web analytics

Incognoscível? – “A estrutura da linguagem de uma civilização extraterrestre”

Tempo de leitura: 2 min.

Em dezembro de 2020, o ex-diretor da CIA, John Brennan, disse que era “presunçoso e arrogante” acreditar que não havia outras formas de vida além das da Terra, referindo-se aos recentes vídeos divulgados pelo Pentágono de avistamentos de OVNIs da Marinha dos EUA.

Incognoscível? - "A estrutura da linguagem de uma civilização extraterrestre"
Crédito da imagem: Paramount Pictures filme “A Chegada”

Ele disse no podcastConversations with Tyler“:

“Eu acho que alguns dos fenômenos que veremos continuam inexplicados e podem, na verdade, ser algum tipo de fenômeno que é o resultado de algo que ainda não entendemos e que pode envolver algum tipo de atividade que alguns podem dizer que constitui uma forma de vida diferente.”

Isto levanta a questão profunda: se algum dia tivermos contato com uma civilização extraterrestre, seremos capazes de nos comunicar com eles? Eles usarão uma linguagem que possamos compreender?

A Grande Questão

De acordo com o linguista Noam Chomsky:

“A linguagem marciana pode não ser tão diferente da linguagem humana, afinal… Se um marciano visitasse a Terra, pensaria que todos nós falamos dialetos da mesma língua, porque todas as línguas terrestres compartilham uma estrutura subjacente comum.”

Ele provavelmente que dizer, uma “gramática universal.

Outros também acreditam que, uma vez que as leis do universo são supostamente as mesmas em todos os lugares, a linguagem que as civilizações alienígenas usam pode ser fundamentalmente semelhante.

Stephen Krashen, por outro lado, escreveu:

“É possível que a linguagem alienígena seja completamente diferente das línguas humanas”.

No entanto, se uma sonda alienígena pousasse na Terra e falasse uma língua que violasse a gramática universal, simplesmente não seríamos capazes de aprender essa língua da mesma forma que aprendemos uma língua humana, como inglês ou chinês, diz Chomsky.

Os defensores da busca por inteligência extraterrestre (SETI) estimam que encontraremos inteligência alienígena nas próximas décadas. Mesmo que você mantenha uma estimativa mais conservadora – digamos, que a chance de encontrar inteligência alienígena nos próximos 50 anos seja de 5 por cento – as apostas para nossa espécie são altas. Saber que não estamos sozinhos no universo seria uma realização profunda, e o contato com uma civilização alienígena poderia produzir incríveis inovações tecnológicas e percepções culturais.

Portanto, devemos perguntar: como os alienígenas podem pensar? E talvez o mais importante, como eles se comunicarão?

Civilizações Pós-biológicas

A filósofa Susan Schneider, do Institute for Advanced Studies, diz:

“As civilizações mais sofisticadas serão pós-biológicas, formas de inteligência artificial (IA)”

Além disso, civilizações alienígenas tenderão a ser formas de superinteligência: inteligência que é capaz de exceder a melhor inteligência de nível humano em todos os campos – habilidades sociais, sabedoria geral, criatividade científica.

Além de encontrarmos uma espécie de IA, podemos esperar aprender uma língua alienígena?

O primeiro obstáculo seria seu meio. Os humanos se comunicam em uma faixa de frequência de som de 85-255 Hz e na faixa de frequência de luz 430-770 THz. É improvável que isso seja verdade para os alienígenas, que terão evoluído de forma diferente. No entanto, o problema é em grande parte técnico. O canto acelerado das baleias, que de outra forma seria inaudível para os humanos, por exemplo, mostra que é relativamente fácil mapear estímulos “alienígenas” em formas que os humanos possam perceber.

Os alienígenas sencientes podem não precisar de um idioma. É inteiramente possível que uma civilização alienígena possa se desenvolver apenas com comunicação não linguística ou uma protolinguagem.

Avi Shporer.

Cientista Pesquisador, Instituto MIT Kavli de Astrofísica e Pesquisa Espacial via The Conversation e Cambridge.org, Avi foi anteriormente um pesquisador da NASA Sagan no Laboratório de Propulsão a Jato (JPL).

(Fonte)


Talvez, mais cedo ou mais tarde saberemos a resposta deste grande mistério… talvez… talvez…

– n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.


Meus sinceros agradecimentos aos que doaram ao OH neste mês de maio:

  • Boris G. K.
  • Ricardo C. A.
  • Eduardo S. S.
  • Egidia L.
  • Joaquim F. P. C.
  • Helio S Jr.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:



ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.
EnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol