Cometa SWAN é descoberto, enquanto cometa Atlas morre

Tempo de leitura: 2 min.

Um novo cometa foi descoberto e, no final de maio, passará pelo Sol perto da órbita de Mercúrio. Não, não é o cometa ATLAS (C/2019 Y4), que atualmente está desmoronando em uma trajetória semelhante. Em vez disso, este é o cometa SWAN (C/2020 F8).

Cometa SWAN é descoberto, enquanto cometa Atlas morre

Michael Mattiazzo, de Swan Hill, Victoria, Austrália, tirou a foto no dia 13 de abril.

Mattiazzo informou:

Esta é uma exposição de 5 minutos através do meu telescópio Celestron de 11 polegadas. Uma observação visual usando binóculos de 15×70 mm deu uma magnitude de 8,1.

Mattiazzo descobriu o cometa dois dias antes, quando estava analisando dados do Observatório Solar e Heliosférico (SOHO). De repente, ele apareceu em imagens do instrumento SWAN do SOHO.

Mattiazzo disse:

Este é o meu oitavo crédito de descoberta de cometas no SWAN desde 2004 e eu verifico os dados na maioria dos dias.

Imagens pós-descoberta tiradas pelo astrônomo italiano Ernest Guido e colegas confirmam que o cometa é brilhante (8ª magnitude), verde e tem uma cauda longa:

Cometa SWAN é descoberto, enquanto cometa Atlas morre

Guido informou:

Tiramos essa foto em 11 de abril – no mesmo dia em que Mattiazzo encontrou o cometa nos dados do SWAN. Não conseguimos vê-lo na Itália, por isso usamos um telescópio de 0,1 metro com controle remoto na Austrália.

O instrumento SWAN do SOHO não foi projetado para encontrar cometas. Seu trabalho é pesquisar o sistema solar em busca de hidrogênio. Quando o vento solar sopra em uma nuvem de compostos contendo hidrogênio, o impacto produz fótons de UV que SWAN pode fotografar.

Karl Battams, do Naval Research Lab, em Washington DC, explica:

Para que o SWAN veja um cometa, significa que o cometa deve estar produzindo uma quantidade bastante significativa de hidrogênio. Isso geralmente ocorre na forma de água-gelo.

É extremamente provável que o cometa SWAN esteja no modo “explosão”. Ou seja, alguma erupção importante aconteceu com este cometa pequeno e fraco, liberando uma nuvem maciça de voláteis ricos em hidrogênio. O SWAN está causando esse repentino despejo de hidrogênio no sistema solar interno.

Se a explosão continuar, o cometa SWAN poderá se tornar visível a olho nu no próximo mês. Curvas de luz preliminares sugerem que ele pode atingir a 3ª magnitude – fraca, mas visível sem óptica.

No entanto, Battams, que previu corretamente o fim do cometa ATLAS, não tem tanta certeza.

Ele disse:

Duvido que o cometa mantenha sua aparência impressionante atual e possivelmente desapareça em breve. Mas só o vemos há alguns dias, então ninguém sabe.

(Fonte)


Mais um para coleção…

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.