web analytics

Telescópio James Webb detecta exoplaneta com vapor d’água

Compartilhe com a galáxia!
Tempo de leitura: 2 min.
Ouça este artigo...

O Space Telescope Science Institute anunciou na semana passada que o Telescópio Espacial James Webb da NASA detectou vapor de água perto de um exoplaneta rochoso que não deveria ter uma atmosfera.

Telescópio James Webb detecta exoplaneta com vapor d'água
Imagem meramente ilustrativa. Crédito: n3m3/leonardo.ai

Trata-se de uma descoberta surpreendente que levanta mais perguntas do que possam ser respondidas. Por exemplo, a presença de vapor de água indica que o exoplaneta rochoso apelidado de GJ 486 b tem uma atmosfera – ou o vapor poderia estar vindo da estrela hospedeira muito mais fria do planeta?

É uma descoberta particularmente intrigante, já que até o momento, nenhum planeta rochoso desse tipo definitivamente tem uma atmosfera. E independentemente disso, o Webb continua entregando as mercadorias.

O exoplaneta GJ 486 b orbita sua estrela hospedeira a cada 1,5 dias terrestres, o que significa que está muito perto de estar dentro da zona habitável da estrela, uma região onde a presença de água líquida é teoricamente possível.

Isso também significa que ele é incrivelmente quente, com especialistas estimando que a temperatura da superfície seja de cerca de 426 graus Centígrados.

Esse tipo de calor torna improvável a existência de uma atmosfera, a menos que seja capaz de se reabastecer continuamente à medida que sua estrela hospedeira próxima o atinja com radiação.

No entanto, o Espectrógrafo de infravermelho próximo do Webb detectou sinais de vapor d’água, conforme detalhado em um novo artigo aceito para publicação no The Astrophysical Journal Letters.

Mas os autores do estudo alertam que ainda há uma chance de que o vapor de água possa ter emanado da estrela hospedeira muito mais fria, não do planeta.

No entanto, se os astrônomos encontrarem mais evidências de que o exoplaneta tem uma atmosfera, isso seria inovador.

Kevin Stevenson, o principal investigador do estudo recente e astrônomo da equipe do Laboratório de Física Aplicada da Universidade Johns Hopkins, informou em comunicado:

“O vapor d’água em uma atmosfera em um planeta rochoso quente representaria um grande avanço para a ciência exoplanetária.

Mas devemos ter cuidado e garantir que a estrela não seja a culpada.”

Felizmente, os outros instrumentos do telescópio Webb logo terão a chance de observar mais de perto o misterioso planeta rochoso.

Stevenson explicou:

“É a união de vários instrumentos que realmente determinará se este planeta tem ou não uma atmosfera.”

(Fonte)


ATENÇÃO: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

Apoie o OVNI Hoje: Cada Doação é Essencial!

Agradecimentos aos colaboradores do mês: ❤️Eneias Vieira ❤️Silas Raposo ❤️Leopoldo Della Rocca ❤️Cristina Vilas Boas

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS
(Mais abaixo…👇)

ATENÇÃO:

Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!

hit counter code