web analytics

Vida alienígena poderá ser encontrada em 2026, dizem cientistas

Tempo de leitura: 2 min.
Vida alienígena pode ser encontrada em 2026, dizem cientistas
Telescópio poderá encontrar sinais de vida alienígena. Foto: NASA

Os cientistas dizem que podem encontrar provas da existência de alienígenas dentro de cinco anos, graças a um novo telescópio.

O telescópio espacial James Webb da NASA pode detectar sinais de vida em outros planetas, de acordo com pesquisadores. O telescópio será capaz de observar objetos a mais de 13 bilhões de anos-luz de distância. Ele oferecerá aos pesquisadores uma maneira de encontrar sinais de vida como a amônia química na atmosfera em torno dos planetas “anões gasosos”.

Caprice Phillips, uma estudante graduada da Ohio State University, disse:

“O que realmente me surpreendeu sobre os resultados é que podemos encontrar realisticamente sinais de vida em outros planetas nos próximos cinco a dez anos.

A humanidade contemplou as questões: ‘Estamos sozinhos? O que é a vida? A vida em outros lugares é semelhante a nós?’

Minha pesquisa sugere que, pela primeira vez, temos o conhecimento científico e as capacidades tecnológicas para começar a encontrar as respostas para essas perguntas de forma realista.”

Ela disse que o estudo mostrou que agora é possível procurar por sinais “se considerarmos os planetas anões gasosos como locais potenciais para abrigar vida”.

Os pesquisadores analisaram como o telescópio responderia às nuvens e às condições em um planeta anão gasoso.

Em seguida, eles criaram uma lista de onde ele deve pesquisar a vida, relata o MailOnline.

A equipe descobriu que podia detectar possíveis sinais de vida em apenas 60 horas.

A ferramenta é o telescópio espacial mais poderoso já construído.

Ele demorou 15 anos para desenvolver a um custo de cerca de £ 7,25 bilhões (aproximadamente 55 bilhões de Reais) e deve ser lançado no foguete Ariane 5 da Agência Espacial Europeia da Guiana Francesa em 31 de outubro.

Seu telescópio infravermelho observará objetos a mais de 13 bilhões de anos-luz de distância.

Como leva muito tempo para a luz viajar pelo universo, o telescópio estará efetivamente olhando para objetos 13,6 bilhões de anos atrás, cerca de 100 milhões de anos após o Big Bang – quando as primeiras estrelas e galáxias começaram a se formar.

Depois de ser lançado no espaço, o telescópio irá orbitar o Sol, voando a até 1,5 milhão de quilômetros da Terra.

A pesquisa foi apresentada na American Physical Society.

(Fonte)


Tomara que tudo corra bem com o lançamento e implantação deste telescópio no espaço. Ele trará muitas descobertas interessantes para nós.

Contudo, um estudo mais sério do fenômeno OVNI aqui na Terra, com o devido rigor científico, poderá nos dar a resposta final à questão da vida alienígena, sem gastar bilhões.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site.

Clique aqui para apoiar através do site Apoia.se, ou use o botão abaixo:


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:

(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.