web analytics
Tempo de leitura: 2 min.

Cientistas descobrem água e matéria orgânica na superfície de asteroide

Tempo de leitura: 2 min.
Cientistas descobrem água e matéria orgânica na superfície de asteroide
Impressão artística de asteroide que contém água.

Uma equipe de cientistas examinando um fragmento de asteroide que recém passou pela Terra fez uma descoberta fascinante: a rocha espacial parece carregar água e matéria orgânica – elementos-chave da vida aqui na Terra.

Cientistas do Royal Holloway, da Universidade de Londres, foram os primeiros a descobrir moléculas orgânicas na superfície de um asteroide, de acordo com uma pesquisa publicada na quinta-feira na revista Scientific Reports. Além de reforçar a hipótese de que os asteroides transportaram água e outras moléculas cruciais para o surgimento da vida em nosso planeta, é uma descoberta importante que muda nossa compreensão das rochas espaciais em geral.

Missão de reabastecimento

A pequena amostra, apelidada de “Amazon“, foi recuperada do asteroide Itokawa pela missão japonesa Hayabusa de 2010. Ao sondar a amostra, os cientistas descobriram que o Itokawa foi destruído e formado novamente pelo menos uma vez em sua história. Como apenas parte da matéria orgânica refletiu os danos, parece que o asteroide capturou pedaços dela em várias ocasiões durante sua jornada pelo espaço – antes e depois de se separar.

A co-autora do estudo e cientista terrestre de Holloway, Queenie Chan, disse em um comunicado à imprensa:

“Essas descobertas são realmente empolgantes, pois revelam detalhes complexos da história de um asteroide e como seu caminho de evolução é tão semelhante ao da Terra pré-biótica.”

Mudando o Foco

A descoberta também pode ajudar os cientistas a serem um pouco mais estratégicos quando se trata de planejar futuras missões de asteroides.

Até agora, a maioria dos estudos e projetos com o objetivo de encontrar elementos vitais em asteroides se concentraram nos asteroides do tipo C, ricos em carbono, observa o comunicado à imprensa. Mas Itokawa é um tipo S anteriormente esquecido – um desenvolvimento empolgante, uma vez que muitos tipos S se chocaram com a Terra.

(Fonte)


Não foi comprovado ainda de forma irrefutável que a vida exista fora da Terra, mas com todos esses ingredientes vagando pelo espaço o impossível seria o contrário. Ou você acha que esse “grão de areia no espaço” em que vivemos é mais especial que o resto do Universo?

– n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:



ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.
EnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol