web analytics
Tempo de leitura: 3 min.

Um evento celestial que pode revelar a vida extraterrestre avançada

Tempo de leitura: 3 min.

Quando se trata da busca por vida extraterrestre, o astrofísico Bradley Hansen diz que um dos maiores problemas não é saber por onde começar.

Um evento celestial que pode revelar a vida extraterrestre avançada
Ilustração artística de um sistema estelar binário. Crédito: pixabay

Hansen, que é professor de física e astronomia na Universidade da Califórnia, Los Angeles, disse ao site Inverse:

“Não temos muito dados e, portanto, a técnica tradicional é apenas fazer algo muito geral.”

Hansen passa seu tempo tentando restringir a busca pela procura da vida alienígena dentro de sistemas de estrelas específicos. O que torna essas estrelas tão especiais é sua proximidade – extraterrestres podem estar viajando entre sistemas como emigrantes cósmicos.

Em um artigo recente publicado no servidor de pré-impressão Arxiv, ele lista oito pares estelares que se envolvem em encontros hiperbólicos – essencialmente quando seu puxão gravitacional os traz juntos enquanto se cruzam como um cometa pode fazer ao redor do Sol. Alguns desses encontros estão próximos o suficiente para uma civilização inteligente migrar de uma estrela para outra.

Segmentar essas estrelas pode revelar sinais da tecnologia alienígena, pois elas fazem o salto, argumenta Hansen – e nos ajudam a resolver se estamos ou não sozinhos no universo.

Os alienígenas podem viajar entre estrelas?

Hansen, referindo-se ao potencial para os alienigenas viajarem entre as estrelas, disse:

“Este não é um grampo de ficção científica – você pode desenvolver essas tecnologias. Mas está muito além de nossas capacidades atuais e talvez sempre estará.”

A teoria é que, para uma civilização alienígena muito avançada, essa tecnologia não seria somente possível, mas também necessária. Em nosso próprio sistema solar, o Sol acabará por ficar sem hidrogênio e escurecer, tornando impossível sustentar a vida nos planetas em torno dele (não se preocupe, temos um tempo até que isso aconteça). O mesmo pode ser verdade para estrelas semelhantes em outras partes do universo, ou até mesmo nossa própria galáxia.

Para esta vida hiper-avançada, um sistema de estrelas vizinhas pode ser a atualização perfeita.

Hanse diz:

“Se o seu planeta vai ficar sem luz do Sol, então isso é uma forte motivação para migrar, mesmo que seja extremamente difícil. A capacidade de se mover entre estrelas é pouco possível – não impossível – mas é extremamente difícil. Você só faria isso quando você tiver absolutamente tiver que fazê-lo.”

Para os seres humanos considerando uma futura viagem interestelar, um dos destinos mais próximos à Terra é Proxima Centauri. A estrela anã vermelha está localizada a 4,2 anos de luz da Terra. Claro, os humanos são atualmente incapazes de alcançar outro sistema estelar, mas uma civilização alienígena mais avançada pode ser capaz de fazê-lo.

Hanse diz:

“Um salto para sobreviver, e é isso que seria. Não implicaria que os alienígenas se espalhem por toda a galáxia, mas poderia permitir que a civilização sobrevivesse transferindo-se de uma estrela para outra.”

No novo estudo, Hansen e sua equpe catalogaram16 pares de estrelas com um total de 132 eventos de passagem próxima. Esses eventos são quando duas estrelas entram dentro de uma distância próxima uma da outra, que são tão próximas quanto algumas mil unidades astronômicas (uma unidade astronômica é a distância do centro da Terra até a do Sol ou 149,6 milhões de quilômetros). A equipe então filtrou oito estrelas como os candidatos mais prováveis ​​para detectar esses tipos de eventos de migração alienígena, com duas em particular (GJ 433 e HR 858) como sendo mais ideal para hospedagem de planetas.

Henson ainda disse:

“Com essas distâncias, você realmente não precisaria de tecnologias substancialmente maiores ou suficientemente avançadas.”

Pense nisso desta forma: as espaçonaves Voyager estão ambas em trajetórias interestelares atualmente, com a Voyager 1 acelerando a 61.500 quilômetros por hora. Nessas velocidades, uma espaçonave poderia viajar algumas milhares de unidades astronômicas em poucas décadas.

Para uma civilização mais avançada, uma pequena atualização para essas tecnologias pode tornar essa migração interestelar atingível, de acordo com o estudo.

O que vem a seguir

Saber o que procurar pode ser uma benção quando você está olhando para uma infinidade de estrelas. Para procurar esses sinaisa partir da Terra à medida que ocorrem, Hansen sugere o uso de métodos já estabelecidos de busca por tecnologia alienígena. Isso envolve a detecção de sinais de rádio vindos do cosmos – mas, neste caso, Hansen diz que direcionar essas buscas às estrelas à medida que passam por esses encontros próximos umas com as outras pode ser mais proveitoso.

Também é possível que tais viagens interestelares pudem resultar em um fenômeno astrofísico que se assemelhe a um cometa, diz Hansen – outra chance de encontrar algo.

Hansen finalizou:

“Uma estrela que passa por tão perto pode espalhar cometas. Então você pode procurar por assinaturas de atividade cometária.”

(Fonte)


Enquanto os cientistas sonham a respeito dos meios mirabolantes de possíveis civilizações extraterrestres avançadas viajarem entre as estrelas, provavelmente já estamos sendo visitados aqui no nosso planeta, e grande parte da comunidade científica se recusa a estudar o fenômeno OVNI. Eles acham que a presença de OVNIs extraterrestre em nosso planeta é improvável, mas civilizações pulando entre estrelas binárias não. A razão disso é que as teses desses cientitas colocam as civilizações extraterrestres avançadas muito longe daqui e isso não ameaça o status quo imposto aqui na Terra. Já, se provarem que os OVNIs são extraterrestres, isso mudaria muita coisa em nosso planeta.

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

Plugin Kapsule Corp

hit counter code