Fundador do Wikileaks, Julian Assange, é preso em Londres

Tempo de leitura: < 1 min.
Julian Assange, fundador do Wikileaks.

Foi noticiado pelo jornal eletrônico independent.co.uk ,  que o fundador do WikiLeaks, Julian Assange, foi preso por policiais da unidade de extradição da ScotlandYard.

O australiano de 39 anos de idade foi detido quando participava de uma reunião em uma delegacia de polícia no centro de Londres.

Espera-se que ele seja ouvido por um juiz distrital no tribunal da cidade de Westminster ainda hoje.

Divulgamos esta notícia aqui no OVNI Hoje, pois Julian Assange tem declarado possuir documentos a respeito de OVNIs que poderiam futuramente ser publicados no Wilileaks.

Para maiores detalhes quanto ao Wikileaks divulgar as notícias sobre OVNIs, clique aqui.

Para a notícia no site britânico da apreensão de Assange, favor clicar no link do Independent no início desta notícia.

Manteremos nossos leitores atualizados.

n3m3


FotosNotíciasWikileaks
Comentários não são disponíveis na versão AMP do site. (11)
Clique aqui para abrir versão normal do artigo e poder comentar.
  • Alan

    e o q vai acontecer agora não vão mas bota sobre os ovnis

  • n3m3

    Muito pelo contrário Alan. Agora as chances aumentaram, pois ele disse que se fosse preso iria retaliar com a liberação de arquivos sensíveis aos governos.

  • Alan

    os seguidores dele seila o pessoal que tbm é da wikiliss seila como se fala tbm vão falar né ki bom

    ainda falam não existe censura no mundo principalmente no brasil que dilma disse que nao haveria censura vamos ver pois se isso for verdade os jornais vao falar algo sobre ovnis

  • Alan

    acabaram de dizer no Globo noticia que o fundador desse site pq ele foi acusado de crimes sexuais será que é verdade isso ?????

    • n3m3

      Pode ser. Contudo, fica bem fácil para os governos que querem se livrar de alguém, acusarem falsamente.

      • Junior

        Vocês viram a acusação: a camisinha estourou e ele não quis parar, se essa moda pega as cadeias do mundo inteiro vão ficar abarrotadas, que desculpinha mais esfarrapada.

        Agora o perigo é ele ir para nos EUA, pois eles querem liberdade pos outros, com eles qualquer coisa é traição e pena de morte.

        • Alan

          o exercito americano adorou isso e eu vi agora pouca caramba que pais é esse suecia kkkk mas se o crime aconteceu na suecia pq ele foi preso na inglatera ? misterio

  • Alan

    pode ser eu vi agora no msn que o wikilikeas vai continuar vazar documentos

  • n3m3

    Uma coisa é certa: o cara incomoda muita gente.

    • Alan

      só pelo fato do coronel do exercito americano dizendo que esta feliz pela noticia concerteza é pq incomoda cá entre nós se o fato da camisinha for um pretesto concerteza "onde há fumaça há ônibus" (piada carioca)

  • Fernando Ramos

    O crime foi na Suécia, ele fugiu para Inglaterra mas, através de acordos de extradição. Ele é preso na Inglaterra e repatriado para a Suécia.

    Quanto ao facto dele ser julgado nos EUA, pode até ser, mas não pode ser condenado à morte porque ele não é cidadão Americano, logo não cometeu nenhum crime de traição.

    Só trai um país, um cidadão desse país…

    Quanto ao crime de que é acusado, a justiça Sueca tinha-lhe já retirado as acusações ou ele foi julgado inocente.

    Mas naturalmente os EUA devem ter pressionado a Suécia para reabrir o caso de modo a permitir a sua prisão.

    Jogos de poder.

    Mas acho muito sinceramente que este facto vai marcar também um ponto de viragem na história do Planeta.

    O 11 de Setembro foi um marco e este vai ser outro.

    Este está a mostrar ao Mundo a verdadeira face dos EUA. E embora os governos atingidos não deixem transparecer nada para o exterior, a verdade é que as relações com os EUA vão começar a mudar.

    Poderíamos agora dissertar sobre a consequências disso, mas não é assunto para este post.