Que mensagens de rádio enviamos para os alienígenas?

Compartilhe esta informação com a galáxia!
Tempo de leitura: 2 min.
“Alô ETs!!!”

Cientistas fizeram várias tentativas de se comunicar com extraterrestres inteligentes ao longo das décadas. Diante disso, enviar uma mensagem de rádio ao espaço na esperança de estabelecer contato com uma civilização extraterrestre avançada parece ser um tiro literal no escuro.

Dadas as distâncias envolvidas, uma mensagem enviada a um sistema estelar distante pode levar milhares de anos (ou mais) para chegar lá e não há garantia de que alienígenas inteligentes estariam mesmo ouvindo sinais de rádio convencionais que são obviamente muito lentos para a comunicação interestelar.

No entanto, isto não impediu a humanidade de tentar fazer contato mesmo assim.

Uma das primeiras tentativas de comunicação com alienígenas aconteceu em 1962, quando cientistas soviéticos transportaram uma saudação básica (‘Mir, Lênin, SSR’) em direção ao planeta Vênus.

Foi só em 1974, no entanto, que a primeira mensagem apropriada foi enviada para as estrelas.

Frank Drake, Carl Sagan e um grupo de outros cientistas e astrônomos usaram o Observatório de Arecibo em Porto Rico para enviar uma mensagem para um aglomerado estelar a 25.000 anos-luz de distância.

A mensagem em si continha uma imagem – enviada em binário – de uma figura humana, uma dupla hélice de DNA, um modelo de um átomo de carbono e uma representação de um telescópio.

As chances de alguém pegar a mensagem são remotas, para dizer o mínimo – especialmente dado que levará 25.000 anos para atingir seu objetivo que, até lá, terá se movido.

O psicólogo Douglas Vakoch disse:

“A mensagem de Arecibo tentou dar uma imagem de quem somos como seres humanos na linguagem da matemática e da ciência.”

Desde então, houve inúmeras tentativas de enviar mensagens ao espaço. No entanto, até agora, ainda não recebemos uma resposta (ou pelo menos uma que conseguimos detectar e decifrar.)

Considerando tudo, as mensagens de rádio – dado que estão limitadas à velocidade da luz – provavelmente não serão a resposta para se comunicar com outros seres através das estrelas.

(Fonte)


Certamente que as mensagens de rádio são um “exercício em futilidade” e nunca obterão uma resposta. E não precisa ser um cientista para saber disso.

Então, por que os cientistas insistem em utilizar esta tecnologia?

Bem, eu tenho uma resposta para isso, mas não quero causar desconforto para ninguém. Assim, vou omitir minha opinião.😁

Mas você pode opinar educadamente na área de comentários mais abaixo.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe esta informação com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site.

Clique aqui para apoiar através do site Apoia.se, ou use o botão abaixo:


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:

(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.