Os maiores observatórios astronômicos do mundo são fechados

Tempo de leitura: 2 min.

Mais de 100 dos maiores observatórios do mundo estão fechados e os astrônomos estão preocupados com os impactos de longo prazo da pandemia em seu campo.

Os maiores observatórios astronômicos do mundo são fechados
O maior telescópio óptico da Terra, o Gran Telescopio Canarias, está fechado devido ao COVID-19. Muitos outros também fecharam. Instituto de Astrofísica de Canarias

O alarme soou por volta das 3 horas da manhã de 3 de abril. Um mau funcionamento elétrico interrompeu o gigantesco Telescópio do Polo Sul ao mapear a radiação que restava do Big Bang. Os astrônomos Allen Foster e Geoffrey Chen se arrastaram para fora da cama e se vestiram para se proteger das temperaturas de -56 graus Celsius lá fora. Eles então caminharam alguns milhares de metros através do gelo para reiniciar o telescópio.

O Sol se pôs semanas atrás na Antártica. A luz do dia não volta por seis meses. E, no entanto, a vida no fundo do planeta não mudou muito – mesmo quando o resto do mundo virou de cabeça para baixo. O último vôo da região saiu em 15 de fevereiro, portanto não há necessidade de distanciamento social…

E é por isso que o telescópio do pólo sul é um dos últimos grandes observatórios ainda monitorando o céu noturno.

Um registro da revista Astronomy descobriu que mais de 100 dos maiores telescópios de pesquisa da Terra foram fechados nas últimas semanas devido à pandemia do COVID-19. O que começou como uma série de fechamentos em fevereiro e início de março se tornou um desligamento quase completo da astronomia observacional. E é improvável que os fechamentos terminem em breve.

Os diretores do observatório dizem que podem ficar offline por três a seis meses – ou mais. Em muitos casos, retomar as operações significará inventar novas maneiras de trabalhar durante uma pandemia. E isso pode não ser possível para alguns instrumentos que exigem que equipes de técnicos mantenham e operem. Como resultado, espera-se que novas descobertas astronômicas sejam atrasadas.

O astrônomo Steven Janowiecki, do Observatório McDonald no Texas, disse:

Se todo mundo no mundo parar de observar, temos uma lacuna em nossos dados que você não pode recuperar. Este será um período em que nós, na comunidade astronômica, não temos dados sobre o que aconteceu.

No entanto, essas perdas de curto prazo não são a principal preocupação dos astrônomos…

…Por enquanto, tudo o que a maioria dos astrônomos pode fazer é sentar em casa e esperar a tempestade passar…

(Fonte)


Assim, de agora até o final da pandemia, só poderemos contar com astrônomos amadores ou profissionais que tenham telescópios em suas casas. Obviamente esses telescópios não têm a mesma capacidade dos telescópios dos grandes observatórios.

Bem, pelo menos ainda há o grande telescópio da Antártica em funcionamento!

Tomara que neste período não venha nenhuma surpresa do espaço em forma de rocha espacial ou similar.

n3m3

P.S.: Por que o OVNI Hoje publicou este artigo? Clique aqui para saber.

E não esqueça: nossa página principal é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia. Clique aqui.

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS:

AVISO: Fique alerta quanto as regras da área de comentários clicando aqui.