web analytics
Tempo de leitura: 2 min.

Um OVNI foi abatido no norte da região de Moscou em 1979

Tempo de leitura: 2 min.

Há muitas informações sobre a pesquisa de OVNIs por funcionários de um departamento especial da KGB.

Um OVNI foi abatido no norte da região de Moscou em 1979
Foto meramente ilustrativa. (Foto de Slava MKRVSKY no Pexels)

A KGB foi a principal agência de segurança da União Soviética de 13 de março de 1954 a 3 de dezembro de 1991. Ela foi a principal agência governamental de “jurisdição sindical-republicana”, desempenhando funções de segurança interna, inteligência e polícia secreta.

A agência era um serviço militar governado por leis e regulamentos do exército. Enquanto a maioria dos arquivos da KGB permanecem confidenciais, com o colapso da URSS, o selo “secreto” foi retirado de alguns dos documentos em vários incidentes de OVNIs.

Hoje vamos considerar apenas um incidente: Operação “Ocultação”.

O evento ocorreu em 1979 ao norte dos subúrbios mais próximos de Moscou. Em 13 de novembro, um objeto voador desconhecido foi detectado por sistemas de defesa aérea perto da cidade de Dubna. Como o aparato em forma de disco estava se movendo em direção à capital, decidiu-se derrubá-lo. Surpreendentemente, deu certo.

O lançamento de um míssil antiaéreo de defesa aérea foi realizado por uma das partes do ZRV, que é um ponto do sistema de defesa aérea do Anel Azul de Moscou.

O objeto foi abatido pelo primeiro golpe. Uma brigada militar partiu para o local do acidente. O aparelho em forma de disco acabou por ter quase 6 metros de diâmetro. O projétil perfurou o casco e danificou severamente o interior da nave.

O OVNI foi levado ao laboratório da associação de pesquisa e produção “Lightning”, onde o famoso “Buran”, o primeiro avião espacial a ser produzido como parte do programa soviético/russo Buran, já havia sido construído.

O interior do objeto foi severamente danificado. O método de controle do dispositivo ainda é desconhecido, pois o piloto não foi encontrado. Não havia marcas de identificação.

O suposto análogo da caixa preta não pôde ser desclassificado. Foi muito bem protegido de todas as tentativas de hackers. Até agora, não há informações sobre descriptografia ou obtenção de seus dados.

A conclusão dos especialistas foi impressionante – o aparelho não tinha motor e nenhum compartimento de combustível. Presumivelmente, o objeto se moveu devido à energia liberada por dois poderosos ímãs, que foi acumulada em um mecanismo desconhecido, que é um frasco de metal fechado em forma de sinal do infinito, dentro do qual havia água pesada.

Em 1982, graças aos destroços e aparelhos estudados, designers e engenheiros criaram uma espécie de simbiose de um avião de combate e um disco voador. Foi a primeira aeronave antigravitacional criada na URSS. Além disso, os funcionários da NPO Molniya tentaram restaurar o mecanismo do OVNI abatido, mas por algum motivo isso não foi possível.

Então, em 1982, os seguintes itens foram incluídos nas “Diretrizes para a Região de Moscou sobre a coleta de informações sobre fenômenos anômalos, em particular OVNIs” criadas:

1. Abater OVNIs apenas em caso de necessidade urgente.

2. Tentar estabelecer um contato por todos os meios disponíveis.

3. Se não houver resposta, levante a escolta no ar.

Além disso, um grupo de resposta rápida foi criado no Departamento de Estudos de OVNIs, que monitorou os locais de pouso dos veículos e também foi rapidamente até eles. Ao longo da última década da URSS, este departamento coletou informações sobre 28 pousos na região de Moscou e 3 locais de acidentes de veículos de natureza desconhecida.

Nos anos 90 e início dos anos 2000, várias testemunhas oculares dos eventos falaram em detalhes sobre este incidente de uma só vez: Viktor Lastochkin, um oficial que participou do transporte e identificação do objeto, o capitão da KGB, Andrey Petrov, um dos criadores das “Diretrizes metodológicas para a Região de Moscou na coleta de informações sobre fenômenos anômalos, em particular OVNIs”, Major Artyom Valeryevich Bystrov.

Essas histórias não nascem no vácuo. Em primeiro lugar, as últimas invenções são tão diferentes das anteriores que involuntariamente parece que essas tecnologias foram recebidas de outras civilizações.

Há 20 anos as pessoas tinham “bipes”, jogavam Tetris e tinham celulares com botão de pressão – agora todo mundo tem smartphones, iPads, Nintendos e outras delícias do progresso. O mesmo vale para a tecnologia militar – a maioria das armas mais recentes são criadas com base em dados obtidos em tais situações.

(Fonte)


E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

Plugin Kapsule Corp

hit counter code