Enquanto o gelo derrete, os segredos da Antártica vêm à luz

Tempo de leitura: 4 min.

Grandes segredos do passado estão escondidos sob a espessa camada de gelo da Antártica, e não estamos nos referindo a suposições, mas a dados confiáveis.

Enquanto o gelo derrete, os segredos da Antártica vêm à luz
O topo de uma antiga muralha reta de 378 metros de comprimento? Coordenadas: 74° 9’43.12’S 164°54’44.90’E

Confirmou-se que setores do continente congelado tinham vegetação e, portanto, um clima diferente há milhares ou milhões de anos. Acredita-se até que se tornou um ‘paraíso tropical’. Portanto, não é irracional pensar que esse lugar quase inacessível hoje foi o cenário onde civilizações avançadas poderiam ter se desenvolvido, e seu legado poderia estar enterrado lá sob o gelo.

Os antigos gregos chamavam o norte gelado de “Arktikos” em homenagem à Ursa Maior no Pólo Norte, mas os ursos polares não vivem aqui: é muito frio para eles. A Antártica se traduz do grego como “o oposto do Ártico”.

A misteriosa Antártica

Em 28 de janeiro de 1820, os participantes da primeira expedição antártica russa (1819-1821) nas chalupas “Vostok” e “Mirny”, sob o comando de F.F. Bellingshausen e M. P. Lazarev, descobriram esta misteriosa Antártica, o sexto e último continente descoberto. Hoje, o território da Antártica não pertence a nenhum país do mundo, e sua superfície é de 13 milhões 661 mil quilômetros quadrados. No inverno, o território continental da Antártica aumenta consideravelmente de tamanho.

Curiosamente, a Antártica é o único continente sem fusos horários. Não é apenas o lugar mais frio da Terra, mas também o mais seco. A quantidade média de precipitação anual na Antártica é de apenas 10 centímetros, apesar de a Antártica conter até 70% de todas as reservas de água doce do planeta.

O clima e a superfície desta área lembram tanto as condições de Marte que a NASA testou o programa espacial Viking lá. Lá estão os pontos de vento mais fortes e mais longos e a radiação solar mais poderosa. A temperatura mais baixa do mundo, registrada oficialmente na Antártica, é de 91,2 graus abaixo de zero. No verão, varia de 30 a 50 graus abaixo de zero.

Apenas dois tipos de plantas crescem por lá: capim antártico e capim-pérola antártico. Eles crescem nas partes mais quentes do continente, nas áreas de dois vulcões ativos.

Além dos pinguins, não há outra fauna terrestre na Antártida. O continente é uma área protegida internacionalmente. Atualmente, não mais de 4 mil pessoas vivem em estações de pesquisa na Antártica.

Antártida, o centro das conspirações

Mas além do interesse científico por algumas coisas, parece que existem outras. Muitas alegações foram feitas sobre o continente congelado, geralmente com um enorme tom de conspiração. Por um lado, isto ocorre por causa do trabalho ‘secreto’ dos cientistas de lá, desde a época de Hitler. Por outro lado, de acordo com o mapa da Marinha turca de Piri Reis, o local já teve vegetação e aparentemente algumas pessoas moravam lá. Portanto, havia uma cultura.

Claro, não faltam cenários sugerindo que a Antártica pode ser a base de uma civilização extraterrestre que já foi ou permanece oculta.

Mapa de Piri Reis Enquanto o gelo derrete, os segredos da Antártica vêm à luz
Mapa de Piri Reis. Crédito: Museu Topkapi Sarayi / Wikimedia Commons

A partir daí, um mistério constante é ‘construído’ com ‘empréstimos mútuos’ dos ‘cenários’ básicos e com muitas pistas que reforçam regularmente ambos os casos, mas sem nenhuma prova tangível que possa ser demonstrada. Parecem cenários de ficção científica que são usados ​​como sendo reais e confundem as pessoas sedentas de aprender algo completamente diferente que as tire do seu dia a dia.

Reivindicações e explicações formais de várias coisas que dizem estar acontecendo ou estar lá não existem, nem são refutadas. Como você pode ver, os cenários ‘explodem’ ainda mais. Essa “dica” vem para acrescentar mais uma “pedrinha”.

