Humanos estão perdendo rapidamente a capacidade de procriar, alerta cientista

Compartilhe esta informação com a galáxia!
Tempo de leitura: 2 min.
Humanos estão perdendo rapidamente a capacidade de procriar, alerta cientista
Humanos hoje.

Uma professora de medicina ambiental está soando o alarme sobre o rápido declínio das taxas de fertilidade dos humanos – e ela diz que os produtos químicos em plásticos são os principais culpados.

Shanna Swan, professora de medicina ambiental e saúde pública na Escola de Medicina Icahn do Monte Sinai, na cidade de Nova Iorque, ajudou a concluir um grande estudo em 2017 que descobriu que a contagem de espermatozoides entre homens em países ocidentais caiu mais de 50 por cento nas últimas quatro décadas , de acordo com o The Guardian. No mês passado, ela lançou seu livro “Count Down” (“Contagem Regressiva” – título em tradução livre), que investiga como e porque os humanos estão perdendo sua capacidade de procriar.

Swan disse ao The Guardian:

“As pessoas estão reconhecendo que temos uma crise de saúde reprodutiva, mas dizem que é por causa do atraso na procriação, escolha ou estilo de vida – não pode ser químico. Quero que as pessoas reconheçam que sim. Não estou dizendo que outros fatores não estão envolvidos. Mas estou dizendo que os produtos químicos desempenham um papel causal importante.”

No estudo de 2017 publicado no Human Reproduction Update, os pesquisadores descobriram que a concentração de espermatozóides caiu de 99 milhões por ml em 1973 para 47,1 milhões por ml em 2011. Isso representa um declínio acentuado na contagem de espermatozoides de 53,4% em homens em países ocidentais como a Austrália, Nova Zelândia, América do Norte e Europa.

De acordo com Swan, um dos principais impulsionadores são os produtos químicos que “interferem ou imitam os hormônios sexuais do corpo”.

Ela informou:

“Os ftalatos, usados ​​para tornar o plástico macio e flexível, são uma preocupação primordial. Eles estão em todos e provavelmente estamos principalmente expostos através dos alimentos, pois usamos plástico macio na fabricação, processamento e embalagem de alimentos.”

Ela continuou:

“Eles diminuem a testosterona e, portanto, têm as influências mais fortes no lado masculino, por exemplo, diminuindo a contagem de espermatozóides, embora também sejam ruins para as mulheres, demonstrando que diminuem a libido e aumentam o risco de puberdade precoce, falência ovariana prematura, aborto e nascimento prematuro.”

Swan diz que a taxa de declínio da fertilidade não é apenas uma peculiaridade estranha que pode ser facilmente resolvida com terapias reprodutivas como a fertilização in vitro. Na verdade, representa uma ameaça existencial para a humanidade. Na verdade, ela projeta que o mundo estará em vias de se tornar completamente infértil em 2045.

Swan escreve em “Count Down“:

“O estado atual dos assuntos reprodutivos não pode continuar por muito mais tempo sem ameaçar a sobrevivência humana.”

Embora esta situação pareça terrível (e é), há alguma esperança. Ela diz que precisamos que a indústria química desenvolva novos produtos químicos não hormonalmente ativos para uso doméstico. Além disso, aqueles que planejam ter filhos devem ter cuidado com os plásticos que trazem para casa, como Teflon, BPA e ftalatos.

Caso contrário, o filme Filhos da Esperança poderá parecer mais como um documentário do que um filme de ficção um dia.

(Fonte)


Infelizmente, a raça humana, pela maior parte, é impulsionada pela ganância e lucro acima de qualquer outra coisa. Mais cedo ou mais tarde pagaremos um preço alto em várias frentes por essa aberração psicológica.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe esta informação com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site.

Clique aqui para apoiar através do site Apoia.se, ou use o botão abaixo:


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:

(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.