web analytics
Tempo de leitura: 2 min.

Empresa sediará lutas de MMA – “Galactic Combat” – no espaço

Tempo de leitura: 2 min.

Talvez um título mais apropriado para o artigo abaixo seria: “Veja uma das razões porque os ETs não fazem contato direto conosco”:

Empresa sediará lutas de MMA -  “Galactic Combat” - no espaço
Crédito da imagem: depositphotos

Fazendo uso incrível dos avanços recentes na tecnologia de viagens espaciais, a produtora Iervolino Entertainment e a startup Space 11 acabam de anunciar a criação do “Galactic Combat”, um novo formato de lutas de artes marciais mistas que acontecerão no espaço com gravidade zero.

Apesar de soar inacreditavelmente “metal”, é um plano bizarro com chances questionáveis ​​de sucesso. Como destacou o redator sênior do Space News, Jeff Foust no Twitter, o Galactic Combat acontecerá em uma espaçonave especialmente projetada com uma “cápsula de combate” embutida enquanto orbita o planeta a cada 90 minutos.

A maior parte da competição parece estar mais focada no treinamento para as lutas do que nas próprias lutas. O anúncio explica que 32 dos 40 competidores seriam eliminados ao longo de um programa de treinamento que usa componentes dos regimes de treinamento de astronautas para preparar os lutadores para a batalha em gravidade zero.

Os oito finalistas lutarão por uma vaga na grand finale, que supostamente acontecerá na espaçonave de combate especialmente projetada.

Andrea Iervolino disse no anúncio:

“O espetáculo absoluto de combate em um ambiente de gravidade zero proporcionará uma experiência de visualização ‘imperdível’ que será verdadeiramente inovadora e representa o que a Espaço 11 foi projetada para oferecer ao público ansioso para ver os limites ultrapassados. Um formato que requer o treinamento mais exclusivo e oferece a mais emocionante nova competição esportiva servirá bem aos fãs”.

Ele ainda acrescentou:

“E, claro, estamos totalmente [comprometidos] com as tecnologias testadas e os dados científicos que sabemos que fornecerão a experiência mais segura em todo o processo.”

(Fonte)


Que me desculpem os fãs de MMA, mas para mim já mais do que passou da hora da raça humana sair da mentalidade “Circo de Roma”. Com isto, não estou dizendo que estou livre eu mesmo de ter meus acessos de “brutalidade” quando a situação clama por auto defesa, mas para mim é incompreensível que pessoas coloquem sua saúde física em jogo -com risco até de consequências extremamente graves – somente para que o público vibre torcendo para que “se matem”. A única diferença do que fazem agora comparada com o Circo de Roma da antiguidade é que hoje a morte é “acidental”, enquanto antes era a norma. Do resto, é tudo igual.

Eu sei, eu sei: já fui xingado uma vez quando me manifestei quanto a isso num artigo do Yahoo e até entendo essas pessoas, pois a Terra “recebe” almas de todos os tipos e mentalidades. Nem todo mundo, mesmo aqui no OH, pensa como eu, e isso é ótimo.

Mas, a meu ver, o cultivo da brutalidade, seja em lutas como essas ou em outros canais de entretenimento, só ajuda a manter a sociedade bruta, pois projeta isso como sendo perfeitamente aceitável.

Você acha que estou errado? Seja qual for sua opinião, comente de forma educada (sem me xingar 😁 ) na área de comentários mais abaixo.

– n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:



ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.
EnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol