web analytics
Tempo de leitura: 3 min.

Mistério não resolvido das pegadas gigantes no templo de Ain Dara

Tempo de leitura: 3 min.

Do lado de fora da entrada do templo Ain Dara, há um par de pegadas gigantes. Ainda não se sabe quem as fez ou as esculpiu.

Mistério não resolvido das pegadas gigantes no templo de Ain Dara
Se viajarmos para o vilarejo de Ain Dara, a noroeste de Aleppo, na Síria, encontramos um templo da Idade do Ferro.

A convicção de nossos ancestrais de que seres sobre-humanos gigantescos em tamanho uma vez vagaram pela Terra é repetidamente refletida em lendas e mitos antigos…

Se viajarmos para o vilarejo de Ain Dara, a noroeste de Aleppo, na Síria, encontraremos um templo da Idade do Ferro.
O outrora magnífico templo Ain Dara, ou o que restou, atraiu a atenção em 1955, quando um leão de basalto monumental foi descoberto acidentalmente.

O templo foi posteriormente escavado entre 1980 e 1985 e muitas vezes foi comparado ao Templo do Rei Salomão.

Como o Bible History Daily aponta:

“A semelhanças entre o templo Ain Dara e o templo descrito na Bíblia são realmente impressionantes. Ambos os edifícios foram erguidos em enormes plataformas artificiais construídas no ponto mais alto de suas respectivas cidades.

Os edifícios também têm planos tripartidos semelhantes: um pórtico de entrada apoiado por duas colunas, um salão do santuário principal (o salão do templo Ain Dara é dividido entre uma antecâmara e uma câmara principal) e, em seguida, atrás de uma partição, um santuário elevado, Ou Santo dos Santos. Eles também eram flanqueados em três de seus lados por uma série de salas e câmaras de vários andares que serviam a várias funções.”

No entanto, embora o templo Ain Dara compartilhe muitas características com o templo do Rei Salomão, é improvável que seja o mesmo edifício.

De acordo com o escavador Ali Abu Assaf, o templo de Ain Dara existiu por 550 anos, por volta de 1300 aC. A 740 aC.

Os arqueólogos ainda não conseguem chegar a um acordo sobre quem foi a divindade a quem o templo foi dedicado. Alguns acreditam que foi dedicado a Ishtar, a deusa da fertilidade. Outros sugerem que era a deusa Astarte, dona do santuário. No entanto, outro grupo sugere que provavelmente o dono do templo era o deus Baal Hadad.

Originalmente, o prédio também tinha tijolo de barro coberto com painéis de madeira, mas hoje infelizmente está perdido.

A fachada e as paredes internas são animadas por centenas de relevos finamente esculpidos representando leões, querubins e outras criaturas míticas, deuses da montanha, palmetas e desenhos geométricos ornamentados.

No limiar da entrada do templo Ain Dara, há um par de pegadas gigantes esculpidas. Eles têm cerca de um metro de comprimento e estão voltados para o interior do templo.

Quem esculpiu essas pegadas gigantes no templo Ain Dara?

Como o Templo de Salomão, o templo Ain Dara foi abordado por um pátio pavimentado com lajes. A marca do pé esquerdo estava entalhada na laje, indicando que o deus estava entrando no templo. A pegada certa foi esculpida no limiar da cella, indicando que o deus gigante precisava de apenas dois passos para entrar no templo.

Uma passada de 9 metros pertenceria a uma pessoa (ou deusa) com cerca de 20 metros de altura. O templo é grande o suficiente para o deus entrar e morar nele.

No entanto, é improvável que tenham sido deixados por um ser que entrou no templo. As pegadas gigantes continuam sendo um quebra-cabeça não resolvido.

Os estudiosos não sabem porque foram esculpidas e a que propósito serviram. Alguns cientistas sugeriram que as pegadas podem ser projetadas para lembrar a presença dos deuses, uma espécie de representação icônica da divindade.

Embora este não seja um par genuíno de pegadas gigantes, a escultura é real e mostra claramente que nossos ancestrais estavam familiarizados e testemunharam seres de tamanho gigantesco.

(Fonte)


Embora as pegadas do templo Ain Dara tenham sido esculpidas por humanos, outros indícios de gigantes foram encontradas em vários lugares do mundo. Contudo, em todos os casos os arqueólogos as descartaram como não sendo reais.

Teria mesmo um raça de gigantes vivido entre humanos de estatura “normal”? As lendas dizem que sim.

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…

USE O CUPOM OVH10 E GANHE 10% DE DESCONTO!


ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.

Plugin Kapsule Corp