Detritos de OVNIs, desacobertamento e investigações do Congresso

Jack Brewer do blog ufotrail.blogspot.com escreveu um artigo onde expõe sua dúvida sobre um Desacobertamento de OVNIs iminente:

Detritos de OVNIs, desacobertamento e investigações do Congresso

Ei, você ouviu a notícia? Restos de OVNIs são um tema quente, o véu do sigilo do governo será levantado em breve e as investigações do Congresso sobre OVNIs estão em andamento. Não, não esses detritos ou essas investigações de agora. Estou falando sobre o Desacobertamento dos OVNIs dos anos 1950!

Major Donald Keyhoe,
Amplamente considerado
O rosto do NICAP

Meu interesse contínuo no National Investigations Committee on Aereal PhenomenaNICAP me levou à caixa de entrada de Barry Greenwood, um pesquisador e arquivista de longa data de uma ampla variedade de documentos originais. Ele ajudou a compartilhar alguns arquivos NICAP comigo, que tenho lido desde então.

Entre as conclusões claras está a de que as percepções de desacobertamento iminente de OVNIs são perpétuas. Curiosamente, muitas das dinâmicas permanecem intactas de uma forma fascinante.

Tome, por exemplo, este boletim do NICAP. ‘Quedas’ de OVNIs estavam na moda, como alguns leitores podem se lembrar sobre o caso duvidoso da Ilha Maury de 1947 e um incidente de 1950 no Brasil investigado pelo Dr. Olavo Fontes.

Detritos de OVNIs, desacobertamento e investigações do Congresso

7. Falls. Em poucos casos, metais e outras substâncias têm sido reportadas cando de OVNIs, o resultando de explosões de OVNIs. Em um caso, em Crownsville, Md., o AF conferiu a área do solo com contadores Geiger, enviou fragmentos para Dayton para análise. (Secretário Assistente Horner mais tarde negou que quaisquer fragmentos tenham sido encontrados.) Fios brancos-acinzentados, chamados de “cabelos de anjos” caíram de um enorme OVNI. Sugestões: Uma ligação com a exaustão do OVNI; nenhuma prova. Quedas não resolvidas de grandes blocos de gelo também têm sido ligadas com OVNIs, em provas.

Mais material distribuído pelo NICAP no final dos anos 1950 indica sua avaliação de uma ‘quebra do sigilo oficial em 1959’. Observe a análise (na parte inferior da imagem), indicando as suspeitas de que as bases de OVNIs estavam localizadas em Marte e Vênus. A especulação foi devido a interpretações de aumentos nos avistamentos de OVNIs enquanto os planetas estavam mais próximos da Terra.

Detritos de OVNIs, desacobertamento e investigações do Congresso

FATOS SOBRE NICAP E O PROBLEMA OVNI

Devido a novo desenvolvimento, esperamos quebrar o segredo oficial em 1959. Relatos de OVNIs verificados por muitos observadores treinados, aqui e fora do país, têm adicionado forte evidência de que os OVNIs são reais e sob controle inteligente. Isso, bem como provas documentadas de censura, têm levado ao apoio do Congresso para audiências abertas nas quais as informações ocultadas da Força Aérea seriam reveladas. Enquanto isto, aqui estão alguns itens típicos sob investigação pelo NICAP:

1. Novo rastreamento infra-vermelho (IR) de OVNIs. Qualquer OVNI que libere calor pode ser rastreado a grandes altitudes em nossa atmosfera pelo novo sistema infra-vermelho.

2. Rastreamento por radas melhorado. Novo radar militar pode rastrear um único OVNI (ou uma formação ou nave-mãe bem longe no espaço. Fotos do escopo do radar indicarão precisamente as velocidades, trajetórias, manobras e distâncias de 1.000 milhas (1.600 km) ou mais.

3. Fontes de OVNI. Nenhuma conclusão definitiva, mas avistamentos aumentados cada vez que Marte se aproxima (inclusive em 1958) sugerem que Marte seja uma base. Também, aumentos ocasionais quando Vênus está próximo sugere uma possível base OVNI naquele planeta. OVNIs não precisam se originar desses planetas/ raças fora de nosso sistema solar podem ter estabelecido bases lá.

Pesquisas posteriores indicaram que um ambicioso membro do NICAP escreveu ao congressista William Ayres, perguntando se o Congresso investiga OVNIs. Sim, sugeriu Ayres, estamos nisso, conforme relatado em uma edição de 1958 do Akron Beacon Journal:

Detritos de OVNIs, desacobertamento e investigações do Congresso

Respondeu Ayres em 28 de janeiro.
“Investigações Congressionais foram efetuadas e ainda estão sendo sobre o problema dos OVNIs. Já que a maioria do material apresentado para os comitês é classificado, as audiências nunca são impressas. Quando conclusões forem alcançadas, elas serão liberadas, se possível.”

O item foi notícia quando o major Donald Keyhoe do NICAP citou a declaração durante uma palestra em 1958 em Washington DC.

O congressista Ayres explicou:

Um constituinte fez um inquérito e eu o fiz verificar. Pelo que me lembro, um subcomitê do Comitê de Serviços Armados da Câmara realizou audiências.

Ele acrescentou, uma possível referência ao Painel Robertson de 1953 ou algo semelhante.

É mais compreensível que os investigadores de OVNIs na década de 1950 percebessem tais eventos como muito significativos do que quando expressam choque e admiração hoje. Os pesquisadores e repórteres da década de 1950 não tinham o nível de saturação de hype não resolvido e montanhas de material que nós, seus sucessores, temos disponível enquanto formamos nossas avaliações.

Quer o usemos ou não, quer seja ou não omitido por supostos especialistas e jornalistas devido a segundas intenções ou incompetência, são questões contra as quais o gênero OVNI parece destinado a lutar.

(Fonte)

Colaboração: MaryH


E você, acha que desta vez as investigações do Congresso dos EUA vai trazer à tona a verdade sobre os OVNIs?

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.