Piloto de aeronave militar estadunidense fala sobre seus avistamentos de OVNIs

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 3 min.
Ouça este artigo...
A-10 Thunderbolt, similar ao do piloto em questão.

Leia este interessante relato de um piloto da Guarda Nacional dos EUA, onde ele afirma que os OVNIs são reais e que muitos outros pilotos também os têm avistado:

Os eventos que estou prestes a descrever, são todos muito reais e ocorreram múltiplas vezes no período de quatro anos.  Estas são ocorrências comuns para muitos pilotos militares da ativa e, pelo que tenho pesquisado, os avistamentos têm sido comuns para muitos pilotos militares deste a Segunda Guerra Mundial.

Primeiramente, deixe-me falar a respeito do meu histórico.  Eu tenho 38 anos e tenho estado no serviço militar desde a minha graduação na faculdade.  Eu sou um membro ativo do 122º Operações Aéreas / 163º Esquadrão de Caças da Guarda Nacional do Estado de Indiana, bem como um pequeno empresário, marido e pai de dois filhos.

Meu primeiro encontro com o que ficou conhecido como uma Indiana “Oh-ball” (abreviação para ‘bola laranja’) foi em 2007, quando estava retornando de uma missão de treinamento rotineira.  Estávamos voltando para Fort Wayne, Indiana.  Voávamos em velocidade cruzeiro a 7500 pés (2286 metros) de altitude, em uma formação de três aeronaves, quando um par de objetos passou por nós como se estivéssemos indo de ré!  Cada objeto tinha aproximadamente 10 pés de diâmetro (3 metros) e era uma perfeita esfera; eles emitiam uma luz laranja brilhante que os fazia parecer como um par de abóboras voadoras.  Eles passaram por nós e fizeram uma curva fechada para a direita, subindo à medida que se afastavam.  Em 3 segundos eles estavam a aproximadamente 1500 pés (457 metros) acima de nós e continuaram subindo até desaparecerem.  Nós pensamos em persseguí-los, mas estávamos pilotando o A-10 Thunderbolt, que é uma avião de ataque de solo e não foi feito para velocidade. Mas isso não importa, já que estávamos claramente [tecnologicamente] superados por estes dois objetos.

Este fato nos levou a comunicar com a torre, via rádio, em Fort Wayne.  Nossa mensagem foi recebida com aproximadamente 20 segundos de silêncio, antes de sermos informados para retornar à base e sermos interrogados.  Mas esta foi a única vez que fomos interrogados pelos nossos superiores a respeito de qualquer avistamento deste tipo.

Um outro avistamento memorável que tivemos foi mais recente.  Estávamos em outro vôo de treinamento rotineiro, voando por menos de meia hora em direção ao campo de prática de alvo, quando fomos avisados por um dos pilotos sobre três objetos que estavam nos seguindo a aproximadamente 800 metros atrás e um pouco mais alto.  Assim que o piloto nos avisou, aquelas três luzes nos ultrapassaram e novamente fizeram com que nossas aeronaves (que eram praticamente novas, somente tendo sido entregues há 6 semanas) parecessem como calhambeques.  Logo que nos ultrapassaram, eles subiram e basicamente fizeram um ‘loop‘ completo, aparecendo por detrás de nós em questão de segundos.  Pela próxima hora, eles nos seguiram, mesmo quando fizemos mudança em nossa rota.  Eles ficaram a aproximadamente 100 metros atrás de nós o tempo todo.  Novamente entramos em contato com a torre e fomos avisados que, contanto que eles não oferecessem ameaça alguma à nossa segurança, deveríamos continuar nossa rota.

Nós todos conversamos a respeito dos objetos que nos seguiam, mas [fazíamos isto] para acalmar nosso nervosismo.  Eventualmente isto se tornou um tipo de jogo e em um dado momento aumentamos a velocidade e os objetos responderam com uma aceleração idêntica.  Após uma hora de vôo, estávamos nos aproximando da área de treinamento e nossas mentes se voltaram novamente para nossa tarefa, mas não antes do piloto que avistou primeiramente os objetos dizer: “Desculpem rapazes, mas nós temos que trabalhar; obrigado pela companhia!”  Quando virávamos para o noroeste, os objetos começaram a subir a um ângulo muito agudo e dentro de segundos eles desapareceram.  Completamos nossa missão de treinamento e retornamos para casa sem maiores incidentes.

