Tubos metálicos de 150 mil anos no Tibete contradizem a história oficial

Compartilhe esta informação com a galáxia!
Tempo de leitura: 3 min.
Foto: fontes abertas

Diz-se que existe uma montanha no Tibete que contém uma rede de formações especiais que se estendem até o lago mais próximo. Muitos pesquisadores acreditam que este é um sistema de tubulação artificial. Mas, curiosamente, sua origem remonta à era dos Neandertais.

Esta montanha fica a cerca de 40 km da cidade de Dalingha, na Região Autônoma do Tibete. É chamada de Baigongshan (Montanha Branca). No mundo, ela é mais conhecido pelas maravilhosas formações que estão em seu coração e em seu amplo entorno – são chamadas de Baigong.

Foto: fontes abertas

Este milagre tem sido objeto de discussões controversas por muitos anos. Alguns acreditam que são formações naturais, mas há muitos que têm certeza de que alguém os construiu em um passado distante para drenar o lago. Eles baseiam seus argumentos em resultados de pesquisas, mas há um problema: o misterioso aqueduto deveria ter surgido 150 mil anos atrás. Vestígios de assentamentos ao redor da montanha não têm mais do que 30 mil anos. Então, quem poderia ter construído tubos de metal dentro de uma montanha desabitada?

Existem três cavernas no sopé do Monte Baigongshan, duas delas já desabaram e são inacessíveis, mas a maior delas já foi visitada por muitos turistas que vêm à área.

Foto: fontes abertas

A caverna parece ter sido criada artificialmente por alguém. Lá há um enorme tubo de cerca de quarenta centímetros de diâmetro que se projeta para fora da rocha.

Foto: fontes abertas

Outro tubo aparentemente oco do mesmo diâmetro entrava na caverna vindo do topo da montanha. Outro veio do fundo da caverna em algum lugar abaixo.

Na entrada da caverna, você pode ver vários outros canos com diâmetro de 10 a 40 cm. Tudo isso dá a impressão de restos de algum sistema ou mecanismo antigo. A cerca de 80 metros da caverna, o Lago Toson possui um grande número de canos espalhados pela praia.

Foto: fontes abertas

Eles se estendem de leste a oeste e têm um diâmetro de 2 a 4,5 cm, esses achados arqueológicos são descritos pelo cientista chinês Liu-Shaolin:

A cor de ferrugem inconfundível indica que eles são feitos de metal. E sua habilidade mostra técnicas avançadas de fixação. Quem poderia ter construído um sistema de tubos tão complexo? Apenas aquele que sabia bem o que estava fazendo e porque.

A versão de que tal milagre da engenharia foi criado pelos chineses desaparece imediatamente. Os habitantes do Reino do Meio não podiam construir algo assim há 150 mil anos. Portanto, é simplesmente impossível imaginar que um projeto de construção tão grande e, sem exagero, uma grande obra foi oriunda de qualquer fonte chinesa antiga. Qualquer imperador, durante cujo reinado isso acontecesse, faria com que seu grande feito não fosse esquecido pelos descendentes.

Os tubos Baigong são outro mistério não resolvido na história da humanidade. Esta descoberta refuta mais uma vez os fatos da história oficial. Onde está a verdade e onde está o equívoco? Talvez haja pessoas entre os leitores que explicarão logicamente a origem do antigo aqueduto.

(Fonte)


Esse tubos encontrados no Tibete, supostamente metálicos, são mais um mistério que talvez possa ser incluído na galeria dos ooparts, que é um acrônimo em inglês para Out of Place Artifact (literalmente, ‘artefato fora de lugar’). Como descrito pela Wikipedia:

…trata-se de uma terminologia criada pelo naturalista e criptozoologo norte-americano Ivan T. Sanderson para denominar um objeto de interesse histórico, arqueológico e/ou paleontológico que se encontra em um contexto não usual e aparentemente impossível o qual tende a desafiar a cronologia da história convencional.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe esta informação com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site.

Clique aqui para apoiar através do site Apoia.se, ou use o botão abaixo:


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:

(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.