Embaixador da NASA afirma que há vida em outros planetas

Ouça este artigo...
Tempo de leitura: 3 min.

Pode parecer algo saído da ficção científica, mas aqui está a realidade, de acordo com o Embaixador do Sistema Solar da NASA/JPL, Harold Kozak: “Não estamos sozinhos”.

Embaixador da NASA afirma que há vida em outros planetas
Uma foto de Harold Kozak em uma camiseta da NASA. (Cortesia de Harold Kozak)

Em 3 de dezembro de 2022, das 13h às 15h. no Clay Pit Ponds Nature Center, localizado na 2351 Veterans Road West em Staten Island, estado de Nova Iorque (EUA), Kozak fará uma apresentação em Powerpoint intitulada “The Latest Search For Extraterrestrial Life” (A Busca Mais Recente por Vida Extraterrestre). O evento é gratuito e aberto a pessoas de todas as idades, e as perguntas do público são incentivadas.

Kozak sempre começa suas apresentações com esta verdade simples:

“As pessoas precisam entender que este não é o único planeta com vida.”

Kozak disse:

“Existem agora, apenas na Via Láctea, bilhões de estrelas. E 7% desses bilhões de estrelas têm o que chamamos de ‘sóis habitáveis’, o que significa que essas estrelas em particular podem ter planetas… que podem ter água líquida, e onde há água líquida, pode haver vida.”

Kozak mencionou que a NASA identificou três planetas notavelmente semelhantes à Terra que poderiam ter vida neles – e um não está tão longe de casa. Ele também revelará fotos nunca antes vistas de como a vida alienígena pode parecer e do planeta próximo que pode ser habitável.

Kozak tornou-se embaixador da NASA em 2004 com o apoio do presidente do Wagner College, onde Kozak lecionou como professor adjunto de astronomia de 1996 a 2019, bem como do congressista Vito Fossella, que agora é o presidente do distrito.

Kozak disse:

“Mostrei aos alunos como as substâncias químicas da vida – aminoácidos, RNA e DNA – e todas essas coisas são encontradas em asteroides e meteoritos que caíram aqui. Então, a química que nos compõe está em todo o universo, e para qualquer um pensar que este é o único planeta com vida… eles são ingênuos.”

Embora ele não possa divulgar todo o conhecimento que possui para o público por questões de segurança (e para não causar alarme), ele oferecerá o máximo de informações que puder ao público. Apesar de estar vinculado à política de silêncio da NASA, ele recriou algumas das coisas que acredita estar na Área 51 em romances de ficção científica.

Outra coisa que Kozak discutirá é a recente liberação de fotos governamentais de naves voadoras não identificadas que foram registradas pelos militares. Embora o governo tenha tentado voltar atrás dizendo que era lixo espacial, Kozak não acredita nem por um minuto.

Ele disse:

“Os detritos espaciais não viajam em uma trajetória de 88.000 milhas por hora (140.000 km/h) e invertem o voo… É por isso que vou revelar o máximo que posso ao público; acho que o público tem o direito de saber.”

Enquanto alguns podem zombar da perspectiva de vida além do nosso planeta, outros mudaram de opinião sobre os mundos possíveis além do nosso: inclusive Kozak. Ele é um dos muitos moradores de Staten Island que viram algo inexplicável no céu noturno, e a experiência mudou sua visão sobre os extraterrestres.

Em novembro de 1979, Kozak e sua esposa estavam voltando para o carro na Willowbrook Road quando algo no céu chamou sua atenção. Dourado, de forma oval e semelhante a uma nuvem, o objeto não identificado permaneceu imóvel por alguns minutos a cerca de 100 a 200 pés (9 a 18 m) no ar, de acordo com Kozak.

Kozak descreveu:

“De repente, formou um ângulo de 180 graus e disparou em velocidades tremendas em direção a Nova Jersey. Certamente parecia extraterrestre para mim; eu nunca vi nenhum avião parado e de repente disparar naquela velocidade… Eu sabia que não estava enlouquecendo porque muitas pessoas relataram a mesma coisa que eu tinha visto. Foi a única vez [que ele viu algo extraterrestre].”

No dia seguinte, os jornais estavam cheios de avistamentos de lugares em Nova Jersey como Carteret e Bayonne, bem como Manhattan.

Kozak distribuirá mais de 40 gráficos oficiais da NASA, bem como seu cartão de visita para a multidão.

Ele disse:

“Queremos que as crianças os levem para casa, que os pais os levem para casa; tudo isso é para motivar as pessoas para a astronomia, ciência e engenharia espacial.”

Kozak viajou pelo mundo falando em nome da NASA, incluindo Noruega, Equador, Inglaterra, Peru, Islândia, sem mencionar vários estados nos Estados Unidos.

Mas mesmo em todos os lugares por onde passou, ele está feliz por estar de volta à sua cidade natal, Staten Island.

Ele foi convidado várias vezes para o Museu Britânico de Ciências, onde falou para um público recorde de 456 pessoas. Ele também foi palestrante convidado na estação de rádio WOR 710 nos últimos dois anos.

(Fonte)


Embora Kozak não seja exatamente um membro da NASA, ele parece saber muito sobre o fenômeno OVNI, o que nos leva a crer que a própria NASA também o faz.

Mas por que a agência espacial não se abre ao público e, indo contra a sua própria missão, tenta acobertar a existência de vida extraterrestre mesmo se for microbiana?

A resposta pode ser mais simples do que se imagina: controle da informação é poder, e como está muito óbvio – para aqueles que têm olhos para ver – há (e sempre houve) uma luta para controle das pessoas, assim eles não querem acordar as massas mundiais.

Mas será que isso é somente fruto da minha mente “conspiranóica”?

Bem, tudo que posso dizer é que muitas vezes no passado recente fui acusado de ser um teórico da conspiração quanto a muitos assuntos, mas ao passar do tempo as mesmas pessoas que me acusaram vieram pedir desculpas dizendo que na verdade eu fui um “visionário”. Mas é claro, é impossível de eu estar certo 100% das vezes, assim que cada um chegue às suas próprias conclusões e respeitem as do próximo.

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

Participe dos comentários mais abaixo… e (importante) se puder, colabore na manutenção do OVNI Hoje utilizando o QR code do PIX abaixo, ou use a chave PIX “OVNIHoje” (sem as aspas):

Agradecimentos aos colaboradores do mês: Edward de Lima, Maria Dorotea Soares, Leopoldo DeLa Rocca, Fabiano de Faria, Sila Raposo, Eduardo Figueiredo, Paulo Sanchez.

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!
hit counter code
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende exclusivamente dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!