Existe uma explicação científica para o déjà vu?

Tempo de leitura: < 1 min.

Muitos de nós já tivemos um déjà vu em algum momento de nossas vidas, mas o que exatamente causa essa sensação?

Existe uma explicação científica para o déjà vu?
Deja vu pode ser uma experiência desorientadora. Crédito de imagem: YouTube / Samsung Schweiz

Já entrou em um local pela primeira vez e teve aquela sensação estranha de que você já esteve lá antes?

Ao longo dos anos, houve inúmeras explicações não oficiais para o déjà vu, que vão de uma ‘falha na Matrix‘, a recordar uma experiência de uma vida passada. Mas haveria uma resposta científica oficial?

Vários estudos tentaram recriar o déjà vu sob demanda em condições de laboratório, incluindo um em 2006, liderado pelo Leeds Memory Group, que usava a hipnose para criar memórias simples que depois eram esquecidas e depois lembradas através de certos gatilhos.

Mais recentemente, a realidade virtual foi usada para provocar um sentimento de familiaridade incerta, expondo os voluntários a mundos virtuais de jogos com layouts idênticos, mas com diferentes texturas e cenários.

A explicação mais comum do déjà vu é que é um fenômeno de memória que é acionado quando uma pessoa vincula uma experiência a uma memória existente que é muito semelhante, mas não corresponde exatamente.

Em um estudo, no entanto, quando a imagem por ressonância magnética (fMRI) foi usada para escanear os cérebros de 21 voluntários enquanto tinham um déjà vu, as descobertas sugeriram que era a parte do cérebro envolvida na tomada de decisões que estava mais ativa e não a memória.

Isso pode significar que o que percebemos como déjà vu é na verdade nosso cérebro tentando lidar com o conflito entre o que realmente experimentamos e o que achamos que experimentamos.

(Fonte)

Colaboração: Fábio Ribeiro


Acabo de ter a impressão que já publiquei isso antes. 😁

E não esqueça: clique aqui para acessar nossa página principal, a qual é atualizada diariamente, com novos artigos podendo ser publicados ao longo do dia.

n3m3

Compartilhe este artigo com a galáxia!



PARTICIPE DOS COMENTÁRIOS MAIS ABAIXO…

ATENÇÃO: Este site publica notícias que estão sendo disponibilizadas na Internet a respeito do fenômeno OVNI, bem como assuntos alternativos relevantes ao nosso planeta/Universo e à raça humana. Antes de criticar um artigo aqui publicado, entenda nossa missão clicando neste link.


O OVNI Hoje TAMBÉM ESTÁ NAS REDES SOCIAIS:

O OVNI Hoje precisa de sua ajuda. Você pode ajudar na manutenção do site. Clique aqui para informações de como fazê-lo, ou use o botão abaixo:


(Obs.: Se preferir utilizar depósito bancário, favor enviar e-mail para n3m3@ovnihoje.com para obter as informações. Obrigado.)



ÁREA DE COMENTÁRIOS E REGRAS:

[Devido a problemas técnicos, dispositivos móveis que acessam a versão amp (Accelerated Mobile Pages) do OVNI Hoje não terão acesso ao sistema de comentários Disqus. Neste caso, para acessar os comentários simplesmente acesse o site ovnihoje.com diretamente, e não por intermédio do sistema de procura. Estou trabalhando para tentar resolver esta questão.]

AVISO: Todos são bem-vindos a participar da área de comentários abaixo. Contudo, os comentários são de responsabilidade única e exclusiva de seus próprios autores e o site OVNI Hoje não se responsabiliza por quaisquer inconveniências ou conflitos por eles causados.

Também informamos que, a fim de não causar distrações e conflitos desnecessários, comentários, avatares e pseudônimos com viés político, seja de qual ideologia for, serão prontamente apagados quando encontrados pelos moderadores. O foco dos comentários deve ser mantido no assunto de cada artigo e somente desviado quando for pertinente ao tema do OVNI Hoje.

Assim, colabore com o bom andamento dos comentários, seja civilizado ao comentar e reporte abusos, marcando comentários fora do padrão como 'inapropriados', acessando a pequena flecha apontada para baixo no lado direito de cada comentário.

Obrigado.