Porque você deve acreditar na palavra do piloto que viu o OVNI tic-tac

Tempo de leitura: 2 min.

O escritor de comentários focado em política externa para o Washington Examiner, Tom Rogan, recém escreveu o artigo abaixo, onde ele contesta aqueles que dizem que os pilotos da Marinha dos EUA estavam equivocados a respeito de seus avistamentos de OVNIs.

Porque você deve acreditar na palavra do piloto que viu o OVNI tic-tac
Ex-piloto militar dos EUA, David Fravor, testemunhou em primeira mão OVNI fazendo manobras impossíveis.

O Comandante David Fravor serviu 22 anos como aviador naval dos EUA. Ele não é um mentiroso nem um maluco.

Observo que, à luz do testemunho de Fravor, ele realmente viu algo extraordinário enquanto voava a partir do porta-aviões USS Nimitz, no Oceano Pacífico, em 2004. Favor diz que esse objeto tinha a forma de ‘tic-tac‘, era excepcionalmente manobrável, não tinha asas, nem propulsão a jato visível, e parecia estar sob controle inteligente. A Marinha agora admitiu que três vídeos de objetos voadores não identificados, incluindo um gravado pelo esquadrão de Fravor durante o incidente de 2004, são de fato vídeos de objetos não identificados.

Esta admissão tem o testemunho de Fravor e outros pilotos sob crescente escrutínio. Alguns dizem que os pilotos confundiram o que viram ou ficaram confusos. Outros sugerem que os pilotos não viram nada.

Por fim, esse ceticismo é saudável. E posso lhe dizer onde isso vai acabar: com mais pessoas reconhecendo que esses vídeos mostram objetos reais que, antes e depois da gravação, executaram movimentos aparentemente impossíveis e foram capturados em várias plataformas de sensores. Os pilotos que testemunharam esses objetos com seus próprios olhos, bem como várias câmeras de aeronaves, dizem o mesmo.

Mas mesmo além dos dados, há boas razões para acreditar no Fravor. Ele é um aviador distinto e um líder distinto. Enquanto comandava o Strike Fighter Squadron 41 embarcado no Nimitz, Fravor foi apresentado em um documentário da PBS de 2005, Carrier (Porta-Aviões). A inteligência e a calma autoritária de Fravor brilham ao longo da série, mas o momento mais revelador ocorreu em um episódio em que seus pilotos estão presos no ar, tentando pousar em um convés enquanto o mar está revolto.

Perguntado pela PBS sobre a dificuldade do piloto em concordar com a decisão do capitão de ordenar operações de treinamento no convés enquanto o mar está revolto, Fravor mostra que não é intimidado. “Eu concordo ou discordo?” Ele repete a pergunta do entrevistador. “Não é para eu dizer; provavelmente está um pouco além de onde precisamos estar.”

Na Marinha, isso é quase tão próximo de uma divergência quanto a uma decisão de comando. À medida que a noite se aproxima e os pilotos estão lutando para pousar no convés agora pesado, Fravor se prepara para ajudar a reabastecê-los, em vez de enviar um piloto mais jovem em seu esquadrão. Fravor explica:

Se eu realmente não quero estar lá fora, não quero minhas pessoas mais jovens por lá.

Novamente, o homem é claramente um líder.

Mesmo enquanto outros pilotos lutam para aterrissar e são forçados a fazer várias tentativas antes de finalmente içarem o cabo, a PBS mostra Fravor antecipando perfeitamente o movimento maciço do convés e fazendo uma aterrissagem perfeitamente suave. Os olhares nos rostos do resto da equipe na aérea dizem tudo. Mesmo essas personalidades exageradas reconhecem que Fravor é um dos melhores dos melhores.

Fravor não é um esquisitão. Ele viu o que viu. Não era uma falha no sensor ou uma mosca em sua câmera. E o governo dos EUA está altamente confiante de que não é uma tecnologia militar da China, Rússia ou Estados Unidos.

Então, o que era?

Não sabemos, e é exatamente por isso que essa questão merece muita atenção.

(Fonte)


Exatamente! Aqueles que duvidam da palavra de pilotos como o Comandante Fravor deveriam simplesmente ter vergonha de falarem besteira. pois pilotos como Fravor são altamente treinados e reconhecerem qualquer aeronave, de qualquer país, e certamente o que presenciaram eram objetos totalmente diferentes do que padrão. Eram OVNIs sim, no sentido mais puro da palavra: Objetos Voadores Não Identificados, mas não eram aeronaves convencionais.

Agora temos que descobrir quem são os responsáveis por esses objetos.

E não esqueça que na nossa página principal várias notícias são publicas todos os dias. Clique aqui para acessá-la.

n3m3

Compartilhe este artigo com a galáxia!

_______

ATENÇÃO: Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)

_______

O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…

[Devido a problemas técnicos, dispositivos móveis que acessam a versão amp (Accelerated Mobile Pages) do OVNI Hoje não terão acesso ao sistema de comentários Disqus. Neste caso, para acessar os comentários simplesmente acesse o site ovnihoje.com diretamente, e não por intermédio do sistema de procura. Estou trabalhando para tentar resolver esta questão.]

-------
-------

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.