Podemos ter descoberto um universo paralelo retrocedendo no tempo

Tempo de leitura: 2 min.

O artigo abaixo já foi publicado aqui no OVNI Hoje em 11 de maio passado, mas já que a mídia nacional agora está relatando isso, e vários leitores que não viram aquela publicação estão me alertando a respeito do assunto, fica aqui sua publicação mais uma vez para aqueles que não acompanharam…

Partículas estranhas observadas por um experimento na Antártica podem ser evidências de uma realidade alternativa em que tudo está de cabeça para baixo.

Podemos ter descoberto um universo paralelo retrocedendo no tempo
Crédito: Graham Carter

Na Antártica, as coisas acontecem em um ritmo glacial. Basta perguntar a Peter Gorham. Durante um mês de cada vez, ele e seus colegas assistiam a um balão gigante carregando uma coleção de antenas flutuando acima do gelo, examinando mais de um milhão de quilômetros quadrados da paisagem congelada em busca de evidências de partículas de alta energia vindas do espaço.

Quando o experimento voltou ao solo após seu primeiro vôo, ele não tinha nada para mostrar por si só, exceto o flash estranho do ruído de fundo. O mesmo aconteceu depois do segundo voo, mais de um ano depois.

Mas enquanto o balão estava no céu pela terceira vez, os pesquisadores decidiram rever os dados anteriores novamente, particularmente aqueles sinais descartados como ruído. Foi uma sorte que eles fizeram isso. Examinado com mais cuidado, um sinal parecia ser a assinatura de uma partícula de alta energia. Mas não era o que eles estavam procurando. Além disso, parecia impossível. Em vez de descer de cima, essa partícula estava explodindo no chão.

Essa estranha descoberta foi feita em 2016. Desde então, todos os tipos de sugestões enraizadas na física conhecida foram apresentadas para explicar o sinal desconcertante, e todas foram descartadas. O que resta é chocante em suas implicações. Explicar esse sinal requer a existência de um universo de pernas para o ar, criado no mesmo big bang que o nosso e existindo em paralelo com ele. Neste mundo espelho, positivo é negativo, esquerdo é direito e o tempo corre para trás. Talvez seja a ideia mais emocionante que já tenha surgido do gelo antártico – mas pode ser verdade. …

(Fonte)


E se isso for verdade, seria possível que nesse universo paralelo ao avesso os humanos de lá iniciaram como sendo extremamente desenvolvidos tecnologicamente e estão regredindo até se tornarem “homens da caverna”. Poderiam, eles neste momento, ter a tecnologia para viajar até este universo aqui e ver a nós indo em outra direção?

Deixa para lá. Muitas vezes meu cérebro não me ajuda muito.😁

-------
-------

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.