Armadilha de almas no planeta prisão Terra, e a fuga de Platão

Tempo de leitura: 2 min.

Existe uma suposta rede invisível ao redor do nosso planeta. Parece ter uma relação com a rede de energia que envolve a Terra. A conclusão é que, de acordo com várias teorias, algumas entidades a controlam. E com isso, eles controlam nossas vidas e almas. Platão soube escapar disso e nos revelou.

Armadilha de almas no planeta prisão Terra, e a fuga de Platão
Teria Platão descoberto a forma de escapar disto, isto é, se isto for real?

[ATENÇÃO: Não há comprovação da veracidade de alguma ou todas as informações constantes neste artigo, o qual é publicado aqui meramente para cumprir a missão do OH.]

Tanto na vida após a morte quanto nesta vida, os supostos reptilianos anseiam por nossas almas. Enquanto estivermos vivos eles fazem de tudo para causar medo e terror, este é o alimento deles. Ansiedade sobre uma guerra iminente, a própria guerra, a provocação excessiva de preocupação com doenças e infecções graves, as próprias doenças e infecções, a constante ameaça à própria vida em todos os sentidos e meios, são um bom cardápio para os reptilianos. Mas, infelizmente, o homem não descansa mesmo após a morte.

De acordo com Simon Parkes – um especialista em alienígenas, draconianos etc. – a rede que mencionamos anteriormente não é natural, mas artificial. Pode parecer engraçado, mas afirma-se que existe um propósito. Isso é para prender as almas de volta à Fonte de onde elas vieram.

Quando a alma não pode ir além da rede, ela retorna para outro corpo. Este processo é repetido várias vezes. As almas são constantemente recicladas. Vivemos em uma prisão. Esse processo é conveniente para algumas entidades de alto status (reptilianos, Anunnakis, vários outros, etc.), pois se alimentam de tudo isso; sobrevivem disso.

A rede é a luz branca no fim do túnel. Você não deve segui-la. Esta é a armadilha. Ele remove as memórias e reflete a alma em outro corpo. Mas você pode escapar da armadilha. Existe um caminho e Platão nos revela.

Platão em seu livro “Fédon” (ou Sobre a Alma), nos explica como as pessoas têm a oportunidade de escolher qual caminho seguir, seja – em palavras simples – este será o retorno à Fonte Original ou à Vida mortal. No primeiro caso, o homem será feliz porque nada mais poderá puxá-lo de volta ao mundo material.

Para que a alma consiga isso, ou seja, possa escolher e reivindicar sua escolha, o homem já deve ter sido preparado espiritualmente e por suas ações. Se ele não conseguir escolher, ele retornará automaticamente às fraquezas materiais da vida mortal.

O segredo, então, para não cair na armadilha é o conhecimento da verdade. E isso é alcançado através da nossa educação e desenvolvimento. Então seremos capazes de dizer ‘não’.

Platão: provas da imortalidade da alma humana

Sendo um Iniciado, Platão estava vinculado a um voto de silêncio e não podia expressar explicitamente em suas obras todo o conhecimento que possuía. Portanto, ele insinua muitas coisas e expõe algumas das disposições dos ensinamentos transmitidos a ele de forma velada e simbólica. Isso também se aplica à doutrina da metempsicose, reencarnação, ao retorno cíclico da parte imortal de uma pessoa repetidamente para uma nova vida. Platão não expõe a doutrina em todos os detalhes, mas apenas alude aos seus pontos principais no mito da Era e nos famosos quatro argumentos a favor da imortalidade da alma. Esses argumentos são apresentados em seu diálogo “Fédon”.

Para olhar para esses argumentos, deve-se tentar fazê-lo da posição de uma pessoa cuja consciência não está sobrecarregada por muitas visões e conceitos existentes; um homem capaz de buscar a verdade e raciocinar livremente e com interesse. Deve-se também ter em mente que os argumentos de Platão não são “científicos” no sentido usual da palavra. Na esfera que estamos considerando, medições por qualquer um dos instrumentos existentes são fundamentalmente impossíveis. E é difícil falar sobre a repetibilidade da experiência por razões óbvias. Os argumentos de Platão são filosóficos: ele se oferece para refletir e tirar conclusões.

Os argumentos de Platão, que ele colocou na boca de Sócrates, não são fáceis de aceitar imediatamente. Eles exigem reflexão ponderada e leitura repetida.

…Tente encontrar e ler o Fédon de Platão. Você encontrará muito mais evidências.

(Fonte)


E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO… e (importante) se puder, ajude na manutenção do OVNI Hoje utilizando o QR code do PIX abaixo:

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

hit counter code
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende exclusivamente dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!