Estranho objeto espacial está emitindo ondas de rádio ultra-baixas

Compartilhe esta informação com a galáxia!
Tempo de leitura: 2 min.
Estranho objeto espacial está emitindo ondas de rádio ultra-baixas
Torrance Hodgson, ICRAR/Curtin University

Os pesquisadores detectaram frequências de rádio ultrabaixas sendo emitidas por um objeto em forma de água-viva em um aglomerado de galáxias distante.

O misterioso objeto está localizado a 340 milhões de anos-luz da Terra, no aglomerado de galáxias Abell 2877, de acordo com a ScienceNews. Os pesquisadores por trás de um artigo publicado no The Astrophysical Journal dizem que usaram o radiotelescópio Murchison Widefield Array (MWA) no oeste da Austrália para descobrir as frequências de rádio ultrabaixas – e sua forma distinta.

Torrance Hodgson, autor principal e candidato a doutorado do Centro Internacional de Pesquisa em Radioastronomia em Perth, disse em um comunicado de imprensa:

“Olhamos os dados e, conforme diminuímos a frequência, vimos uma estrutura semelhante a uma água-viva fantasmagórica começar a emergir.”

Os pesquisadores apelidaram o objeto de “USS Jellyfish(“jellyfish” significa “água-viva em inglês) – mas não se precipite em presumir que é um aceno de Star Trek. “USS” na verdade indica sua frequência de rádio de “espectro ultra-íngreme” (“ultra-steep-spectrum”, em inglês).

Arqueologia Cósmica

Como você pode imaginar, estudar frequências de rádio de 340 milhões de anos-luz apresenta seu próprio conjunto especial de desafios.

Hodgson disse no comunicado à imprensa:

“Tivemos que realizar alguma arqueologia cósmica para entender a antiga história de fundo da água-viva.”

No entanto, eles foram capazes de desenvolver uma teoria funcional de onde veio: buracos negros supermassivos que criaram “jatos poderosos de plasma” cerca de dois bilhões de anos atrás.

Hogson disse:

“Este plasma desbotou, ficou quieto e ficou dormente. Então, recentemente, duas coisas aconteceram – o plasma começou a se misturar ao mesmo tempo que ondas de choque muito suaves passavam pelo sistema. Isso reacendeu brevemente o plasma, iluminando a água-viva e seus tentáculos para nós vermos.”

A ferramenta certa para o trabalho

Felizmente, não teremos que esperar muito até que os pesquisadores descubram mais sobre a água-viva cósmica já que começou o início da construção do novo radiotelescópio Square Kilometer Array (SKA). Os pesquisadores preveem que esse radiotelescópio nos dará uma visão muito melhor do objeto.

A professora Melanie Johnston-Hollitt, coautora do trabalho e Supervisora de Hodgson, disse em um comunicado à imprensa:

“O SKA será milhares de vezes mais sensível e terá uma resolução muito melhor do que o MWA, então pode haver muitas outras águas-vivas misteriosas esperando para serem descobertas assim que entrar em operação.”

O radiotelescópio também dará aos pesquisadores uma visão de algumas das primeiras galáxias que surgiram no universo. No entanto, seria legal se eles descobrissem um tubarão ou baleia cósmica para se juntar à USS Jellyfish em nosso aquário espacial.

(Fonte)


Lembrando a todos também, como mencionado em um artigo publicado aqui no OH ainda em 2012 sobre o SKA, que “um telescópio poderoso como este poderá procurar por sinais de vida extraterrestre e encontrar respostas a algumas questões fundamentais sobre o nosso universos, as quais ainda não estão respondidas“.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe esta informação com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site.

Clique aqui para apoiar através do site Apoia.se, ou use o botão abaixo:


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:

(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.