web analytics
Tempo de leitura: 2 min.

Belize reconheceu a existência de uma civilização submarina inteligente?

Tempo de leitura: 2 min.

Existem muitas histórias sobre criaturas humanoides que vivem nos oceanos. Marinheiros, militares, pescadores, mergulhadores, viajantes, oceanólogos – o espectro de profissões de testemunhas oculares é diverso.

[ATENÇÃO: Não há comprovação da veracidade de alguma ou todas as informações constantes neste artigo, o qual é publicado aqui meramente para cumprir a missão do OH.]

Belize reconheceu a existência de uma civilização submarina inteligente?

Desde a mais antiga história das civilizações, esses habitantes subaquáticos conviviam com as pessoas. No entanto, a ciência oficial nega esse estado de coisas. O homem é a coroa do desenvolvimento biológico na Terra, o pináculo da evolução e não pode haver habitantes inteligentes do oceano.

Nos tempos antigos, uma enorme colônia de índios maias vivia no território de Belize. Você pode mitificar seus conhecimentos o quanto quiser, mas a evidência de coabitação com representantes do ambiente aquático permaneceu entre eles. Além disso, argumenta-se que no primeiro milênio a.C., uma guerra eclodiu entre os maias e os habitantes do oceano. Os índios abandonaram a ideia de que estavam proibidos de pescar e coletar alimentos no litoral, então anunciaram o início de um confronto. Os maias venceram a luta e receberam o direito ao controle total da zona costeira de Belize.

Alguém dirá que isso é apenas um análogo de nossos contos de fadas e mitos. Talvez, mas relatos de encontros com sereias ou icthyanders nesta região não remontam apenas aos tempos antigos. Por exemplo, na Idade Média, marinheiros espanhóis e portugueses, e mais tarde mercadores turcos e holandeses, escreveram sobre essas criaturas fanáticas. Os povos indígenas de Belize e países vizinhos também apoiam essas histórias.

Durante a crise caribenha, marinheiros e militares soviéticos em nível não oficial falaram sobre encontros com homens e mulheres que eram diferentes das pessoas e, sem equipamento, mergulhavam fundo na água, nadando rapidamente e manobrando.

No final dos anos 1970 e 1980, meninas e meninos com “peles finas” entre os dedos das mãos e dos pés tornaram-se mais frequentes nas redes dos pescadores locais. Muitas pessoas perguntam por que não há fotos ou corpos dessas criaturas? Muito simples. O grito dessas criaturas subaquáticas leva a pessoa a um estado de paralisia ou estupor. Enquanto a criatura marinha humanoide volta a si, esses habitantes do ambiente aquático que caíram nas redes saem delas, abrindo caminho para recuar.

Em 2006, um pescador local contou como uma vez notou uma menina e uma criança pequena agarrada a seus ombros. Elas nadaram a uma profundidade de 2,5 a 3 metros e depois desapareceram nas profundezas. Quase cada segundo habitante das regiões costeiras de Belize e países vizinhos conta histórias semelhantes.

Em 2011, três caçadores furtivos tentaram pegar um filho de pessoas subaquáticas. Eles quase conseguiram, mas cinco homens e 3 mulheres vieram em socorro do bebê. Usando seu choro, eles facilmente recuperaram a criança. Mas a história não terminou aí.

Na verdade, as sereias não são tão gentis.

Até 2018, a caça a esses misteriosos habitantes do oceano era realizada de maneira bastante legal. O governo do país prometeu pagar US$ 1,5 milhão para quem conseguisse pegar uma dessas criaturas misteriosas. Isso muitas vezes levou a conflitos. Os pescadores e caçadores que voltaram da viagem voltaram com redes rasgadas, cortes nas mãos e, em vários casos, perda auditiva leve ou severa. O impacto acústico foi extremamente poderoso.

Finalmente, em 2018, as autoridades belizenhas abandonaram a ideia de capturar um desses representantes coabitando com nossa civilização submarina. No entanto, caçadores ardentes continuaram suas tentativas.

Para impedir isso, foi introduzida a permissão para confiscar propriedades e privar as licenças de pesca. A partir desse momento, em vez de tentar capturar as criaturas, decidiu-se fotografá-las, mas o mundo ainda não adquiriu imagens nítidas.

(Fonte)


E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

hit counter code