKKKKKKKK

        • marujo

          É fake!

      • Magno

        N3m3, acredito que você não seja de planeta, pois ter uma paciência dessa e ainda encontrar tempo pra responder essas sandices, só sendo ET. Hehe.
        Abs.

      • sapo

        Caracas!!! Essa foi a saideira N3m3 uauauauauauauaua

        Desejo-lhe um ótimo fim de ano e um Ano Novo com um pouco mais de tempo pra família.

        http://letras.mus.br/titas/48968/

        • n3m3

          Um ótimo 2013 à você Sapo e vamos todos em frente à busca a verdade, embora com alguns “pequenos” sacrifícios.

          Grande abraço,

    • Lauro

      cara respeite o trabalho dos outros se acha o texto muito grande use seu cérebro e faça o seguinte: copie todo texto e cole no google tradutor vai ter um ícone de alto falante e mande tocar em português o tradutor vai ler pra você todo o texto em voz (áudio) mas recomendo que leia, isso enriquece sua leitura.

      • vander

        kkkk boa ideia

      • sapo

        Bem lembrado! 😀

    • JorgeRDM33

      joseafonsoazevedo, contrário a sua afirmação, eu sou um dos não sabem desse lero lero, mas se vc se dispuser a trazer seu conhecimento a respeito do tema publicado, estou aqui para ler, ok?

    • van magnani

      quem come coisa mastigada ou é burro ou não é capaz de mastigar por si mesmo!

    • Orion C.

      Cara vai ler estória em quadrinho que não cansa teu cerebrinho.

    • moyses

      xaropão esse leitor.. joseafonsoazevedo

  • Peregrino

    O texto é detalhado e rico em informações para as mentes que tem sede em conhecimento. Você não é obrigado a ler nada postado aqui, mas deve fazer o favor de respeitar o trabalho do editor. Ou então faz você um resumo (se for capaz) e publica nos comentários. Saudações.

    • mauro

      É isso aí. O infeliz aí deve ter 10 anos e fica enchendo o saco do N3M3 que faz de tudo para nos levar o máximo de informações.

  • mauro

    TUDO QUE ABUNDA NÃO AFUNDA. ( coisa sem graça esse meu comentário).

  • Nilton

    Bem aqui na Terra tem tanta vida e criaturas que nem conhecemos ainda e ficam procurando mais e acreditando que nao existe,pergunto se o universo tem cerca creio q nao todos podem ir e vir a bel prazer dependendo do conhecimento e capacidade de tranpor as linhas temporais as quais existem em ambudancia.abracos.fui…………..i…….

  • ordep leicam

    o universo é muito complexo para endenter,mas o nosso sistema solar é cheio de misterio e complicado de endenter isso esta alem do alcançe humano. Deus criou os humanos simplemente para viver aqui na terra e nao fora dela e o universo nao é uma obra por acaso e sim criaçao de Deus

  • RoDrIgO

    A UNICA COISA QUE SEI QUE É IMPOSSIVEL ESTARMOS SOZINHOS…FICO IMAGINNADO SE EXISTE UM MUNDO HABITADOS POR DINOS AINDAA NOSSA BEM LOKO

  • Victor Martiny

    Muito bom n3m3, os vencedores nunca desistem e por isso você é um vencedor ao nos informar, ao nos dar um pouquinho de luz nessa imensidão do existir e da existência do ser estar. obrigado e um feliz recomeço de translação.

    • n3m3

      Muito obrigado Victor pelas palavras de apoio.

      Um ótimo 2013 para você e todos os seus.

  • armi

    Até o “bruxo”, esta vendo que o contato é inevitável.

    “Aparição de ETs (seres extraterrestres) e uma queda de um disco voador vai ser notícia do Brasil para o Mundo”, disse o bruxo mais famoso do Hemisfério.

    http://www.portogente.com.br/texto.php?cod=75420

  • fran

    “Onde há água, pode haver vida já que precisa de um solvente como a água para montar blá, blá, blá…..”

    Que mania que esses cientistas tem de afirmar que toda a vida que existe no Universo é como a vida que conhecemos na Terra!

  • RoDrIgO

    A TERRA ABRIGA UM SISTEMA DE VIDA MUITO COMPLEXO.. QUE NEM NOS HUMANOS O DESCOBRIMOS POR COMPLETO..POR ISSO NAÃO ESTAMOS PRONTOS PRA SABER DE UM SISTEMA MAIS COMPLEXO QUE O NOSSO.. NÃO ESTAMOS PRONTOS PARA VOLTAR A SER HOMENS DA CAVERNA.. PORQ EH ISSO QUE VOLTAREMOS A SER QUANDO SERRES MUITO MAIS INTELIGENTES E COMPLEXOS QUE NÓS RESOLVEREM APARECER.. COM TODO TECNOLOGIA DE ANOS DE VIDA SEREMOS SEREMOS SIMPLES ANIMAIS

  • vulgo07

    …mas achar que tudo foi “criado” num passe de mágica também não parece muita esperteza…

  • Marcelino S. de Melo

    Vão perfurar a superfície gelada pensando em buscar microorganismos? Em oceanos mais profundos e mais extensos do que os nosso oceanos?? Estima- se que esses oceanos possam ser aquecidos por atividade geológica submarina como vulcões. Ou sempre escondem suas verdadeiras expectativas do público, ou tem muito pouca imaginação, cientistas sem imaginação são limitados, já diria Thomas Edson.

  • Maneco

    O loco! Me arrepiei com as profetadas desse tal Jeitosoa ai, se a metade for certeira, vai haver algumas mudanças bem interessantes. Mais do que a queda do ufo, gostaria que a ida para o bebeléu do sarnento fosse vero.

  • Watson

    Um 2013 recheado de “descobertas” e nOVidades…..para o Neme e toda Galera do OH !!! Abraço !!!

    • n3m3

      Obrigado meu caro Watson.

      Um ótimo 2013 e grande abraço.

  • vander

    seria interessante mesmo se houvesse dinoussaros!

    • vander

      dinossauros*