Crianças extraordinárias fazendo coisas “impossíveis”: uma realidade documentada

Tempo de leitura: 4 min.
Crianças extraordinárias fazendo coisas “impossíveis”: uma realidade documentada
Foto meramente ilustrativa.

Cassandra Vieten, PhD e atual Presidente/CEO do Institute of Noetic Sciences (IONS), fundado pelo astronauta Dr. Edgar Mitchell, não poderia ter se expressado melhor. Ela disse:

Parece haver uma profunda preocupação de que todo o campo (ciência) seja manchado pelo estudo de fenômenos contaminados por sua associação com superstição, espiritualismo e magia. Proteger contra essa possibilidade às vezes parece mais importante do que encorajar a exploração científica ou proteger a liberdade acadêmica. Mas isso pode estar mudando.

A afirmação acima é verdadeira, durante anos as descobertas foram rejeitadas simplesmente porque são grandes destruidoras de paradigmas. Não importa quanta verdade, validade e respaldo científico eles tenham, o simples fato de que entram em conflito com sistemas de crenças há muito sustentados é suficiente para descartá-las. É ótimo ver essa mudança, porque é importante expandir a consciência humana, o que é feito empurrando os limites do que pensamos que sabemos e descobrindo novos conceitos de nossa realidade que antes pensávamos não ter validade, mas realmente têm.

Quanta validade científica têm tópicos como psicocinese, clarividência, telepatia e visão remota (todos se encaixam sob o guarda-chuva da parapsicologia)? Aqui está uma ótima citação da Dra. Jessica Utts, presidente do Departamento de Estatística da Universidade da Califórnia em Irvine e professora lá desde 2008:

O que me convenceu foram apenas as evidências, as evidências acumuladas enquanto eu trabalhava nesse campo e via cada vez mais as evidências. Visitei os laboratórios, mesmo além de onde estava trabalhando, para ver o que eles estavam fazendo e pude ver que eles tinham controles realmente rígidos … E assim me convenci pela boa ciência que vi sendo feita. E, de fato, direi que, como profissional de estatística, fiz consultoria em muitas áreas diferentes da ciência; a metodologia e os controles sobre esses experimentos são mais rígidos do que qualquer outra área da ciência onde trabalhei.

(fonte)

Crianças Psíquicas da China

Existem crianças psíquicas na China? É difícil acreditar que não depois de mergulhar na documentação que foi disponibilizada por meio do longo processo de desclassificação ou por solicitações da Lei de Liberdade de Informação (FIOA). Pode-se simplesmente examinar a ciência da parapsicologia sozinha e chegar à conclusão de que sim, algo significativo está acontecendo aqui quando se trata de fenômenos dentro do reino da parapsicologia.

Este tipo de fenômeno não está apenas sendo relatado hoje, mas tem sido ao longo da história e em muitas culturas. Isto é evidente na literatura antiga, desde os textos védicos e os sutras de ioga, a Jesus, Moisés, Milarepa, Maomé e muito mais. Novamente, as evidências modernas sugerem que essas habilidades sejam muito mais do que folclore.

Um artigo/documento interessante da CIA é intitulado “China’s Psychic Savants”… Trata-se de um documento escrito por Marcel Truzzi, um ex-professor da Eastern Michigan University e co-presidente fundador do Comitê para a Investigação Científica das Alegações do Paranormal (de sigla em inglês, CSICOP) e fundador da Society for Scientific Exploration.

A introdução fornece um bom pano de fundo da tradição chinesa a respeito desse fenômeno:

Tang Yu, de onze anos, e seu amigo Chen Xioming estavam voltando da escola para casa na remota vila nas montanhas do condado de Dazhu, quando começaram a lutar. Tang roçou no bolso do casaco de Chen, conta a história, e teve a visão repentina de dois símbolos chineses. Ele descreveu os símbolos vívidos para Chen, que tirou um maço de cigarros Flying Wild Goose do bolso. A etiqueta na lateral do pacote, relataram os meninos, consistia nos dois símbolos que Tan Yu havia “visto”.

Tang Yu relutou em compartilhar sua descoberta com Tang Keming, seu pai camponês de cinquenta anos. Ele sabia que sua afirmação soaria como uma mentira. Em vez disso, ele começou a fazer jogos de adivinhação com os moradores. Ele pediu-lhes que escrevessem caracteres aleatórios em pedaços de papel, amassem o papel em bolas e deixassem que ele segurasse cada bola ao lado da orelha. Tang então adivinhava a mensagem interior. Suas adivinhações, dizia-se, sempre se provaram certas. A notícia do menino se espalhou além de sua pequena cidade para toda a província de Sichuan, na China central.

