web analytics
Tempo de leitura: 2 min.

Local do “arroto alienígena” (metano) pode ter sido detectado em Marte

Tempo de leitura: 2 min.

Cientistas acham que podem ter localizado a misteriosa fonte de metano, um gás frequentemente produzido por micróbios, e que poderia ter implicações potenciais para a possibilidade de vida em Marte.

Local do "arroto alienígena" (metano) pode ter sido detectado em Marte
O jipe-sonda Mars Curiosity detectou uma mudança nos níveis de metano no planeta vermelho (Imagem: NASA)

Desde que o jipe-sonda Curiosity pousou na cratera Gale em 2012, ele mede a quantidade de metano nas proximidades. Ele notou picos no nível de metano em seis ocasiões.

Os pesquisadores agora podem ter rastreado os “arrotos” até sua origem. Eles foram capazes de localizar a origem mais provável, com uma possibilidade de estar a apenas algumas dezenas de quilômetros de distância do veículo espacial.

Especialistas do California Institute of Technology escreveram em seu artigo de pesquisa:

“(As descobertas) apontam para uma região de emissão ativa a oeste e sudoeste do jipe-sonda Curiosity, no piso noroeste da cratera.

Isso pode invocar uma coincidência em termos selecionado um local de pouso para o Curiosity que está localizado próximo a um local de emissão de metano ativo.”

Isso é considerado uma possibilidade para os cientistas, já que quase todo o metano da atmosfera terrestre tem origem biológica, segundo os pesquisadores.

A descoberta pode ser um indicador chave para encontrar vida em Marte, o que há muito é um fascínio para os pesquisadores.

Se corretos, estas seriam as localizações mais precisas de fontes de metano já encontradas no planeta vermelho.

Espera-se que o metano em Marte tenha uma vida útil detectável de não mais do que 300 anos, e sua presença contínua “indica que algo está produzindo metano hoje”, de acordo com o Dr. John Moore, daIy em Toronto, Canadá.

Os resultados do estudo ainda não foram revisados ​​por pares.

(Fonte)


O problema é que “apenas algumas dezenas de quilômetros”, significa que o Curiosity nunca chegará até lá, ou , no máximo, demorará muito tempo, se é que a NASA o enviará até o local onde o metano se origina.

As apostas estão abertas. Eu aposto que a vida microbiana é que está produzindo o metano em Marte, mas que nunca chegarão até o local para confirmar isto (ou no mínimo uma década passará até que o façam).

– n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:



ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.
EnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol