web analytics

“NASA destruiu evidências de vida em Marte há 40 anos”

Ouça este artigo...
Tempo de leitura: 2 min.

Uma nova análise de dados de 40 anos atrás descobriu que a espaçonave exploratória da NASA pode ter detectado evidências de vida em Marte décadas antes da descoberta de matéria orgânica no Planeta Vermelho, mas os resultados provavelmente foram destruídos antes de chegarem à Terra.

NASA destruiu evidências de vida em Marte há 40 anos
VIDA EM MARTE?: Fotos vívidas de ondulações e dunas de areia no Planeta Vermelho podem provar a existência de vida alienígena

As sondas Viking de 1976 foram enviados a Marte em busca de matéria orgânica, mas retornaram sem nada.

Ao reexaminar os dados da missão Viking, os pesquisadores identificaram o clorobenzeno, um material orgânico clorado criado em reação com o sal encontrado no solo marciano, de acordo com descobertas publicadas no Journal of Geophysical Research: Planets.

Uma missão da NASA de 2008 que explorou o pólo norte de Marte descobriu que o sal, chamado perclorato e usado em foguetes e fogos de artifício, tornava-se explosivo quando aquecido excessivamente.

Isso significa que as sondas Vikings, que usaram um instrumento que aquecia amostras de solo para localizar o material orgânico, podem ter queimado as moléculas de carbono encontradas no solo quando o perclorato pegou fogo.

A maioria das missões marcianas procurou matéria orgânica por meio de um método de aquecimento, uma causa provável do atraso dos dados.

O jipe-sonda Curiosity que identificou moléculas orgânicas em rochas marcianas de três bilhões de anos usou o mesmo método, aquecendo as amostras em um forno a mais de 900 graus Fahrenheit, para liberar enxofre e concentrados de carbono orgânico, disse a NASA.

A rocha sedimentar, chamada argilito, provavelmente não continha perclorato.

O cientista planetário da NASA, Chris McKay, disse à revista New Scientist:

“Foi completamente inesperado e inconsistente com o que sabíamos. Você ganha uma nova percepção e percebe que tudo o que sabia estava errado.”

A presença de moléculas orgânicas pode significar que existe vida em Marte, ou existiu em algum momento. Mas moléculas orgânicas também podem ser criadas por meio de processos não biológicos, como reações químicas que não requerem vida.

A principal autora do estudo, Melissa Guzman, postulou que o clorobenzeno poderia ter viajado da Terra nas sondas Viking, contaminando seus instrumentos.

A equipe do Curiosity também relatou níveis de metano, a molécula orgânica mais simples, que variavam sazonalmente; mais uma evidência do potencial de vida em Marte.

E enquanto 95% do metano da Terra é gerado por processos biológicos, como apodrecimento de gado e vazamentos de gás natural, a presença de metano não é garantia de vida no planeta.

Chris Webster, cientista do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, disse à National Geographic:

“É um gás na atmosfera de Marte que realmente não deveria estar lá.”

Outro estudo publicado semanas antes na mesma revista revelou segredos inorgânicos sobre o passado do Planeta Vermelho.

Os pesquisadores encontraram quase 800 “dunas fantasmas”, ou conchas cobertas de areia de dunas antigas, evidências de que a água e a lava cobriram as dunas marcianas com sedimentos que endureceram antes que o vento os levasse embora.

Segundo os pesquisadores, micróbios antigos ainda podem viver em dunas contendo areia antiga.

O autor do estudo, Mackenzie Day, disse à American Geophysical Union:

“Provavelmente não há nada lá. Mas se alguma vez houve algo em Marte, este é um lugar melhor do que a média para procurar.”

(Fonte)


E assim segue a “saga” da agência que deveria estar realmente procurando por vida fora da Terra, mas que sempre descarta qualquer indicação disso, inclusive indo contra seus próprios cientistas:

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

Participe dos comentários mais abaixo… e (importante) se puder, colabore na manutenção do OVNI Hoje utilizando o QR code do PIX abaixo, ou use a chave PIX “OVNIHoje” (sem as aspas):

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Egídia dos Santos, Edward de Lima.

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

hit counter code
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!