web analytics

Anjos ou alienígenas? Pesquisadores dizem que arquivos do Vaticano guardam segredos de OVNIs

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 4 min.
Ouça este artigo...

Um grupo de cientistas e pesquisadores está buscando acesso aos Arquivos Apostólicos do Vaticano para descobrir informações sobre OVNIs e o paranormal, acreditando que pode haver vestígios entre os 80 quilômetros de prateleiras que contêm de tudo, desde notas papais manuscritas até missivas presidenciais.

Anjos ou alienígenas? Pesquisadores dizem que arquivos do Vaticano guardam segredos de OVNIs
Crédito da imagem ilustrativa: n3m3/playground.com

O esforço de décadas ganhou impulso em 2023, após o testemunho no Congresso do antigo oficial de inteligência dos EUA, David Grusch, alegando o envolvimento do Vaticano num acobertamento internacional de segredos alienígenas. Grusch afirmou que o Papa Pio XII “retrocanalizou” informações para os Estados Unidos sobre um OVNI acidentado recuperado pelo ditador fascista Benito Mussolini.

Não sei onde (Grusch) conseguiu esta informação”, disse Marco Grilli, secretário do prefeito dos arquivos, ao Catholic News Service em 11 de junho.

Grilli disse que os arquivos receberam e-mails perguntando sobre a veracidade das afirmações de Grusch, mas as comparou a pedidos de leitura de cartas pessoais de Pôncio Pilatos ou da Virgem Maria.

Podemos rir disso”, disse ele.

No entanto, descobertas como as relatadas no livro “American Cosmic” de Diana Walsh Pasulka, de 2019, sugerem aos que acreditam em OVNIs que os arquivos contêm mais do que aparenta.

Pasulka, professora de estudos religiosos da Universidade da Carolina do Norte em Wilmington, disse que os arquivos estão cheios de relatos sobre eventos paranormais, como freiras testemunhando orbes entrando em suas celas, casas voadoras e outros fenômenos aéreos. Ela argumenta que esses eventos podem ser melhor entendidos como ocorrências do tipo OVNI, em vez de milagres, como os católicos tradicionalmente os entendem.

Ela disse ao Catholic News Service (CNS) em 30 de maio:

“O registro histórico está repleto desse tipo de evento. As pessoas no Vaticano nem sabem onde procurar; está em seus porões.”

Ela explicou:

“Os arquivistas do Vaticano estão numa corrida louca para digitalizar o que possuem; eles têm que priorizar o que consideram mais importante. Eles não estão realmente priorizando os orbes que incomodavam as freiras no século XIX.”

O interesse nas participações do Vaticano estende-se para além do domínio dos estudiosos da religião. Cientistas como Garry Nolan, professor de medicina na Universidade de Stanford, veem os arquivos do Vaticano como um tesouro potencial para a compreensão dos OVNIs.

Nolan disse:

“O Vaticano é provavelmente o mais antigo sistema de biblioteca de conhecimento paranormal ou sobrenatural ainda existente. [O arquivo] tem uma aura de misticismo e um sentimento de profunda verdade que, se você apenas souber lê-lo, poderá extrair essa informação.”

Nolan acredita que se uma espécie avançada estiver aparecendo na Terra, isso significa que poderá ser possível aos humanos sobreviver a ameaças como as alterações climáticas, a crise energética e a guerra.

Nolan disse sobre os avistamentos de OVNIs:

“O próprio fato de pensarmos que vemos algo, para mim, é esperança. Isso diz que algo ultrapassou o precipício, ultrapassou o ponto de decisão do qual sentimos que estamos à beira agora.”

Nolan foi cofundador da Fundação Sol em 2023 para liderar a investigação científica sobre OVNIs e para iniciar o diálogo com instituições religiosas como o Vaticano sobre as implicações espirituais da descoberta de vida alienígena.

A fundação está confiante de que pelo menos alguns OVNIs são veículos genuínos de origem não humana. Consequentemente, um dos seus objectivos principais tem sido iniciar um diálogo inter-religioso para avaliar o impacto potencial nas religiões mundiais.

Peter Skafish, diretor da fundação, disse ao CNS:

“[Como o Vaticano] facilita o diálogo inter-religioso e envolve o pluralismo religioso, sempre esteve em nossa mente que é uma entidade que queremos envolver.”

O interesse entre pesquisadores não-católicos em descobrir segredos paranormais no Vaticano já dura décadas e tem raízes em um centro de retiro culturalmente influente na Califórnia.

O Padre Francis Tiso, especialista em diálogo inter-religioso, disse que discutiu um plano para conduzir pesquisas paranormais nos arquivos do Vaticano com o fundador do Instituto Esalen há mais de 20 anos.

Esalen é um centro de retiros na Califórnia conhecido pela sua influência progressista e contracultural, especialmente durante as décadas de 1960 e 70. O centro continua a desempenhar um papel cultural significativo nos Estados Unidos, atraindo tecnólogos, líderes espirituais e inovadores do Vale do Silício para explorar novas ideias em psicologia, espiritualidade e crescimento pessoal.

O Padre Tiso disse que Michael Murphy, cofundador do Esalen, lhe disse que alguém deveria ir aos arquivos do Vaticano, “fazer pesquisas, examinar a documentação e tentar classificá-la de forma que fosse acessível à comunidade científica”.

Estudar os milagres atribuídos à intercessão dos santos como possível atividade paranormal, disse o Padre Tiso, poderia ajudar a “construir outra ponte na direção dos fenômenos paranormais conectados com a ideia da narrativa (do OVNI), de que de alguma forma nós, seres humanos, estamos de alguma forma em contato com outras civilizações, outros seres conscientes no universo”.

Jeffrey Kripal, membro do conselho da Esalen e professor de religião na Universidade Rice, em Houston, disse que as histórias de milagres católicos são de interesse para os pesquisadores de OVNIs porque a comunicação telepática, a levitação e outros eventos paranormais muitas vezes coincidem com “contatos imediatos”.

Kripal disse:

“Toda a gama de fenômenos religiosos aparece na experiência de abdução ou de contato.”

Carlos Eire, professor de história na Universidade de Yale, estudou os tipos de milagres que cativam pesquisadores como Pasulka e Nolan. Ele publicou suas descobertas no livro de 2023, “They Flew: A History of the Impossible” (“Eles Voaram: Uma História do Impossível”, em tradução livre).

Ele disse:

“[Levitações, OVNIs e milagres estão todos no] espectro do, digamos, impossível; coisas que são consideradas impossíveis ou altamente improváveis.”

Os arquivos do Vaticano têm um elevado valor para os investigadores paranormais, disse ele, especialmente porque, desde a Renascença, a Igreja tem aplicado mais rigor aos alegados milagres, exigindo que as testemunhas jurem que não estão a mentir.

Embora o pessoal dos arquivos do Vaticano reconheça que as suas vastas estantes contêm relatos de milagres, eles negam que qualquer um dos seus acervos pertença a alienígenas.

Grilli disse:

“O prefeito quer afirmar que não há nenhum documento nos arquivos que diga respeito à vida extraterrestre, [e os estudiosos que procuram esse material no Vaticano deveriam ser] dissuadidos de empreender tentativas fúteis e improdutivas neste Arquivo Apostólico.”

(Fonte)


ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

Apoie o OVNI Hoje: Cada Doação é Essencial!

Agradecimentos aos colaboradores do mês: ❤️Eneias Vieira ❤️Silas Raposo ❤️Leopoldo Della Rocca ❤️Cristina Vilas Boas

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code