OSNI passa por submarino nuclear mais rápido que a velocidade do som

Ouça este artigo...
Tempo de leitura: 2 min.

Você não leu errado: foi mesmo um OSNI (Objeto Submersos Não Identificado), que também pode muito bem sair da água e voar até o espaço. Hoje esses são chamados de objetos “transmídia”.

OSNI passa por submarino nuclear mais rápido que a velocidade do som
Representação artística de um OSNI.

A vida alienígena poderia estar escondida debaixo d’água? Bob McGwier trabalhou na coleta clandestina de informações durante anos. No vídeo abaixo, ele conta duas histórias de OSNIs, ou objetos submersos não identificados, enquanto trabalhava em operações secretas.

O primeiro relato é a bordo do submarino nuclear USS Hampton, enquanto estava muito atrás das linhas inimigas. O segundo encontro foi a bordo do navio LCC Blue Ridge Command, enquanto o navio estava no meio de um tufão furioso!

Um encontro ocorreu nos anos 90, quando o submarino USS Hampton foi ultrapassado por um OSNI que viajava debaixo d’água mais rápido que a velocidade do som.

Não apenas a Marinha dos EUA encontrou OSNIs, mas também a Marinha Russa. Vladimir Azhazha, ex-oficial da marinha e um famoso pesquisador russo de OVNIs, diz que cinquenta por cento dos encontros com OVNIs estão conectados com os oceanos. Mais quinze – com lagos. Portanto, os OVNIs tendem a aderir à água.

Em certa ocasião, um submarino nuclear, que estava em missão de combate no Oceano Pacífico, detectou seis objetos desconhecidos. Depois que a tripulação não conseguiu deixar para trás seus perseguidores ao manobrar, o capitão ordenou que o submarino emergisse. Os objetos não só seguiram o exemplo, mas também subiram no ar e voaram para longe.

“Em várias ocasiões, os instrumentos deram a leitura de objetos materiais movendo-se a uma velocidade incrível. Os cálculos mostraram velocidades de cerca de 230 nós (de 425 km/h). Acelerar tão rápido é um desafio mesmo na superfície. Mas a resistência à água é muito maior. Era como se os objetos desafiassem as leis da física. Só há uma explicação: as criaturas que os construíram nos superam em desenvolvimento.”

O veterano da inteligência da Marinha, Capitão de 1º escalão Igor Barklay comenta:

“Os OVNIs oceânicos geralmente aparecem onde quer que nossas frotas ou as da OTAN se concentrem. Perto das Bahamas, Bermudas, Porto Rico. Eles são vistos com mais frequência na parte mais profunda do Oceano Atlântico, na parte sul do Triângulo das Bermudas e também no Mar do Caribe.”

Outro lugar onde as pessoas costumam relatar encontros com OVNIs é o Lago Baikal, na Rússia, o corpo de água doce mais profundo do mundo. Os pescadores falam de luzes poderosas vindas das profundezas e objetos voando da água.

Em um caso em 1982, um grupo de mergulhadores militares treinando em Baikal avistou um grupo de criaturas humanoides vestidas com roupas prateadas. O encontro aconteceu a 50 metros de profundidade, e os mergulhadores tentaram pegar os estranhos. Três dos sete homens morreram, enquanto outros quatro ficaram gravemente feridos.

O delator Edward Snowden revelou que os sinais de sonar de alto mar são mantidos como segredos de estado oficiais e o público está proibido de acessar dados sobre avistamentos relatados de OSNIs.

Isso poderia ser prova de um encobrimento do governo em torno da atividade subaquática extraterrestre?

Legendas em português cortesia do Canal João Marcelo.

(Fonte)


Pelo que é reportado pelo mundo afora, todos os OVNIs “reais” possuem a capacidade transmídia, o que os colocam tecnologicamente muito à frente de nós.

Por mais que alguns militares dos EUA insinuem que esses misteriosos objetos possam ser projetos secretos de inimigos ou mesmo daquele próprio país, isto está longe da verdade. Se esta tecnologia fosse humana, já teria sido aplicada em muitas das guerras recentes em nosso planeta. O que fazem com essa declaração é somente “tapar o Sol com a peneira”.

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

Participe dos comentários mais abaixo… e (importante) se puder, colabore na manutenção do OVNI Hoje utilizando o QR code do PIX abaixo, ou use a chave PIX “OVNIHoje” (sem as aspas):

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward de Lima, Maria Dorotea Soares, Leopoldo DeLa Rocca, Fabiano de Faria, Sila Raposo, Eduardo Figueiredo, Paulo Sanchez.

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!
hit counter code
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende exclusivamente dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!