Foguete chinês pode ter caído em cidade da Costa do Marfim

Tempo de leitura: 2 min.

Na semana passada, o programa espacial da China estreou um novo foguete que expande sua capacidade de realizar grandes projetos em órbita baixa da Terra. O lançamento do Long March 5B demonstrou uma nova cápsula espacial para transportar astronautas para a órbita. Mas ele também parece ter jogado um grande objeto de metal em uma cidade na Costa do Marfim.

Foguete chinês pode ter feito caído em cidade da Costa do Marfim
O Long March 5B indo para a plataforma de lançamento em 29 de abril.

Fontes de notícias locais informaram que os moradores ouviram um estrondo e descobriram a parte do foguete. Felizmente, ninguém ficou ferido.

O astrofísico do Instituto Harvard-Smithsonian, Jonathan McDowell, que rastreia a atividade em órbita, observou que o trajeto do foguete, abandonado após o sucesso da entrega da cápsula em órbita, teria passado pela cidade em questão.

Normalmente, os corpos dos foguetes que concluíram seu trabalho são descartados em mar aberto ou manobrados em órbitas de descarte de longo prazo, onde não afetarão pessoas ou outras naves espaciais. No entanto, a China tem uma história instável com isso, frequentemente deixando os estágios de foguetes em áreas povoadas perto de seus próprios locais de lançamento.

Nesse caso, o projeto do foguete tornou as coisas ainda mais difíceis. Em vez de usar dois estágios, o veículo possui apenas um núcleo e quatro propulsores descartáveis. Isso significa que o corpo do foguete que atinge a órbita e depois entra novamente é incomumente grande.

Normalmente, o primeiro estágio maior é eliminado no início da missão, deixando apenas o segundo estágio menor em órbita. Os engenheiros espaciais chineses provavelmente enfrentarão pressão internacional para ajustar o perfil de voo do foguete para garantir que missões futuras não espalhem detritos por outros países – nesse caso, o veículo passou por Nova Iorque menos de uma hora antes de voltar à atmosfera.

McDowell diz que esta é provavelmente a maior reentrada descontrolada desde que uma estação espacial soviética explodiu em 1991.

Quando satélites maiores ou estações espaciais são retirados de órbita, os engenheiros tentam levá-los a uma seção remota do Pacífico Sul chamada cemitério de naves espaciais. Os “moradores” dessa região incluem a antiga estação espacial Mir, inúmeras naves espaciais desmontadas e – quase – a primeira estação espacial chinesa, Tiangong-1, que colidiu com o Pacífico a alguns milhares de quilômetros do cemitério aquático.

(Fonte)

Colaboração: Pazifico


E não esqueça que na nossa página principal várias notícias são publicas todos os dias. Clique aqui para acessá-la.

n3m3

Compartilhe este artigo com a galáxia!

_______

ATENÇÃO: Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)

_______

O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:


PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…

[Devido a problemas técnicos, dispositivos móveis que acessam a versão amp (Accelerated Mobile Pages) do OVNI Hoje não terão acesso ao sistema de comentários Disqus. Neste caso, para acessar os comentários simplesmente acesse o site ovnihoje.com diretamente, e não por intermédio do sistema de procura. Estou trabalhando para tentar resolver esta questão.]

-------
-------

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.