Cientistas tentam desvendar mistério da “múmia sereia”

Tempo de leitura: 2 min.

Uma “múmia sereia” mantida em um templo tem sido objeto de adoração, objeto de pesadelos e fonte de mistério por centenas de anos.

Cientistas tentam desvendar mistério da "múmia sereia"
 A suposta sereia foi capturada por uma rede entre 1736 e 1741.

Agora, pela primeira vez, um projeto começou a analisar cientificamente a criatura mumificada, que tem a parte superior do corpo de um humano e a parte inferior do corpo de um peixe.

Os pesquisadores da Kurashiki University of Science and the Arts e outras organizações planejam anunciar suas descobertas por volta do outono (no hemisfério norte).

Em 2 de fevereiro, Kozen Kuida, 60, sacerdote-chefe do templo Enjuin em Asakuchi, removeu o precioso espécime de 30 centímetros de uma caixa de paulownia na sala de tomografia computadorizada do hospital veterinário da universidade.

Deitada de bruços em uma mesa de exame, a múmia parecia estar presa em um grito enquanto levava as mãos à boca. Além de unhas e dentes, a múmia tem cabelo na cabeça e escamas na parte inferior do corpo.

A família Kojima, na província de Bingo-Fukuyama, comprou a múmia antes de ser passada para outros proprietários após a virada da Era Meiji (1868-1912).

Como o templo Enjuin adquiriu a múmia também é um mistério.

Ela foi exposta em uma caixa de vidro para exibição pública há cerca de 40 anos. Mas agora é mantida em um cofre à prova de fogo para evitar a deterioração, disse Kuida.

Hiroshi Kinoshita, 54, membro do conselho da Okayama Folklore Society, surgiu com o projeto depois de encontrar uma foto da múmia enquanto lia materiais deixados por Kiyoaki Sato (1905-1998), um historiador natural de Satosho.

Acredita-se que Sato tenha escrito a primeira enciclopédia do Japão sobre ghouls “yokai”, hobgoblins e outras criaturas sobrenaturais do folclore japonês.

Depois de saber que a múmia da sereia estava alojada em Enjuin, Kinoshita procurou funcionários do templo e da universidade para conduzir a pesquisa, disse ele.

Múmias de sereias também foram usadas como objetos de adoração no Monte Koyasan na província de Wakayama e na ilha de Amami-Oshima na província de Kagoshima.

Segundo Kinoshita, uma delas tem a parte superior do corpo de um macaco e a parte inferior do corpo de um salmão.

Takafumi Kato, 54, professor da universidade especializada em paleontologia, é responsável pela análise morfológica da parte superior do corpo do espécime do templo Enjuin. Será sua primeira pesquisa sobre uma criatura mítica.

Ele pretende examinar o tratamento anti-séptico da múmia bem preservada.

Um professor associado especializado em ictiologia está se concentrando na parte inferior do corpo, enquanto outro professor associado com experiência em biologia molecular está realizando uma análise de DNA.

Kinoshita está analisando a relíquia do ponto de vista dos estudos folclóricos.

O Museu de História Natural Kurashiki, que serviu de intermediário entre Enjuin e a universidade, está apoiando o projeto.

Kuida compara a múmia sereia a Amabie, um monstro folclórico que se acredita ter o poder de afastar pragas.

O sacerdote chefe disse:

“Nós o adoramos, esperando que isso ajudasse a aliviar a pandemia de coronavírus, mesmo que apenas um pouco. Espero que o projeto de pesquisa possa deixar registros (científicos) para as gerações futuras.”

(Fonte)


E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO… e (importante) se puder, ajude na manutenção do OVNI Hoje utilizando o QR code do PIX abaixo:

Muito obrigado!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

hit counter code
Ads Blocker Image Powered by Code Help Pro

BLOQUEADOR DE ANÚNCIOS DETECTADO!!!

Caro leitor, a existência do OVNI Hoje depende exclusivamente dos anúncios apresentados aqui. Por favor, apoie o OVNI Hoje e desabilite seu bloqueador de anúncios para este site. Obrigado!