Por que a Antártica está tremendo? Mais de 50.000 terremotos em 3 meses

Tempo de leitura: 2 min.
Por que a Antártica está tremendo? Mais de 50.000 terremotos em 3 meses
O continente antártico conta com vasta quantidade de vulcões.

Muitos fenômenos estranhos estão ocorrendo atualmente na Antártica.

Enquanto sinais enigmáticos do espaço profundo estão atingindo a superfície do continente, mais de 50.000 tremores abalaram a Antártica desde o final de agosto. Um aumento tão impressionante na atividade sísmica nunca foi testemunhado antes por cientistas.

Um grande terremoto de magnitude 6,0, bem como milhares de outros pequenos terremotos, foram detectados no Estreito de Bransfield, um canal oceânico de 100 quilômetros entre as Ilhas Shetland do Sul e a Península Antártica.

Embora várias placas tectônicas e microplacas se encontrem perto do estreito (e, portanto, há ruídos frequentes), os últimos três meses foram incomuns, de acordo com a Universidade do Chile.

A universidade informou:

“A maior parte da sismicidade se concentrou no início da sequência, principalmente no mês de setembro, com mais de mil terremotos por dia.”

Os tremores tornaram-se tão frequentes que o próprio estreito, que antes aumentava em largura a uma taxa de cerca de 7 ou 8 mm por ano, agora está se expandindo 15 cm por ano.

Sergio Barrientos, o diretor do centro, disse:

“É um aumento de 20 vezes … o que sugere que neste exato minuto … as Ilhas Shetland estão se separando mais rapidamente da península Antártica.”

Então, o que está por trás desse aumento do terremoto na Antártica?

Não há uma resposta clara para esse fenômeno geológico ainda. Mas aqui estão algumas sugestões baseadas em eventos semelhantes anteriores.

Poderia estar ligado a um vulcão se formando debaixo d’água? O Estreito de Bransfield contém vulcões e áreas vulcânicas. Basta lembrar que a formação de um novo vulcão perto de Mayotte foi responsável por um forte enxame de terremotos.

Além disso, sabe-se que muitos vulcões estão soterrados sob mil metros de gelo na Antártica e podem ser um dos responsáveis ​​pelo dramático degelo no continente branco.

Poderia estar relacionado à separação de icebergs? Quando grandes icebergs se quebram, às vezes eles provocam um tremor de intensidade pequena a poderosa, que pode ser registrado em sismômetros de todo o mundo. Sabendo que um iceberg gigante está à deriva na região, pode ser algo a se considerar.

Estão sendo abertos novos respiradouros de metano na Antártica? Poderia ser! O primeiro vazamento ativo de metano do leito marinho descoberto em McMurdo Sound, situado no Mar de Ross, na Antártica, há apenas 6 meses.

Eles estão perfurando petróleo e gás na Antártica? Atualmente não há pistas sobre o esforço de perfuração, mas parece que todos os países do G20 querem uma porção dos 513 bilhões de barris de petróleo na Antártica.

A Antártica está derretendo devido ao calor geotérmico. Também seria útil saber se este tipo de aumento da sismicidade tem efeitos significativos na estabilidade das calotas polares.

(Fonte)


O planeta está sempre em mudanças. Ele é dinâmico. Mas se algum dia o gelo da Antártica derreter, serão encontradas muitas surpresas.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site.

Clique aqui para apoiar através do site Apoia.se, ou use o botão abaixo:


*Agora você também pode doar através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:

(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.