Logo a comissão científica da região e seu escritório de educação e cultura pediram para examinar Tang, e os pesquisadores confirmaram sua capacidade de identificar palavras e cores em pequenos maços de papel colocados em sua orelha. Repórteres de notícias e funcionários surpresos do Comitê Provincial do Partido de Sichuan rapidamente apoiaram esses resultados e, em 11 de março de 1979, este conto notável foi publicado no Sichuan Daily.

Truzzi continua:

Começaram a chegar relatórios sobre crianças com poderes de telepatia, clarividência, visão de raios-X e psicocinese. A criança típica tinha entre nove e quatorze anos, mas alguns indivíduos tinham apenas quatro ou de idade mais avançada, como vinte e cinco anos; e foi estimado por Feng Hua, um médico tradicional chinês, que havia cerca de 2.000 crianças superdotadas entre a população chinesa de 1 bilhão.

No início de 1980, essas crianças notáveis ​​chegaram às páginas do prestigioso Nature Journal da China. E naquele mês de fevereiro, o aumento do interesse levou o Nature Journal a patrocinar uma grande conferência – o Primeiro Simpósio de Ciências sobre a Função Extraordinária do Corpo Humano – para participantes de mais de 20 faculdades e escolas de medicina. Os procedimentos foram filmados pelo Estudo de Ciência e Educação de Shanghai, e o filme, chamado “Você Acredita Nisso?” foi exibido na televisão nacional para milhões de chineses.

Ele então descreve uma série de casos e exemplos bastante interessantes, mas há muitos para escolher além deste documento específico que fornecem ótimos exemplos. Os fatos sobre os quais Truzzi escreve aqui também foram descritos em um relatório desclassificado da Força Aérea dos Estados Unidos sobre teletransporte, que foi disponibilizado por meio da Federação de Cientistas Americanos. Esse documento também se refere aos filhos psíquicos da China, mencionando, neste caso, aqueles que eram capazes de mover objetos de um local para outro sem tocá-los.

Outro, intitulado  Research into Paranormal Ability To Break Through Spatial Barriers (“Pesquisa Sobre a Capacidade Paranormal de Romper Barreiras Espaciais”) aborda a mesma coisa e também fornece vários exemplos de crianças e pessoas sendo gravadas em vídeo e documentadas, em condições duplo-cegas, sendo capazes de fazer a mesma coisa. Este documento específico, que foi desclassificado por meio de uma solicitação da Lei de Liberdade de Informação (FOIA), descreve pessoas específicas com habilidades muito especiais e como elas foram estudadas por milhares de cientistas e governos em todo o mundo por muito tempo.

Muito intrigante, não é?

Finalizando

É muito interessante que estudos sobre o fenômeno parapsicológico tenham sido conduzidos nos mais altos níveis do governo, especialmente no departamento de defesa de vários países, com resultados bem-sucedidos. Um grande exemplo dos Estados Unidos foi o programa de visualização remota. A visualização remota refere-se à capacidade de perceber um local remoto diferente daquele em que o indivíduo está localizado, independentemente da distância.

O sucesso deste programa é descrito em uma declaração feita pelo Dr. Hal Puthoff de um artigo publicado após a desclassificação do programa em 1995:

Para resumir, ao longo dos anos, as críticas de protocolos, refinamento de métodos e replicação bem-sucedida desse tipo de visão remota em laboratórios independentes renderam evidências científicas consideráveis ​​para a realidade do fenômeno [visualização remota]. Para aumentar a força desses resultados, estava a descoberta de que um número crescente de indivíduos demonstrava visualização remota de alta qualidade, muitas vezes para sua própria surpresa. . . . O desenvolvimento desta capacidade no SRI evoluiu ao ponto em que o pessoal da CIA visitante, sem exposição anterior a tais conceitos, teve um bom desempenho sob condições controladas de laboratório. ” (fonte) (fonte)

A parapsicologia é verdadeiramente um campo de expansão da consciência que pode realmente abrir nossas mentes para aspectos de nossa realidade que foram e continuam a ser amplamente ignorados. Há muito mais em nós como seres humanos do que fomos levados a acreditar, e se pararmos, pensarmos e fizermos alguma pesquisa, não é difícil ver como algo significativo foi esquecido.

(Fonte)


n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.