web analytics
Tempo de leitura: 3 min.

Nova pesquisa: A Lua tem sim a ver com o comportamento humano

Tempo de leitura: 3 min.

Por décadas, ouvimos dizer que o único satélite natural da Terra não afeta realmente o comportamento humano. Mas uma nova pesquisa diz que sim.

Nova pesquisa: A Lua tem sim a ver com o comportamento humano
Crédito da imagem: depositphotos

A noção de que a Lua tem um efeito poderoso na mente humana está profundamente enraizada na cultura e na tradição. Está até embutido na linguagem; considere a palavra “lunático”, que vem da palavra latina lunaticus. Mas se você está convencido de que a fase da Lua afeta seu humor ou o humor das pessoas ao seu redor, a ciência há muito tem uma mensagem clara para você: Você está errado. Isso é um mito. Muitos estudos foram feitos nas últimas décadas em busca de uma associação, e não houve virtualmente nenhuma evidência de qualquer efeito da Lua no comportamento humano.

Mas talvez a ciência esteja procurando nos lugares errados. De acordo com alguns novos estudos, pesquisas anteriores sobre os ciclos da Lua perderam um padrão bastante surpreendente.

Um paciente muito organizado

David Avery, psiquiatra da Escola de Medicina da Universidade de Washington, é especialista no tratamento de transtornos do humor e fez extensas pesquisas sobre o ritmo circadiano e a fototerapia. Em 2004, um paciente o procurou com transtorno bipolar de ciclo rápido. Este homem era um engenheiro, alguém que Avery descreve como “muito metódico e organizado“. Em um esforço para descobrir o que estava causando suas mudanças de humor, o engenheiro manteve registros meticulosos de seus ciclos de sono-vigília, que ele compartilhou com Avery. O paciente passava de cerca de duas semanas mal dormindo para cerca de duas semanas de sono excessivo. Durante os períodos de baixo sono, ele ficava maníaco. Durante as fases de sono pesado, ele ficava deprimido.

A conexão entre sono e transtorno bipolar não é nova. Alexandra Gold, pesquisadora clínica da Harvard Medical School, cuja pesquisa inclui o papel do sono no transtorno bipolar, aponta que “décadas de pesquisa mostraram que horários regulares e luz estão entre os componentes para manter a estabilidade do humor”. Muitas dessas pesquisas foram feitas por Avery.

Mas isso era diferente. Os padrões de sono deste paciente não correspondiam aos ciclos de luz e escuridão da Lua. E ele dormia em um quarto que estava completamente escuro, não importando a duração do dia ou a fase da Lua. Mas seus padrões de sono combinavam perfeitamente com os ciclos das marés. Quando Avery colocou os dados em uma planilha do Excel, o padrão “simplesmente apareceu”, diz ele.

Noites com pouco ou nenhum sono regularmente coincidiam com o ciclo das marés que ocorria durante as luas cheias e luas novas, enquanto as noites com 12 horas de sono regularmente coincidiam com o ciclo das marés que acompanhava as meias luas. Claramente, o efeito era da gravitação (as marés) e não da iluminação (luas cheias/luas novas).

Embora Avery tenha detectado esse padrão imediatamente, ele não publicou seus resultados. Por mais notável que fosse o padrão, ele não conseguiu encontrar nenhum mecanismo para isso. E era apenas um paciente. Os dados permaneceram em uma gaveta de arquivo por mais de uma década.

Descoberta serendipitosa

Na década de 1970, Thomas Wehr, agora um cientista emérito do Instituto Nacional de Saúde Mental e um dos pioneiros na pesquisa do sono e dos ritmos circadianos em humanos, observou os padrões de sono de 17 pacientes com transtorno bipolar, e observou padrões estranhos que pareciam para coincidir com os ciclos lunares. No entanto, seus pacientes seguiram um ciclo lunar muito mais complexo do que o paciente de Avery. E eles não guardaram os registros de sono detalhados que o engenheiro tinha. Wehr tinha ficado intrigado com os dados desde então. O paciente de Avery era a chave. “Acho que é casualidade”, diz Avery, ressaltando que a excelente manutenção de registros de seu paciente tornou possível ver o padrão.

Os dois pesquisadores se uniram para analisar os dados e, em 2018, Avery e Wehr publicaram um artigo detalhando sua descoberta conjunta: A Lua realmente influencia o humor.

Décadas de estudos não perceberam o efeito porque se concentraram em apenas um tipo de ciclo lunar e observaram grupos de indivíduos cujas respostas variadas se anulavam.

Wehr escreveu em um artigo publicado nesta primavera discutindo esta pesquisa:

“Dada a variabilidade das respostas humanas aos ciclos lunares, as análises agregadas usadas em quase todos os estudos anteriores provavelmente teriam cancelado as respostas dos indivíduos e levado a resultados falsos negativos.”

Avery acrescenta:

“Acho importante estudar os indivíduos longitudinalmente. Quando olhamos para um grande número de assuntos, há muito ruído e resultados significativos se perdem.”

Mecanismo Misterioso

O padrão está definitivamente presente quando você sabe como identificá-lo. Mas, como Avery observou em 2004, o mecanismo ainda é um mistério. Uma possibilidade, diz ele, é que o sistema vestibular, importante para o equilíbrio e capaz de detectar a gravidade, esteja afetando o sono e os ritmos circadianos. Mas existem outras possibilidades.

Ele diz:

“A lua pode estar alterando o campo magnético, causando alterações nos criptocromos do hipotálamo e alterando o relógio biológico dessa forma. Mas agora, parece que a gravidade é o principal suspeito.”

Outras coisas além dos ciclos de sono-vigília, como os ciclos menstruais, são provavelmente afetadas por mais de um tipo de ciclo lunar também, como Wehr aponta no artigo de 2021. Mas ainda há muito trabalho a ser feito.

Gold diz:

“Esta é uma nova área de pesquisa empolgante. E ainda há muito mais a ser conhecido sobre os ciclos lunares e o humor.”

Enquanto isso, se seus padrões de sono ou humor parecem seguir um padrão misterioso, não presuma que não tem nada a ver com a Lua.

(Fonte)


A “sabedoria” dos antigos mais uma vez provada correta. A ciência parece estar começando a enxergar que certas coisas descartadas prontamente como mito podem ter, pelo menos, um fundo de verdade. E isto também está ocorrendo a respeito dos OVNIs, com muitos cientistas agora dispostos a estudar seriamente o fenômeno.

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…

USE O CUPOM OVH10 E GANHE 10% DE DESCONTO!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.

Plugin Kapsule Corp