Estes são só dois dos mais de uma dúzia de avistamentos que eu tive desde que comecei a pilotar para a Guarda Nacional Aérea.  Irei escrever a respeito de mais avistamentos no futuro. Mas lembre-se que eu não darei detalhes que possam ser reveladores sobre a minha pessoa e meus colegas de vôo.  Eu tenho uma reputação, uma família e um negócio para considerar e para proteger.  Eu agradeço pela oportunidade de ter um fórum que me permite compartilhar estas histórias espetaculares com o resto do mundo e espero ansiosamente compartilhar mais dos meus avistamentos em um futuro próximo.

Sinceramente,

P.

O OVNI Hoje ficará de olho caso este militar publique mais de seus avistamentos.

n3m3

Fonte: ufoclearinghouse.webs.com

AvistamentosOvniHojeRelatos
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (29)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • Invasor-ufo

    sempre foi fato de que os ovnis estiveram aqui na terra e que alguns mantinham contato quase que constantemente com aviões e aeronaves de guerras, um fato foi os ovnis do tipo foo fighter em que pilotos relatavam objetos em forma de bola seguindo seus aviões, um deles foi o famoso aviões comercial concorde onde um ovni ficou metros de distancia do avião e aparentava esta analisando o novo avião, se vocês quiserem saber mais sobre os ovnis do tipo foo fighter esta abaixo o link da teoria dos ovnis foo fighter:

    http://invasor-ufo.blogspot.com/2011/10/teorias-ovnis-do-tipo-foo-fighter-parte.html

  • Jam

    Quando vejo este tipo de relato vindo de Pilotos, torna-se mais fortes as evidências para os que não acreditam ou que não querer acreditar. http://www.youtube.com/watch?v=CYw-qxkFyaY&feature=related estes relatos envolvendo Pilotos: só faz lembrar do Caso do desaparecimento do “Frederick Valentich” o Piloto Australiano que desapareceu sobre o “ESTREITO de BASS” indo para a ILHA KING, Austrália. http://www.youtube.com/watch?v=PFqjDRkk41o e o vídeo que mostrar o Audio emitindo um som desconhecido em 1:58 no link http://www.youtube.com/watch?v=HN7So4TlH2I&feature=related leia o passo a passo da conversa do piloto Com a Torre no Link http://www.ufo.com.br/artigos/ufos-provocam-desaparecimento-de-piloto-na-australia Frederick Valentich: http://www.paranormalgirl.com/wp-content/uploads/2010/01/Valentich.jpg e o local em http://www.paranormalgirl.com/wp-content/uploads/2010/01/Australiamap.png Já pensou se acontece com você? Eis a questão…

    • Jam

      Este é de um Ovni aparecendo nas telas do radar na Rússia. Pela velocidade do objeto, e comparado com a Velocidade dos Aviões no Radar não resta duvida. acho um dos vídeo mais legais registrando a presença de um ovni http://www.youtube.com/watch?v=CYFHQflnog8&feature=related

    • Josemir

      olha, praticamente todos esses links, o N3m3 já fez uma matéria =)

      • Jam

        Sim! mas relembrar é bom… como disse me faz lembrar estes casos. saudações

      • Ana

        Alguém pode me explicar: como vcs colocam essas fotos no perfil…eu não consigo! kkkkk

        • Bryan

          Ana, vá nesse site: http://pt.gravatar.com/ , registre-se e caçe a imagem que vc quer por para aparecer. Espero ter ajudado 😛 .

          • M.K.T850

            esse mesmo.to curtindo pretty tied up!!!viva o guns!

            • Bryan

              Viva! 🙂 .

  • Carlos Alexandre

    Estes objetos são ovets.

