web analytics
Tempo de leitura: 3 min.

“Um em cada dez morreu”, diz médico que colaborou com a CIA

Tempo de leitura: 3 min.

O médico do Departamento de Defesa dos EUA, Christopher Green, em entrevista exclusiva ao Daily Mail, falou sobre as misteriosas doenças em seus pacientes após encontros com OVNIs.

“Um em cada dez morreu”, diz médico que colaborou com a CIA
Imagem meramente ilustrativa.

A partir da década de 1960, Green colaborou com a CIA. Em 2009, ele foi contratado pelo Departamento de Defesa para escrever um estudo sobre lesões sofridas por seus pacientes como resultado de encontros imediatos com aeronaves ‘anômalas’. O trabalho de Green foi um dos 38 estudos encomendados no âmbito do Programa Avançado de Aplicações de Sistemas de Armas Aeroespaciais (de sigla em inglês, AAWSAP), que foi administrado pela Agência de Inteligência do Departamento de Defesa dos EUA de 2007 a 2012. O projeto foi dedicado ao monitoramento de OVNIs.

O artigo de Green “Clinical Medical Acute and Subagute Field Effects on Human Skin and Neurological Tissues” foi tornado público no ano passado sob a Lei de Liberdade de Informação. Ele descreve os sintomas de esclerose múltipla, danos cerebrais e queimaduras sofridas por pacientes como resultado de “eventos CE-III-IV” (contatos imediatos do terceiro e quarto grau). O cenário descrito lembra a “Síndrome de Havana”, mas os casos do professor Green ocorreram décadas antes de 2016, quando funcionários da Embaixada dos EUA em Cuba começaram a relatar sintomas estranhos em massa.

Um relatório do Pentágono, fechado em 2012, apareceu na imprensa na semana passada que também informou que oficiais de inteligência dos EUA sofreram queimaduras de radiação, paralisia e até danos cerebrais após avistar OVNIs.

Green diz:

“Como sou um neurologista forense e especialista em imagens cerebrais, sou o chefe médico do Departamento de Defesa para doenças e mortes inexplicáveis. Estudo lesões e mortes por OVNIs. Meus clientes trabalham principalmente em inteligência, Departamento de Defesa, forças especiais, aeroespacial.”

“Um em cada dez morreu”, diz médico que colaborou com a CIA
Professor de Medicina Christopher Green. Foto: Daily Mail

De acordo com Green, seus pacientes experimentaram sintomas semelhantes depois de encontrarem “drones grandes e silenciosos” que “flutuavam e se moviam de maneiras estranhas, emanavam luz, padrões e flashes, mudavam de forma e apareciam e desapareciam instantaneamente.” Os ferimentos dos militares podem ter sido atribuídos a estarem muito próximos de “microondas finas, poderosas e altamente moduladas” e serem acidentalmente atingidos por rádio poderoso ou radiação eletromagnética dos motores dos OVNIs.

Green diz:

“Alguns desses objetos desapareceram instantaneamente e, da mesma forma, apareceram nas proximidades, mas de um ângulo diferente. Alguns se aproximaram muito, de modo que as pessoas perderam a consciência e depois voltaram a si com queimaduras e outras feridas.”

Uma pequena porcentagem de pacientes relatou ter encontrado “algo oculto que era um ser humano“. Alguns alegaram ter sofrido ferimentos como resultado de encontros com OVNIs perto da Casa Branca. Aproximadamente um em cada dez pacientes morreu dentro de sete anos da entrevista.

Todas essas lesões podem ser explicadas pela tecnologia moderna, incluindo a exposição a microondas e armas de radiofrequência usadas pelos Estados Unidos e outros países, disse Green.

Ele diz:

“Eu não tenho que inventar alienígenas para explicar os casos que vejo.”

Em seu estudo de 2010, Green mencionou dispositivos baseados no uso de ondas eletromagnéticas e de rádio que podem causar queimaduras de segundo grau, dores de cabeça frontotemporais, espasmos musculares e perda de consciência a distâncias de até centenas de metros.

Ele escreveu:

“O uso de pulsos de RF de altíssima intensidade a uma frequência de, por exemplo, 915 MHz causará um aumento na temperatura cerebral de 8°C, resultando em convulsões após um minuto de exposição, seguidas por 5 minutos de inconsciência.”

Existe uma teoria de que os OVNIs deformam o tecido do espaço-tempo, desafiando as leis da gravidade e, ao fazê-lo, transformam o calor de seus motores em microondas de alta energia ou ondas ultravioleta – este é o chamado processo de mudança para o “azul”. Portanto, qualquer um que se aproxime demais de um OVNI com o motor ligado será atingido pela radiação.

Em sua pesquisa, Green lembra o caso Cash-Landrum, no qual duas mulheres processaram o governo dos EUA depois de terem encontrado um OVNI em uma estrada secundária no Texas em 1980, após o qual receberam uma grande dose de exposição à radiação.

Outro caso foi considerado no âmbito do projeto AAWSAP DIA. O biotécnico de 48 anos supostamente encontrou três bolas azuis do tamanho de uma um coco enquanto dirigia com sua filha em Oregon. Enquanto o pai e a filha observavam, as bolas voaram em direção a eles, e uma delas atravessou o braço e o peito do homem. Nos dias que se seguiram, sentiu tonturas, náuseas e começou a perder o cabelo, assim como a visão e a audição. Dois anos depois, ele foi diagnosticado com uma forma rara de câncer no peito.

Um relatório do governo dos EUA divulgado recentemente afirma que de todos os incidentes registrados de 2004 a 2021, apenas 144 podem ser considerados colisões com objetos voadores identificados. O resto não pode ser classificado.

(Fonte)


E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

Plugin Kapsule Corp

hit counter code