Panconsciência: Um Salto Quântico para o Programa de Simulação de Ancestrais

Compartilhe esta informação com a galáxia!
Tempo de leitura: 2 min.
Panconsciência: Um Salto Quântico para o Programa de Simulação de Ancestrais

O panpsiquismo sustenta que o universo é uma teia de consciência – um estágio vazio no qual tudo o que existe de alguma forma surgiu para representar o grande drama da vida. O panpsiquismo pode em breve ser substituído pela panconsciência, se um novo artigo escrito por uma equipe de cientistas do Instituto de Física Teórica de Pesquisa da Gravidade Quântica, com sede em Los Angeles, for aprovado na avaliação acadêmica revisada por pares. Isso significará que toda a concepção da humanidade de quem somos e como chegamos aqui, dará um salto quântico para a frente. O estudo é intitulado “The Self-Simulation Hypothesis Interpretation of Quantum Mechanics” (“A Interpretação da Hipótese de Auto-Simulação da Mecânica Quântica” – título em tradução livre). Dizer que é inovador é um eufemismo. Em termos simples, ele propõe que nosso universo físico consiste no que é chamado de “loop estranho”.

Universo: um programa de simulação ancestral

O artigo começa empregando uma teoria relativamente conhecida sobre o que é considerado realidade. Pode ser uma espécie de programa de computador. Esta ideia foi considerada e discutida por alguns anos. Geralmente é formulado em especulações de que o universo é, na verdade, um programa de simulação de ancestrais executado por pós-humanos, membros muito mais evoluídos de nossa própria espécie, que estão experimentando diferentes cenários e perguntas do tipo “e se”.

De acordo com Nick Bostrom, um dos autores do novo estudo:

“O próprio processo de evolução poderia ser apenas um mecanismo pelo qual os seres futuros estão testando inúmeros processos, movendo os humanos propositadamente através de níveis de crescimento biológico e tecnológico. Dessa forma, eles também geram a suposta informação ou história de nosso mundo. Em última análise, não saberíamos a diferença.”

Outros proponentes até se perguntam se formas de vida avançadas de outras partes do multiverso estão por trás de toda a simulação. Mas este artigo sugere uma resposta mais simples. Em suma, diz que nosso universo pode ser uma “autoestimulação mental”.

Em outras palavras, de acordo com esta teoria, “mente” está na raiz de tudo, e o universo material percebido por nossos sentidos e, por extensão, as ferramentas de nossa ciência, é uma manifestação dessa mente, que criou um “corpo” para si. Esse corpo não é nada menos do que o universo físico.

Se isso por si só não for suficiente, a teoria utiliza ideias avançadas sobre a mecânica quântica para especular que nosso universo é apenas um de muitos universos possíveis, todos os quais são criados pela própria “Mente”.

(Fonte)

Colaboração: Henrique Carvalho


Uma panconsciência que quer, talvez, experimentar de tudo? Eu não duvidaria, considerando todos os diferentes sentimentos “gerados” pelo reino vivo, especialmente a humanidade.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe esta informação com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site.

Clique aqui para apoiar através do site Apoia.se, ou use o botão abaixo:


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:

(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.