Elon Musk precisará de 10.000 bombas nucleares para terraformar Marte

Tempo de leitura: < 1 min.

O CEO da SpaceX respondeu à alegação de que seus planos de terraformar o Planeta Vermelho são praticamente impraticáveis.

Elon Musk precisará de 10.000 bombas nucleares para terraformar Marte

Embora a idéia de transformar a atmosfera hostil de Marte em um ambiente habitável para os seres humanos – um processo conhecido como terraformação – não seja novidade, Elon Musk levantou as sobrancelhas em 2015, quando sugeriu que a maneira mais eficaz de realizar tal feito seria: soltar bombas termonucleares nas regiões polares do planeta, em um esforço para aquecer a atmosfera.

Sem surpresa, a ideia foi recebida com um grau substancial de ceticismo, com críticos apontando que esse método deixaria Marte saturado de precipitação nuclear mortal por milhares de anos.

Agora Alexander Bloshenko – uma figura sênior da Roscosmos – entrou no debate destacando durante uma recente entrevista à agência de notícias russa TASS o quão impraticável é a ideia.

Ele afirmou:

Se analisados ​​brevemente certos planos apresentados pela SpaceX simplesmente não podem ser implementados levando em consideração os desenvolvimentos tecnológicos de curto prazo.

Por exemplo, para que um dos planos da SpaceX, uma explosão termonuclear no polo de Marte, tenha resultados tangíveis, são necessários mais de 10.000 lançamentos de mísseis que podem suportar as maiores cargas úteis e estão sendo desenvolvidos agora.

Apesar deste obstáculo estupefato, Musk em si não parecia muito perturbado.

Ele respondeu no Twitter:

Não tem problema.

Musk poderia saber algo que não sabemos ou sua resposta pretendia ser somente uma brincadeira?

De qualquer maneira, parece que podemos descartar com segurança a opção de destruir Marte em breve.

(Fonte)

Colaboração: Fábio Ribeiro


E não esqueça que na nossa página principal várias notícias são publicas todos os dias. Clique aqui para acessá-la.

n3m3

Compartilhe este artigo com a galáxia!

_______

ATENÇÃO: Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)

_______

O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…

[Devido a problemas técnicos, dispositivos móveis que acessam a versão amp (Accelerated Mobile Pages) do OVNI Hoje não terão acesso ao sistema de comentários Disqus. Neste caso, para acessar os comentários simplesmente acesse o site ovnihoje.com diretamente, e não por intermédio do sistema de procura. Estou trabalhando para tentar resolver esta questão.]

-------
-------

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.