Jipe-sonda Tianwen-1 da China chega a Marte

Compartilhe esta informação com a galáxia!
Tempo de leitura: < 1 min.
Jipe-sonda Tianwen-1 da China chega a Marte
Imagem mereamente ilustrativa

Depois de viajar por sete meses, a espaçonave chinesa Tianwen-1 finalmente alcançou a órbita de Marte na manhã de quarta-feira.

Tianwen-1, que é a primeira missão interplanetária da Administração Espacial Nacional da China, passará agora os próximos meses orbitando perto da superfície de Marte para obter imagens de alta resolução do planeta e estudar seu ambiente e campo magnético antes de finalmente tentar pousar, de acordo com o SpaceNews. Presumindo que a missão continue indo bem, a China está prestes a se tornar o segundo país a pousar com sucesso um veículo na superfície marciana.

Medalha de prata

A espaçonave chinesa se junta à sonda Esperança, um orbitador lançado pelos Emirados Árabes Unidos, que chegou à órbita de Marte apenas um dia antes. Mas esta sonda permanecerá em órbita, acenando adeus enquanto Tianwen-1 e o jipe-sonda Perseverance da NASA, atualmente a caminho, finalmente descerão para a superfície.

A missão em si será rápida em comparação com o tempo que levou para ser preparada. De acordo com a SpaceNews, o orbitador Tianwen-1 deve sobreviver por um ano de Marte – 687 dias na Terra – e o seu jipe-sonda deve sobreviver por apenas 90 dias terrestres.

Planejando à frente

Mas parte do objetivo da missão, disse Zhang Xiaoping, pesquisador da Universidade de Ciência e Tecnologia de Macau, à SpaceNews, é planejar com antecedência as missões tripuladas no futuro. Em particular, isso inclui mapear a localização do gelo na superfície marciana e abaixo dela.

Zhang disse ao SpaceNews:

“Queremos usar o sistema de radar para medir a estrutura subterrânea da superfície marciana, especialmente para o gelo de água enterrado. Isso nos permitiria estudar não apenas as estruturas geológicas subjacentes de Marte, mas também a potencial fonte de gelo de água que fornecerá a permanência humana a longo prazo.”

(Fonte)


n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe esta informação com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site.

Clique aqui para apoiar através do site Apoia.se, ou use o botão abaixo:


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:

(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.