web analytics

Os descendentes dos anjos caídos de Canaã

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 3 min.
Ouça este artigo...
Os descendentes dos anjos caídos de Canaã
Caldeirão Gundestrup representando Dagda dos Tuatha Dé Danann (150 aC) Arte dos Celtas, Museu Histórico de Berna. (Domínio público)

Anjos caídos e rebeldes, que foram expulsos do céu para a Terra, povoam as mitologias e os textos religiosos das três principais religiões abraâmicas.

No entanto, o termo “anjo caído” não aparece nas escrituras abraâmicas nem na Bíblia, embora seja comumente usado para descrever anjos que pecaram no céu e foram posteriormente lançados na Terra para praticar sua magia malévola.

Para a maioria dos cristãos, o Diabo já foi o anjo Lúcifer que desafiou a Deus e caiu em desgraça e é por isso que ele é lembrado como “anjo caído”. De acordo com o livro do historiador Lester L. Grabbe, Uma História dos Judeus e do Judaísmo no Período do Segundo Templo, na mitologia religiosa judaica durante o final do período do Segundo Templo (516 aC – 70 dC), os Filhos de Deus, conhecidos como Nefilins, eram os gigantes bíblicos considerados descendentes monstruosos de anjos caídos que procriaram com mulheres humanas.

Além disso, o Livro de Daniel 4 fala sobre seres celestiais chamados “vigilantes” que se apaixonaram por mulheres humanas.

Como o mundo foi livrado dos Nefilins

Para livrar o mundo dos problemáticos Nefilins, Deus causou o grande dilúvio, mas enquanto eles se afogaram fisicamente, dez por cento dos espíritos desencarnados dos Nefilins permaneceram após o dilúvio, suas almas destinadas a atormentar a vida na Terra como demônios. Mais tarde, a teologia cristã argumentou que os pecados dos anjos caídos ocorreram antes do início da história humana e que os anjos caídos estavam associados aos exércitos da rebelião satânica contra Deus, mas todos os sistemas religiosos acabaram combatendo os anjos caídos como entidades demoníacas.

Embora os chamados anjos caídos na mitologia cristã e pagã incluíssem Belial, Belzebu Moloch, Chemosh e o próprio Satanás, o livro de 1984, The Qur’an and Its Interpreters, Volume 1, explica que sempre foi um ponto de grande debate entre os historiadores como se os jinnos do Alcorão das tradições islâmicas são ou não as mesmas entidades que os anjos caídos bíblicos.

Os Sidhes – Os Anjos Caídos da Irlanda Antiga

Quase todas as pessoas, não importa onde nasceram, e geralmente desde muito jovens, já ouviram falar de demônios e a maioria das pessoas religiosas já se deparou com o termo “anjo caído”. No entanto, na Irlanda e na Escócia pré-cristãs, os termos “anjos caídos” e “demônios” não eram usados ​​tanto quanto os termos “povo das fadas” e “fadas”.

Da mesma forma, para os anjos caídos e demônios, também as fadas espreitavam nas encruzilhadas, guardavam portas e pontes, se escondiam em árvores e telhados – e todas elas causavam estragos quando as pessoas dormiam. Abençoavam ou amaldiçoavam casamentos, assistiam ou arruinavam partos e determinavam o sucesso das colheitas.

Essencialmente, o anjo caído e a fada eram mediadores entre este reino material e o Outro Mundo.

Todas essas entidades que mudam de forma viajaram livremente entre os mundos e na mitologia e na religião capacitaram os humanos com forças demoníacas e sobre-humanas e inspiraram e cumpriram os destinos de pessoas com vontades destrutivas.

Em seu livro ‘Irish Fairy Stories‘, de 1927, Sinéad De Valera explica que ‘Aos Sídhes’ é o antigo termo irlandês para uma raça sobrenatural na mitologia celta, semelhante ao ‘sìth‘ escocês. Ambos os termos são agora comumente chamados de ‘fadas’.

(Fonte)


ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

Apoie o OVNI Hoje: Cada Doação é Essencial!

Agradecimentos aos colaboradores do mês: ❤️Eneias Vieira ❤️Silas Raposo ❤️Leopoldo Della Rocca ❤️Cristina Vilas Boas

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code