Cientistas descobrem uma “Super-Terra” que pode abrigar a vida

Tempo de leitura: 2 min.

Os cientistas descobriram dois planetas próximos – no grande esquema das coisas, pelo menos – que são como a Terra, mas maiores. E um deles, nas grandes notícias do SETI, pode ser capaz de sustentar a vida.

Cientistas descobrem uma "super-Terra" que pode abrigar a vida
Os telescópios SPECULOOS Southern Observatory contemplam o deslumbrante céu noturno sobre o deserto de Atacama, Chile. ©ESO/P.Holárek

Em um comunicado à imprensa, uma equipe de cientistas internacionais liderada pela Bélgica anunciou que encontrou dois planetas do tipo “Super-Terra”, que são maiores que a Terra, mas menores que gigantes gelados como Netuno e Urano, localizados a meros 100 anos-luz de distância. .

Ambos os exoplanetas, informa a nota de imprensa da Universidade de Liège, estão orbitando SPECULOOS-2, uma pequena e fria estrela anã que possui o nome dos telescópios “Search for habitable Planets EClipsing ULtra-cOOl Stars” (SPECULOOS) no Chile e na Espanha, os quais foram usados para encontrar a estrela de baixo calor em torno da qual orbitam os planetas recém-descobertos.

Uma dessas novas Super-Terras, a LP 890-9b, de nome nada sexy, foi encontrada primeiro e é aproximadamente 30% maior que a nossa Terra. O outro, SPECULOOS-2c, foi descoberto depois que pesquisadores apontaram seu equipamento gigantesco para o primeiro dos planetas em órbita e, cerca de 40% maior que a Terra, parece habitável, de acordo com o novo artigo do consórcio na revista Astronomy & Astrophysics.

Uma das coisas mais curiosas sobre o planeta potencialmente habitável é que ele está muito mais perto de seu sol do que nós do nosso – meros 6 milhões de quilômetros, em comparação com as 150 milhões de quilômetros entre a Terra e nosso Sol.

Embora este planeta orbite muito próximo de sua estrela, a uma distância cerca de 10 vezes menor que a de Mercúrio ao redor do nosso Sol, a quantidade de irradiação estelar que ele recebe ainda é baixa, e pode permitir a presença de água líquida na superfície do planeta, desde que tenha uma atmosfera suficiente“, disse Francisco Pozuelos, principal pesquisador co-autor do artigo no Instituto de Astrofísica da Andaluzia, no comunicado de imprensa, acrescentando que essa discrepância é possível porque o sol do planeta “é cerca de 6,5 vezes menor que [o nosso ] Sol e tem uma temperatura de superfície metade da nossa estrela“.

SPECULOOS-2c é, notavelmente, o segundo planeta que se encaixa no ponto ideal da ‘zona habitável’ em algumas semanas, com a descoberta do ‘planeta oceânico’ TOI-1452b que orbita um sistema estelar binário cerca de 100 anos-luz em outra direção, como anunciado no final de agosto.

É tudo muito emocionante – e pode ter implicações significativas quando se trata de nossa busca contínua por vida alienígena.

(Fonte)


E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO… e (importante) se puder, ajude na manutenção do OVNI Hoje utilizando o QR code do PIX abaixo:

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

hit counter code
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende exclusivamente dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!