web analytics
Tempo de leitura: 3 min.

SETI constrói rede para detectar lasers de civilizações alienígenas

Tempo de leitura: 3 min.

Há alguns meses, o Instituto SETI começou a instalar um segundo Observatório LaserSETI, desta vez a 3.000 metros acima do nível do mar no Observatório Haleakala, graças ao Instituto de Astronomia da Universidade do Havaí (IfA). Como resultado de desafios envolvendo equipamentos danificados durante o transporte, atrasos na cadeia de suprimentos para peças de reposição, mau funcionamento do equipamento e até mesmo uma nevasca no Havaí, a instalação foi atrasada, mas agora está concluída.

SETI constrói rede para detectar lasers de civilizações alienígenas
Instalação do LaserSETI em Haleakala. Os instrumentos aqui olham para o mesmo ponto que os de Ferguson (RFO) em Sonoma, CA. Crédito da imagem: Eliot Gillum.

Embora duas das quatro câmeras não estejam totalmente funcionais e serão substituídas, as observações agora são possíveis e a coleta de dados está em andamento. A equipe do IfA forneceu assistência inestimável durante todo o processo de configuração, especialmente durante os momentos em que não era possível para a equipe da LaserSETI estar no local devido às restrições do COVID e outros desafios logísticos.

LaserSETI é um programa de astronomia exclusivo projetado para detectar pulsos de laser potenciais originados de fora do sistema solar. Ele está construindo uma rede global de instrumentos para monitorar todo o céu noturno. Cada dispositivo LaserSETI consiste em duas câmeras idênticas giradas 90 graus uma da outra ao longo do eixo de visualização. Elas funcionam usando uma grade de transmissão para dividir as fontes de luz em espectros e, em seguida, ler a câmera mais de mil vezes por segundo. O primeiro observatório LaserSETI está localizado no Observatório Robert Ferguson em Sonoma, Calif. (EUA). As câmeras no novo local no Havaí serão voltadas para o leste, e os dispositivos da Califórnia, para o oeste. Os dois observatórios fornecerão cobertura redundante do céu sobre o Pacífico porque, como disse Carl Sagan, “alegações extraordinárias exigem evidências extraordinárias”.

Eliot Gillum, investigador principal da LaserSETI, disse:

“O LaserSETI está tentando um grande passo em frente no SETI, a busca por inteligência extraterrestre. É o primeiro projeto em astronomia ótica ou de rádio projetado para cobrir todo o céu. Quando você não sabe para onde olhar, um instrumento com um enorme campo de visão e intervalo de tempo nos permite cobrir muito mais áreas do que nunca.

Há tantas pessoas que ajudaram a tornar o LaserSETI possível que gostaria de agradecer. Da equipe do projeto a outros cientistas do Instituto SETI, aos nossos patrocinadores do Indiegogo e doadores privados, aos nossos notáveis ​​parceiros observatórios no Instituto de Astronomia e no Observatório Ferguson, é preciso uma vila para enfrentar um projeto tão audacioso.”

Karen Meech, diretora interina do IfA, disse:

“A possibilidade de que existe vida em outro lugar é emocionante para o público, especialmente com os relatos de moléculas biologicamente interessantes na atmosfera de Vênus, a seleção de duas missões Vênus pela NASA, a missão do jipe-sonda Mars Perseverance e a próxima missão Europa Clipper para explorar Lua de Júpiter.

UH tem um longo envolvimento com Astrobiologia para explorar a possibilidade de vida em outros lugares – tanto por meio de pesquisas relacionadas à formação de mundos habitáveis, descoberta de exoplanetas e o desenvolvimento de novos e inovadores tecnologia de espelho e telescópio para detectar planetas. É empolgante adicionar uma nova direção a esta investigação em busca de assinaturas tecnológicas.”

Os projetos SETI tradicionalmente ópticos têm contado com tubos fotomultiplicadores para detectar flashes de laser, essencialmente tornando-os camerais de um pixel e permitindo que apenas uma pequena parte do céu seja observada. O LaserSETI usa duas câmeras com lentes comerciais que capturam imagens de aproximadamente 75 graus do céu em detectores de estado sólido prontos para uso. Na frente da lente está uma grade que transforma qualquer fonte de luz no campo de visão da câmera em um espectro duplo semelhante ao arco-íris. Embora as estrelas produzam um espectro completo do azul ao vermelho, um laser só aparecerá em seu comprimento de onda característico (pense em seu apontador laser vermelho).

Capaz de distinguir diferentes cores de luz, a instrumentação LaserSETI não se limita a flashes extremamente curtos como as pesquisas SETI convencionais. E como os dispositivos são grande-angulares, é possível cobrir todo o céu noturno com um número relativamente pequeno deles, mantendo assim os custos baixos.

O financiamento inicial para a LaserSETI foi arrecadado por meio de uma campanha de crowdfunding em 2017, com financiamento adicional fornecido por meio de doações privadas. O plano prevê a implantação de mais dez instrumentos em Porto Rico, nas Ilhas Canárias e no Chile. Quando essa fase for concluída, o sistema será capaz de monitorar o céu noturno em cerca de metade do hemisfério ocidental.

As próximas etapas para o LaserSETI em Haleakala incluirão a substituição de duas das câmeras para trazer o sistema à funcionalidade total. Espera-se que isso aconteça em janeiro de 2022.

(Fonte)


Como nem sequer sabemos qual percentual das civilizações tecnologicamente avançadas usa tecnologia laser, no meu limitado conhecimento científico acho improvável que mais esta tentativa do SETI surta resultados positivo. Porém, torço para que sim.

E toda essa movimentação do SETI a procura de transmissões de rádio e agora de laser vindos de civilizações extraterrestres me faz lembrar um meme que encontrei na Internet, o qual compartilho abaixo:

SETI constrói rede para detectar lasers de civilizações alienígenas

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Atenção: Qualquer artigo aqui publicado serve somente para cumprir a missão deste site. Assim, o OVNI Hoje não avaliza sua veracidade totalmente ou parcialmente.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…

USE O CUPOM OVH10 E GANHE 10% DE DESCONTO!

ÁREA DE COMENTÁRIOS

ATENÇÃO:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores.
  • A PRIMEIRA TENTATIVA DE BURLAR AS REGRAS INCORRERÁ EM BANIMENTO DA ÁREA DE COMENTÁRIOS!

Plugin Kapsule Corp