web analytics
Tempo de leitura: 2 min.

Espaço do Leitor: O eclipse em Bocaiúva que foi mais do que isso

Tempo de leitura: 2 min.
Espaço do Leitor: O eclipse em Bocaiúva que foi mais do que isso
Estrutura montada no Norte de Minas para pesquisar o eclipse total de 1947. (foto: José Medeiros/Arquivo O Cruzeiro/EM)

Por Lauro Ramos

A história que vou te contar de fato aconteceu, é verdadeira!

Você deve saber do eclipse solar que aconteceu em 20 de Maio de 1947 na pequena cidade de Bocaiúva situada no norte de Minas (Gerais). Foi um eclipse bem atípico, porque, mais de 200 militares e cientistas foram até a cidade de Bocaiúva para registrar o fenômeno. Pois é, mais de 200 militares.

Segundo as informações oficiais, a presença dos militares era para medições intercontinentais visando aperfeiçoar o lançamento de mísseis e vários cientistas para confirmar uma das teorias da relatividade de Einstein. Você pode ver aqui algumas informações aqui e aqui.

E aqui tem uma matéria bem bacana.

Até ai, tudo bem! Logo depois da 2ª guerra mundial, mais de duzentos militares e vários cientistas basicamente “invadiram” a pequena e pacata cidade de Bocaiúva, tudo “normal” até então!

Mas depois de muitos anos nos mudamos para a cidade de Divinópolis no centro-oeste de Minas gerais. Minha irmã mais nova trabalhava em uma fábrica de roupas bem na saída da cidade, nessa fábrica passavam muitos viajantes e um dia dois senhores, por volta de 60/65, anos estavam comprando algumas peças de roupas e sendo atendidos pela minha irmã. Como Bocaíuva é bem ao norte de minas temos um sotaque um pouco “baiano”.

Nisso um dos senhores perguntou para minha irmã:

– Você não é daqui da região! Você é de onde?

Ela respondeu:

– Sou de Bocaíuva, norte de minas!

O senhor disse:

– Ahh! A cidade do eclipse?

Minha irmã:

– Sim! O senhor conhece lá?

O senhor respondeu:

– Conheço! Você sabe que não foi só um eclipse, que foi uma nave que estava lá!

Nesse momento o seu companheiro o repreendeu:

– Pára! Pra que falar disso agora?

O senhor que estava conversando com a minha irmã, respondeu:

– Já se passou tanto tempo!

Segundo a minha irmã esse senhor disse que o eclipse foi uma forma que “eles” encontraram de marcar um encontro. Pois como duas raças tão distintas poderiam marcar um “encontro”? O eclipse em um lugar bem vazio e fora de qualquer suspeita.

Minha irmã perguntou como eles sabiam e eles responderam que eram militares naquela época. O problema é que minha irmã, não é tão curiosa como eu sou e não fez mais perguntas para esses senhores que se despediram e foram embora.

Passaram-se alguns anos, essa mesma irmã estava no salão de beleza de uma tia que também fazia manicure e chegou um outro senhor na faixa de 60 a 65 anos com uma perna mecânica e pediu para fazer a unha do outro pé. A minha irmã disse que ele era muito educado e que a perna dele pesava um horrores.

Quando eles começaram a conversar esse senhor fez a mesma indagação que o outro senhor fez:

– Você não é daqui, correto? Seu sotaque é diferente!

Minha irmã respondeu:

– Sim, sou de Bocaiúva, Norte de Minas.

O senhor respondeu:

– Ahh! A cidade do eclipse. Você sabe que não foi apenas um eclipse, né? Que foi uma nave que estava lá. Eu fui militar
naquela época e vi!

Minha irmã ficou impressionada e meio com medo desse senhor e não quis mais perguntar mais nada. (pois é, com uma história dessas na frente e não aproveitou!).

Esse senhor depois foi embora e sumiu, ninguém mais ouviu falar dele.

Tirando as coincidências um fato nessa história é bem bacana. O eclipse em Bocaiúva foi em 20 de maio de 1947, naquele mesmo ano em julho de 1947 houve o episódio do Incidente em Roswell.

Agora é especulação minha sobre o que ocorreu:

Mais de 200 militares, cientistas para fazer medições? Sei lá, mas se a gente fosse marcar um encontro com uma raça alienígena o ponto zero do eclipse seria uma data perfeita. Mas eu acho que algo deu errado e o encontro não se concretizou em Bocaiúva, então, de algum modo os americanos derrubaram a nave.

É uma história muito bacana e se você pesquisar bem na net vai achar fotos e muita informação sobre aquele dia.

Lauro Ramos


O Espaço do Leitor é disponibilizado àquelas pessoas que queiram compartilhar suas experiências, pensamentos e opiniões relacionadas aos temas tratados neste site.

O material compartilhado na seção Espaço do Leitor não reflete necessariamente o pensamento do editor deste site e é de responsabilidade exclusiva da pessoa que o escreveu.

Para ter seu material avaliado para publicação, favor enviar para n3m3@ovnihoje.com.

– n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:



ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.
EnglishFrançaisDeutschItaliano日本語PortuguêsEspañol