A maioria concorda que a camada de gelo que cobre a Antártica começou a derreter. À medida que isso começou e está acontecendo, este misterioso continente está revelando lentamente o passado desconhecido coberto por seu manto branco.

Uma estrutura emerge do gelo

Uma enorme estrutura escondida sob o gelo está se tornando visível. Foi encontrada no Google Earth e estima-se que tenha 300 metros de comprimento, 30 a 50 metros de largura e “paredes” de 10 metros de altura. A palavra ‘parede’ é mal utilizada aqui. Poderíamos dizer barrancos, laterais, etc. Você pode vê-la bem de perto se clicar nas coordenadas 69° 53′ 42.03″ S 38° 42′ 22.02″ E.

Enquanto o gelo derrete, os segredos da Antártica vêm à luz
Uma antiga estrutura feita pelo homem na Antártida? Coordenadas: 69°53’42.0″S 38°42’22.0″E. Cortesia: Google Earth

Quando os operadores das imagens de satélite testemunharam essa estrutura, não tinham certeza se o que viram era artificial, ou seja, se poderiam ser os restos de uma antiga civilização que foi construída quando a Antártica ainda não era terra congelada. Também não estava claro se fazia parte de uma base alienígena, como muitos argumentariam.

Claro, o mais normal seria ver apenas uma parte da geomorfologia natural da Antártica. Não cabia a eles julgar. A descoberta teria sido comunicada ao governo, e uma exploração teria sido planejada. A certa altura, quando uma missão de reconhecimento foi enviada para lá, a equipe testemunhou paredes de 6 metros de altura e viu formações que se referiam diretamente a “caixas” retangulares uniformes como espaços separados de um complexo alongado de edifícios cujos telhados foram rebaixados.

À medida que desciam, tornavam-se mais reconhecíveis. Escadas, rampas, corredores irregulares, corredores, caminhos. Quando a missão terminou, os homens que entraram nesse espaço enorme e estreito ficaram sem palavras com o que viram. Salas amplas que se comunicavam por meio de portas de madeira que haviam sido preservadas. Em quase todos os lugares havia grandes janelas que um dia teriam vistas deslumbrantes. Em alguns dos quartos havia salas de jantar de pedra onde os habitantes obviamente comiam.

Todo o complexo foi construído com pedras ciclópicas poligonais para resistir a fortes terremotos. Quem morava lá? Em sua breve missão de exploração, os homens não encontraram nada que revelasse a identidade da população que ali vivia, nem nada que pudesse ser explicado como de origem extraterrestre. O que ficou evidente é que aqueles que ali moravam deliberadamente e sem pressa deixaram o local. Não deixaram vestígios. Como se soubessem que uma catástrofe iria acontecer ou por outros motivos.

O surpreendente foi que todos os instrumentos de medição apresentavam vestígios de exaustão de radiação, como é o caso de um tomógrafo, ou se havia um laboratório para a reação de matéria e antimatéria.

A missão acabou. A equipe voltou para a base e fez seu relatório. Superiores contataram arqueólogos e outros especialistas para enviar equipes mais especializadas. Enquanto isso, até que todos esses procedimentos demorados fossem feitos e um resultado fosse obtido, eles foram instruídos a refutar qualquer pesquisador de sofá que localizasse as coordenadas específicas da estrutura e depois ousasse dizer que havia descoberto uma cidade antiga de um fotografia. Eles foram instruídos a dizer que era um jogo de sombra e luz, formações geológicas naturais enganando os olhos, ou qualquer outra coisa que pudesse ser mais convincente.

(Fonte)


E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

Participe dos comentários mais abaixo… e (importante) se puder, colabore na manutenção do OVNI Hoje utilizando o QR code do PIX abaixo, ou use a chave PIX “OVNIHoje” (sem as aspas):

Agradecimentos aos colaboradores dos últimos meses: Edward de Lima, José de Castro, Teogenis de Oliveira, Egídia dos Santos, Silas Raposo, Reinaldo Galhardo, Luiz Buria, Silas Raposo, Maria Dorotea Soares..

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

hit counter code
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende exclusivamente dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!