web analytics
Tempo de leitura: 3 min.

Novo satélite pode “enxergar” dentro de prédios, dia ou noite

Tempo de leitura: 3 min.
Novo satélite pode "enxergar" dentro de prédios, dia ou noite.

Há alguns meses, uma empresa chamada Capella Space lançou um satélite capaz de capturar imagens de radar nítidas de qualquer lugar do mundo, com resolução incrível – até mesmo através das paredes de alguns edifícios.

E ao contrário da maior parte da enorme variedade de satélites de vigilância e observação orbitando a Terra, seu satélite Capella 2 pode tirar uma foto nítida durante a noite ou dia, chova ou faça Sol.

O CEO da empresa, Payam Banazadeh, ex-engenheiro de sistema do Laboratório de Propulsão a Jato da NASA, disse ao site Futurism:

“Acontece que metade do mundo está à noite e metade do mundo, em média, está nublado. Quando você combina os dois, cerca de 75 por cento da Terra, a qualquer momento, estará nublado, à noite, ou será ambos É invisível para você, e essa parte está se movendo.”

Na quarta-feira (16), a Capella lançou uma plataforma que permite que clientes governamentais ou privados solicitem imagens de qualquer coisa no mundo – uma capacidade que só ficará mais poderosa com a implantação de seis satélites adicionais no próximo ano.

Isso é assustador do ponto de vista da privacidade? Claro. Mas Banazadeh diz que também obstrui inúmeros buracos nas formas como os cientistas e agências governamentais são atualmente capazes de monitorar o planeta.

Ele disse:

“Há uma série de lacunas na forma como estamos observando a Terra do espaço – a maioria dos sensores que usamos para observar a Terra são sensores de imagem ótica. Se estiver nublado, você verá as nuvens, não o que está acontecendo sob as nuvens. E se não houver muita luz, você terá muita dificuldade em conseguir uma imagem que seja útil.”

Em contraste, Capella pode espiar através da cobertura de nuvens e ver tão bem à luz do dia quanto na escuridão total. Isso porque, em vez de imagem óptica, ele usa radar de abertura sintética, ou SAR.

O SAR funciona de maneira semelhante à forma como os golfinhos e os morcegos navegam usando a ecolocalização. O satélite transmite um poderoso sinal de rádio de 9,65 GHz em direção ao seu alvo e, em seguida, coleta e interpreta o sinal conforme ele retorna à órbita. E porque o satélite está enviando seu próprio sinal, em vez de capturar passivamente a luz, às vezes esses sinais podem até penetrar direto na parede de um edifício, observando o interior como a visão de raios-X do Superman.

Banazadeh disse:

“Nessa frequência, as nuvens são muito transparentes. Você pode penetrar nuvens, névoa, umidade, fumaça, neblina. Essas coisas não importam mais. E porque você está gerando seu próprio sinal, é como se você estivesse carregando uma lanterna. Você não se importa se é dia ou noite.”

Capella não inventou o SAR. Mas Banazadeh diz que é a primeira empresa dos EUA a oferecer a tecnologia e a primeira mundial a oferecer uma plataforma mais acessível para uso de clientes em potencial.

Novo satélite pode "enxergar" dentro de prédios, dia ou noite
Tóquio vista do espaço. Imagens SAR fornecidas pela Capella Space.

Outra inovação é a resolução na qual os satélites da Capella podem coletar imagens. Cada pixel em uma das imagens do satélite representa um quadrado de 50 por 50 centímetros, enquanto outros satélites SAR no mercado podem atingir apenas cerca de cinco metros. Quando se trata de realmente discernir o que você está vendo do espaço, isso faz uma grande diferença.

No momento, essa é a melhor resolução possível com SAR. Não por causa de limitações tecnológicas – Capella espera melhorar com os subsequentes lançamentos de satélites no futuro – mas por causa da lei dos EUA.

E, curiosamente, esse limite de resolução é o único limite que a lei coloca em serviços como o Capella. Contanto que a empresa não melhore a resolução um fio de cabelo além do que está agora, Banazadeh disse que seus satélites podem criar imagens de qualquer parte do mundo que um cliente pagante solicitar – até mesmo tecnicamente o interior de uma casa…

(Fonte)

Colaboração: seukikonetwork


Se agora eles estão expondo isso, imagine o que já existe mas está oculto das massas.

E imagine então o que os possíveis alienígenas que visitam a Terra possuem de tecnologia para nos monitorar. A possibilidade é assustadora.

n3m3

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é produtos-OVNI-Hoje-1.jpg
O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é Loja-Nerd.jpg

Leitores OVNI Hoje ganham 10% de desconto em todos os produtos da Loja Nerd, inclusive nos produtos OVNI Hoje. (Use o cupom OVH10)


*Agora você também pode apoiar o OVNI Hoje através de uma transferência PIX, clicando aqui, ou utilizando o QR Code abaixo:



ÁREA DE COMENTÁRIOS

Atenção:

  • Os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de cada pessoa que comenta. O OVNI Hoje não se responsabiliza por transtornos, rixas ou quaisquer outras indisposições causadas pelos comentários.
  • Comente educadamente e com ética, sempre tratando seu colega de comentários como você mesmo/a queira ser tratado/a.
  • Qualquer comentário com “pregação” política ou religiosa, obsceno ou inapropriado será prontamente apagado pelos moderadores. Pessoas que insistirem em burlar as regras serão banidas dos comentários.

Plugin Kapsule Corp