Sonda da NASA encontra evidências de rios antigos em asteroide Bennu

Tempo de leitura: 2 min.
Sonda da NASA encontra evidências de rios antigos em asteroide Bennu
Superfície de Bennu. Crédito da imagem: NASA


A equipe está chamando essa descoberta de “grande triunfo científico” para a missão OSIRIS-REx da NASA.

Em 20 de outubro, a espaçonave OSIRIS-REx da NASA tentará coletar alguns pedaços de material da superfície de Bennu, um pequeno asteroide próximo à Terra com cerca de 500 metros de diâmetro.

Antes de mergulhar em direção à superfície da rocha espacial, os cientistas estão tentando adivinhar o que encontrarão. De acordo com as pesquisas mais recentes, conforme detalhado em uma série de novos trabalhos de pesquisa publicados esta semana, os cientistas esperam encontrar carbonatos, material que muitas vezes é depositado pela água na Terra.

Ao olhar para as leituras, cortesia do espectrômetro visível e infravermelho do OSIRIS-REx, eles descobriram “veios de carbonato” na superfície de Bennu. De forma tentadora, isso poderia significar que o pai de Bennu, provavelmente um planetoide ou protoplaneta muito maior, apresentava um “sistema hidrotérmico de água em escala de asteroide”, de acordo com um comunicado. Em outras palavras, rios antigos.

Em seu artigo a equipe liderada por Hannah Kaplan do Goddard Space Flight Center da NASA, concluiu:

Se os veios em Bennu forem carbonatos, o fluxo de fluido e a deposição hidrotérmica no corpo de Bennu teriam ocorrido em escalas de quilômetros por milhares a milhões de anos.

Eles sugerem que a água pode ter vazado por rachaduras na superfície do corpo pai de Bennu, deixando vestígios de carbonato. Alguns desses veios poderiam ter sido responsáveis ​​por fluxos de água cobrindo áreas de até duas dezenas de quilômetros de largura.

A descoberta tem algumas implicações abrangentes.

Kaplan disse à Popular Science:

Um dos pontos principais desta missão é que esses asteroides podem ter liberado parte da matéria orgânica precursora que deu origem à [vida na] Terra.

Os cientistas também descobriram que o regolito próximo à cratera Nightingale, o local onde o OSIRIS-REx pousará, foi recentemente exposto ao espaço, o que nos dá a melhor chance de colher informações sobre a história de Bennu.

Dante Lauretta, pesquisador principal da missão OSIRIS-REx na Universidade do Arizona em Tucson, disse em um comunicado da NASA:

A abundância de material contendo carbono é um grande triunfo científico para a missão. Agora estamos otimistas de que iremos coletar e retornar uma amostra com material orgânico – um objetivo central da missão OSIRIS-REx.

As leituras de espectrometria da sonda pintaram uma imagem surpreendente de Bennu, mostrando que as rochas que compõem sua superfície são muito mais diversas do que pensávamos originalmente. Essa diversidade indica a presença de uma variedade de materiais diferentes que originalmente chegaram ao Bennu a partir de seu corpo original.

Alguns desses materiais são mais porosos do que outros. Na verdade, os cientistas sugerem que eles não são tão fortes quanto pensávamos inicialmente, provavelmente incapazes de sobreviver à viagem pela atmosfera da Terra. Em outras palavras, as amostras retornadas pelo OSIRIS-REx nos darão uma oportunidade única de estudar meteoritos que nunca vimos antes na Terra.

Leituras detalhadas de gravidade coletadas da órbita da rocha espacial, pesquisas separadas lideradas por Daniel Scheeres da University of Colorado Boulder, também mostraram que Bennu é provavelmente pontilhado com bolsões de materiais que variam significativamente em densidade. Na verdade, a equipe sugere que o núcleo de Bennu pode estar totalmente vazio, um espaço suficiente para vários campos de futebol.

(Fonte)


O asteroide Bennu tem dado o que falar. Em 2019 os cientistas descobriram que ele estava cuspindo rochas, mas não sabiam porque:

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.