Senado do Brasil convoca audiência para avaliar a questão dos OVNIs

Tempo de leitura: 3 min.

Os senadores brasileiros estão convocando uma sessão especial que visa trazer maior conscientização pública para a questão dos OVNIs, de acordo com um requerimento oficial do Senado que foi recentemente emitido.

Senado do Brasil convoca audiência para avaliar a questão dos OVNIs
Crédito da ilustração: depositphotos

Citando países ao redor do mundo que “estabeleceram comissões de pesquisa para esses veículos”, o Requerimento faz referência a iniciativas como as realizadas pelo Departamento de Defesa dos Estados Unidos nos últimos anos e afirma que “busca-se uma abertura governamental para que a verdade
descoberta por estas nações e seus órgãos de pesquisa seja revelada
”.

A sessão especial que o Requerimento propõe ocorrerá por volta de 24 de junho de 2022, data reconhecida internacionalmente pelos proponentes dos OVNIs por sua associação com o avistamento do piloto Kenneth Arnold de vários objetos não identificados sobre o Monte Rainier, Washington, em 1947.

O Brasil desponta neste cenário como a primeira Nação a admitir oficialmente que os OVNIs existem de fato e têm procedência extraterrestre”, afirma uma parte do Requerimento do Senado, enfatizando o longo histórico de envolvimento do país com investigações de OVNIs. “Isso se deu em uma reunião aberta à sociedade, militares e imprensa ocorrida na Escola Superior de Guerra (ESG), no Rio de Janeiro, em 1954, quando o então capitão da Aeronáutica João Adil de Oliveira declarou aos presentes a realidade destes objetos voadores e suas características tecnológicas avançadas. A França só faria o mesmo, vindo em segundo lugar, em 1976, 22 anos depois”.

A iniciativa recente foi liderada pelo senador brasileiro Eduardo Girão, com apoio dos senadores Eliziane Gama, Alessandro Vieira, Izalci Lucas, Jorge Kajuru, Marcos do Val, Paulo Rocha e José Reguffe.

Os esforços recentes do Senado brasileiro são em parte resultado de uma iniciativa liderada por civis que começou em 2004, lançada por A.Jm Gevaerd, editor da Revista UFO, e da Comissão Brasileira de Ufologistas (CBU) chamada “UFOs: Liberdade de informação agora” A iniciativa resultou em um convite a integrantes de ambos os grupos para comparecerem ao Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta) e ao Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (Comdabra), em Brasília, onde tiveram acesso a documentos governamentais relacionados ao OVNIs.

Falando com Gevaerd no recente 25º Congresso Anual de OVNIs em Curitiba, Brasil, ele disse ao The Debrief que foi inicialmente contatado pelo senador Girão no final do ano passado, que o convidou para ajudar a organizar a audiência proposta no recente Requerimento do Senado.

Estamos discutindo isso”, disse Gevaerd, “e nesta mesma semana ele tornou oficial”. Gevaerd disse que isto representa “a primeira vez na história que um país em qualquer lugar do mundo [organizou] uma atividade oficial dentro de seu Senado para promover o assunto OVNIs”.

Vamos nos encontrar por uma tarde inteira em Brasília”, disse Gevaerd, onde ele e outros pesquisadores falarão com o Senado e os congressistas presentes “sobre evidências de OVNIs, pesquisadores, documentos oficiais, os melhores casos… tudo de melhor que temos sobre OVNIs no Brasil”.

Rony Vernet, engenheiro de computação brasileiro atualmente cursando mestrado em física, também esteve envolvido em ajudar Gevaerd a planejar a audiência.

Há algum tempo entrei em contato com Gevaerd para apresentar uma proposta de aproximar o Congresso brasileiro do que vem sendo feito nos EUA há algum tempo”, disse Vernet ao The Debrief. Fundador do UAP Brazil, site que examina fenômenos aéreos não identificados relatados no país, Vernet havia obtido recentemente “mais de 100 páginas de documentos e 20 minutos de vídeos sobre encontros de tribos indígenas com OVNIs” quando entrou em contato com Gevaerd.

Vernet disse que estava particularmente interessado nos desenvolvimentos de OVNIs que ocorrem nos Estados Unidos e esperava que os funcionários do governo brasileiro também estivessem dispostos a se envolver com o tema OVNIs.

Eu acompanhava diariamente as notícias que chegavam dos EUA”, diz Vernet.

A sessão especial do congresso brasileiro será um evento público”, diz Vernet, acrescentando que estará entre os pesquisadores presentes e apresentará “os pontos mais importantes dos documentos divulgados pelo governo sobre casos no norte do país envolvendo aldeias de pescadores e comunidades indígenas desde os anos 70 até os dias atuais”.

São incidentes delicados”, disse Vernet ao The Debrief, “pois envolvem pessoas atingidas por feixes de luz dos OVNIs, algumas com danos recuperáveis ​​e outras com sequelas permanentes”.

Alguns dos incidentes descritos por Vernet, que envolvem ferimentos que supostamente resultaram de encontros com OVNIs, foram investigados pela Operação Prato da Força Aérea Brasileira entre 1977 e 1978. em torno da cidade de Colares no estado brasileiro do Pará.

Gevaerd disse ao The Debrief que o Brasil teve “quatro ou cinco comitês ou programas diferentes para pesquisa de OVNIs no país”. Antecedendo em quase uma década a Operação Prato estava o Sistema de Investigação de Objetos Aéreos Não Identificados (Sioani) do país no IV Comando Aéreo Regional (COMAR), em São Paulo. Um esforço investigativo semelhante foi lançado em 1986, após um incidente amplamente divulgado envolvendo a perseguição de 21 grandes objetos esféricos por pilotos da Força Aérea Brasileira.

Vernet acredita que apresentar ao Senado brasileiro informações bem documentadas sobre fenômenos aéreos não identificados poderia estimular o país a buscar iniciativas como as vistas nos Estados Unidos nos últimos meses.

O próximo passo seria ajudar os congressistas a elaborar um projeto de lei para criar um escritório de pesquisa envolvendo organizações civis e militares como o que foi proposto pela Emenda Gillibrand”, diz Vernet, que também disse que atualmente lidera uma iniciativa separada focada em informar cientistas brasileiros influentes sobre a questão dos OVNIs.

Gevaerd diz que espera que a próxima audiência continue o que ele vê como um papel de liderança que o Brasil desempenhou ao trazer transparência à questão dos OVNIs ao longo das décadas.

Eu diria que o Brasil tem uma liderança nesse campo”, diz Gevaerd. “Temos um movimento que começou há cerca de dez anos para pedir ao governo que esclarecesse sobre os OVNIs.”

E nós conseguimos”, diz Gevaerd. “Agora, na biblioteca pública do Arquivo Nacional de Brasília, há 20.000 páginas de documentos de OVNIs produzidos pela Força Aérea Brasileira de acesso público gratuito.

Apesar da longa história do governo brasileiro de envolvimento e documentação relacionada às suas investigações no Arquivo Nacional do país, Vernet diz que muitos no Senado brasileiro permanecem em dúvida, e que a audiência pode ser uma importante oportunidade para conscientizar sobre questões em andamento relacionadas ao fenômeno das aeronaves não identificadas.

Deve ser lembrado que a maioria dos senadores é cética”, disse Vernet. “O foco em documentos e fatos oficiais do governo dos EUA é fundamental”, diz ele.

(Fonte)


E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO… e (importante) se puder, ajude na manutenção do OVNI Hoje utilizando o QR code do PIX abaixo:

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

hit counter code
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende exclusivamente dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!