  • Betto

    foo fighter,do primeiro avistamento, já 68 anos e eles estão nos observando. E se são controlado a distância não devem estar tão loge!
    e agora só resta dizer oiii, estamos aqui….

  • Gnose

    Um povo ignorante é
    o instrumento cego d
    sua própria destruiçao.

    • Carlos Alexandre

      Claro.

  • Sarah Connor

    Pra mim são sondas de coleta de dados. Esses caras (pelo menos alguns deles) devem ser cientistas e a raça humana e seu modo de vida devem despertar muita curiosidade.

    Todas as vezes que pego um avião, fico de olho grudado na janela pra ver se vejo alguma sonda dessas, hehehe, ainda não dei sorte…

  • Fillipe Sampaio

    Quando der, Sarah, venha nos contar sua experiência! 😀

    • Sarah Connor

      Heeerr, tô tomando coragem,rsrsrs

      • Fillipe Sampaio


        UAHIUAHIUAHIAHUA
        Uai, relaxa pô. Ninguem vai deixar eles fazerem nada com você. 🙂

  • Josemir

    .
    .
    .
    tem um detalhe que me chamou a atenção.
    .
    .

    ( sim, eu gosto é dos detalhes )

    Caro N3m3, apesar de eu ter um certo conhencimento em ingles, eu nao sou fluente o suficiente pra poder entender alguns contextos e suas pegadinhas.

    Assim sendo, se o Sr ou algum leitor com tempo habil, poderia entrar no link da fonte da matéria e tentar fazer uma tradução mais proxima do contexto daquele acontecimento.

    eu fiquei muito, mas muito encucado com a frase ” Desculpem rapazes, mas nós temos que trabalhar; obrigado pela companhia!”

    em uma primeira e segunda leitura, o que eu pude interpretar era como se os OVNIS estivesse falando atravez do pilotopara os outros pilotos. 30 minutos depois eu reli a matéria e re-interpretei como a mensagem sendo transmitida do piloto para os UFOS.

    a minha duvida está pelo fato de que, na mensagem, existe uma saudaçao de despedida.

    Ora, o piloto nao ia se despedir dos demais pilotos.

    mais alguem teve esse pensamento super viagem ou foi só eu ???

    😀

    ps: vou parar de trabalhar e tirar minhas ferias atrasadas

    • etevaldo

      O piloto falou pros ovets, como que fazendo uma brincadeira..

      • Josemir

        e eles ” entenderam ” a MSG … o que fica bem estranho.

  • Carlos Wendel

    Infelizmente, não se dá nomes, ficando difícil se verificar a confiabilidade das informações.

    Quando um piloto faz um relato desses, ele tem de escolher entre por em risco sua carreira militar ou dar informações sobre si.

    Na ausência de nomes, acabo por não me permitir acreditar, afinal, qualquer um pode inventar um relato dizendo que não pode dar nomes, não é verdade?

    Isso não significa, no entanto, que eu creia que o relato seja falso, que seja mentira, apenas que devido à falta de informações, só temos duas escolhas: Crer ou descrer, minha reação é a desconfiança, a dúvida, e uma tendência à descartar aquilo que me parece texto fantasioso.

  • adotta

    Bom pelo menos neste relato nao existe nada de reptilianos.. Se vcs olharem no Youtube sobre a queda de um tucano da FAB poderão ver um objeto passando pela asa que logo após quebrou.. Eu neste caso acredito na veracidade das informações até por que este piloto de caça não é o único a relatar avistamentos.. sem contar as inúmeras histórias de avistamentos ocorridos com pilotos de aviação comercial em que eu mesmo me incluo.. eu tbem já os ví a 33.000 pes de altura.. uma sensação não muito agradável pois vc nunca sabe o que poderá acontecer num encontro desses…

  • brasil

    ACHO QUE NOSSO FOCO ESTA ERRADO…TEMOS QUE COMEÇAR A CHAMAR ESSES INTRUSOS DE COVARDES, TENHO CERTEZA QUE ELES ACOMPANHAM TUDO QUE É ESCRITO SOBRE ELES. ESTA NA HORA DO CONTADO COM OS SERES HUMANOS.