web analytics
Tempo de leitura: 2 min.

Agências governamentais dos EUA estão impedindo a divulgação sobre OVNIs

Tempo de leitura: 2 min.
Agências governamentais dos EUA estão impedindo a divulgação sobre OVNIs
Christopher Mellon não está gostando da atitude das agências governamentais.

Algumas agências governamentais estão impedindo os esforços de catalogar relatórios de “fenômenos aéreos não identificados” (OVNIs), informa o site Politico, citando vários funcionários do governo atuais e antigos.

Em 2017, surgiram relatórios de um programa secreto do Pentágono que foi encarregado de investigar avistamentos inexplicáveis ​​de OVNIs no espaço aéreo militar. Vários desses incidentes foram registrados em vídeo e, em janeiro, a CIA desclassificou todos os arquivos que afirma ter sobre esses avistamentos.

Mas os funcionários do governo encarregados de investigar os incidentes agora alegam que as agências não estão divulgando informações relevantes, em alguns casos resistindo à divulgação de qualquer informação classificada como secreta.

Escondendo algo

E não é apenas resistência ativa.

Christopher Mellon, um ex-oficial de inteligência do Pentágono, disse ao Politico:

“Só ter acesso às informações, por causa de todas as diferentes burocracias de segurança, já é uma provação.”

Em agosto, o Pentágono estabeleceu uma “Força-Tarefa de Fenômenos Aéreos Não Identificados” liderada pela Marinha para examinar esses relatórios – mas não fez muito progresso.

Mellon acrescentou:

“Eu sei que a força-tarefa não teve acesso às informações pertinentes da Força Aérea e eles (da força-tarefa) foram fortemente rejeitados.”

Um porta-voz do Pentágono se recusou a “discutir publicamente os detalhes das observações de UAPs (OVNIs)” com o Politico.

A força-tarefa provavelmente terá que atrasar a entrega de seu relatório ao Congresso, o que pode fazer parecer que o governo está tentando esconder o que sabe – mesmo que as evidências acabem se revelando desanimadoras.

O senador Marco Rubio (R-FL) disse à Fox News esta semana, observando que a força-tarefa provavelmente ultrapassará o prazo de 1º de junho:

“Temos que tentar saber o que é. Posso dizer que isso está sendo levado mais a sério agora do que nunca.”

(Fonte)


É claro que já era de se esperar que alguns “apropriadores da verdade” iriam dificultar as coisas. Difícil da humanidade trabalhar em conjunto, não é mesmo? Daí vem nosso grande atraso. Se não fosse por isso, provavelmente já estaríamos viajando entre as estrelas.

Plugin Kapsule Corp